Livro sobre o Sandro Moreyra

Livro sobre o Sandro Moreyra
PRÉ-LANÇAMENTO - 22 DE AGOSTO - GENERAL SEVERIANO

Livro do Senta

Livro do Senta
Clique na imagem e encomende o seu

segunda-feira, 31 de dezembro de 2007

Assassinaram Chico Buarque e Caetano!


Pô, meu ouvido não é penico, como diria minha avó desalmada. Acabo de dar uma navegada no blog "Repórter de Crime", do meu querido amigo Jorge Antonio Barros, e descobri um dos maiores assassinatos da Música Popular Brasileira; em dose dupla. Mataram dois de uma só vez: Chico e Caetano. E ainda pedem pra gente ir levando. Depois dessa, acho que Jorginho deveria mudar o nome do blog para "Músicas do Crime". Ou coisa parecida. Jorginho como cantor é um excelente jornalista.

Uma sugestão: não ouçam.

Beque que se preza tem que ter chulé, mau hálito, soltar pum e, sempre que possível, usar desodorante vencido


Agora temos um xerife na zaga: André Luis. Juninho jogava e chutava pra caramba, mas tinha cara de "mauricinho". André Luis é feio e tomara que tenha os predicados do título deste post. E em dias de jogos deve seguir a sugestão do nosso eterno xerife Gottardo: nada de fazer a barba e de tomar banho.

Xô Corinthians! Lúcio Flávio é nosso!


Agora é um time da segunda divisão que está de olho num dos jogadores do time que encantou o Brasil em 2007. Querem dar o "animador de vestiários" Roger, que vestiu chinelinho no time que ganhou o Carioca roubado, e mais uma penca de perebas em troca do nosso maestro. Curioso que todo mundo quer jogador do Botafogo. Mas deixa estar. Estamos formando um novo time que, se Papai do Céu quiser e os juízes e bandeirinhas não atrapalharem, além de jogar um belo futebol, vai ganhar títulos. Na bola. Sem ajuda de Djalma Bertrami, Hilton Moutinho e Ana Paula Oliveira.

"Estrela Solitária", o blog



Não é à toa que gosto de Portugal e de seu povo. Curiosamente, acabei de ler "1808", um belo livro do jornalista Laurentino Gomes, sobre a fuga de Dