Livro sobre o Sandro Moreyra

Livro sobre o Sandro Moreyra
PRÉ-LANÇAMENTO - 22 DE AGOSTO - GENERAL SEVERIANO

Livro do Senta

Livro do Senta
Clique na imagem e encomende o seu

terça-feira, 24 de setembro de 2013

O que será que a revista Placar vai fazer com a capa da edição de setembro?*


Ninguém precisa responder. Já sabemos, já sabemos. E este é um blog familiar. Aqui não tem espaço para xingamentos como nos grandes sites esportivos. Aqui até framenguista é bem tratado. Sacaneado todo dia, mas bem tratado. Obrigado por me avisar, Cyro.

O Framengo me diverte, digo, nos diverte.

Ainda bem que a próxima capa vai ter um craque de verdade. Seedorf. Que mesmo em má fase continua sendo o cara. Os 3 da edição de setembro não valem um Seedorf.


19 comentários:

Marcos Paret disse...

Se estes três fossem parar na letra da música da mulher lá do Pará (ou Maranhão), estariam sim bem analisados.

Não valem nem R@ 1,99.


Não! Retiro o treinador dessa avaliação pois este, pelo menos, trabalha e produz resultados. Só entubou mesmo foi um micaço sem precedentes na sua carreira.

Rick Faria disse...

Fazendo uma rápida associação com o post abaixo:

Se o Adrian estivesse na foto, será que a primeira frase no alto da capa seria auto-explicativa?

Ou é auto-explicativa assim mesmo?

Será que algo há?

Saudações Gloriosas!

eduardo schiefler disse...

Hehe!!!
Boa Rick !!!

eduardo schiefler disse...

Só não melhor que o último post do Fabio no facebook.
;)

Cristian Hofman disse...

Apesar de desatualizada garanto que a capa com referência ao Mengão será comercializada a propulsão dos melhores best-sellers.

Agora capa voltado ao botafaísca....hum difícil acho mais fácil tentar vender terrenos em Marte.

SRN!

Thomas Beta disse...


Tenho que admitir, mais ridícula que essa capa só mesmo aquela presepada de montagem que o Botinha fez com o poster dos Avengers.

Risível demais ver justamente jogadores do Botinha investidos na pele de, acreditem, super-heróis! Logo os jogadores historicamente conhecidos pela frouxidão ao nível de DNA. Até o Heleno (Santoro) não fez outra coisa no filme, além de fumar, cheirar éter e reclamar dos bichos-preguiça.

E aí, quem derrotou tão 'poderoso' esquadrão?

O Nilton Bacalhau-Man?

O Super-Obina X-Eto'o?

Ah Botinha...

Daniel Victor disse...

frapress????


http://www.fogaonet.com/noticia-em-destaque/rmp-antes-de-bota-x-fla-clima-ruim-entre-seedorf-e-elenco/

RMP, so podia ser vc!

Pablo disse...

"...Apesar de desatualizada garanto que a capa com referência ao Mengão será comercializada a propulsão dos melhores best-sellers..."

O Cristian Hofman nahabeta acaba de confirmar o que já sabíamos. A torcida da Globo é formada por imbecis. Compram qualquer coisa...

Não sou eu quem disse, foi o Cristian Hofman Nahabeta quem disse.

Ou não foi?

Abs
Pablo

Pablo disse...

Thomas Nahabeta Hofman,

O poster dos Avengers foi uma homenagem ao time que ganhou a Taça Guanabara, a Taça Rio e o Estadual 2013.

Uma justa homenagem aos jogadores que atropelaram todos os vilões que ousaram provocar desordem no Rio.

Por falar em vilões, como andam Bruno, Macarrão, Adriano e Cia ilimitada hein?

Abs
Pablo

MARCO CAMEJO disse...

Na boa, gosto muito do Seedorf, acho-o um excelente jogador ( e antes que digam que é inveja) preferia ter ele no meu clube que o Ronaldinho, mas Seedorf não é craque.

Pablo disse...

Camejo, o Seedorf é mais jogador e vencedor do que o único ídolo da história do framengo: Zico.

Portanto, o seu problema não é inveja mas falta de referência mesmo.

Tá perdoado.

Abs
Pablo

MARCO CAMEJO disse...

Pablo,

Que argumento tacanho e chinfrim, se pensarmos dessa forma o Zinho foi mais craque que o Zico, pois ganhou mais títulos... Zico batia falta, escanteio, fazia lançamentos impressionantes, tinha velocidade, visão de jogo e sabia driblar, além de chutar com a esquerda e com a direita e é o meio-campista com mais gols de todos os tempos, Seedorf organiza muito bem o jogo, sabe chutar bem de longa distância e tem um físico invejável, foi campeão em todos os clubes que passou e só.
Tenta outra comparação filho, esta aí não dá nem pra começar.

Celso Ricardo disse...

Mas...quando é pra sacanear o Botafogo, valem os títulos, a quantidade de títulos.
Pra defender seus interesses, os títulos não têm tanta importância...

Pablo disse...

Camejo, o Seed bate falta, escanteio, faz lançamentos impressionantes, tem velocidade, visão de jogo e sabe driblar, além de chutar com a esquerda e com a direita.

Tudo isso sem esquema de arbitragem e papeletas amarelas a favor.

O Zico não foi ninguém fora do Maracanã, nem no Brasil, nem na Itália.

O Seed foi destaque em todos os clubes pelos quais passou e pela seleção da Holanda, onde não foi campeão, mas não amarelou.

Seed>>>Zico.

Quanto ao Zinho, uma porcaria de jogador ainda pior do que o tal Yuri Geller, sabemos bem como ele ganhou os títulos...

Abs
Pablo

Zabumbeiro de Zona disse...


"Seedorf foi campeão em todos os clubes que passou e só."

HaHaHaHaHaHa...

É demérito ser campeão em todos os clubes que passou, é?

HaHaHaHaHa...

É cada uma que aparece aqui...


O Chupetinha amarelão, que jogou bem menos que o Mazolinha, não pode nunca, jamais e em tempo algum ser comparado ao craque internacional e multi-campeão Seedorf.


pc guimarães disse...

"Zico batia falta, escanteio, fazia lançamentos impressionantes, tinha velocidade, visão de jogo e sabia driblar, além de chutar com a esquerda e com a direita". Meu nobre Marco Camejo o Lúcio Flávio também fazia tudo isso. Nunca foi craque e também nunca foi campeão do mundo. E, a exemplo de Zico, não era meio-campista era atacante. Ou ponta de lança como dizia antigamente. Era o 10. Ô mania que framenguista tem de querer enrolar, sô!

pc guimarães disse...

Mas confesso: o Zico era um Lúcio Flávio melhorado.

Marcos Paret disse...

"..O Seed foi destaque em todos os clubes pelos quais passou e pela seleção da Holanda, onde não foi campeão, mas não amarelou..."

E já fez história no Botafogo, caso com ele o time fique só nas taças do início do ano.

Caso ele comece a entrar no time mais para marcar presença daqui por diante, o time que ele ajudou a dar corpo já está aí e não vai mais parar, não vai mais perder - NÃO PODES PERDER, PERDER P/NINGUÉM.

Mas Seedorf ainda "ameaça" com mais. 'Ameaça' fechar 2013 levando o Glorioso à conquista da única tríplice coroa do futebol carioca (uma das três únicas do país).


Se essa chupação da periferia do futebol fosse de cana, o projeto do etanol já teria ido pelo ralo aqui no Brasil.

MARCO CAMEJO disse...

Caramba, que show de horrores eu li aqui, chega a ser risível a capacidade que vocês tem de analisar futebol, mas como, em tempos de politicamente correto, tudo deve ser respeitado, inclusive a parca intelectualidade alheia, vamos as minhas réplicas:

1. Disse o Pablo: "O Zico não foi ninguém fora do Maracanã, nem no Brasil, nem na Itália." Simplesmente os dois maiores títulos do Flamengo foram conquistados em terreno estrangeiro (Uruguai e Japão) e o Zico sendo decisivo em ambos os jogos; Na Itália, o galo foi vice-artilheiro ficando apenas 1 gol atrás de Platini que jogou 6 partidas a mais. Aí depois esse rapaz (?) escreveu mais um monte de besteiras indignas de crédito. Assunto encerrado.

2. Zambuzeiro: eu não disse que ser campeão em todos os clubes que passou é demérito, apenas disse que apenas isso não basta para definir se o jogador é craque ou não, visto que o Zinho também foi campeão por onde passou ( inclusive campeão do mundo pela seleção brasileira) e não é craque.

3. Pc, vou levar na brincadeira tá...( é a única maneira que encontrei pra ler a comparação entre Lúcio Flávio e Zico)

4.Finalizando com essa do Marcos Paret: "E já fez história no Botafogo, caso com ele o time fique só nas taças do início do ano.". É impressionante a facilidade como vocês me dão argumento: O Seedorf não completou sequer dois anos no clube, ganhou um campeonato carioca e já fez história? Preciso dizer mais alguma coisa?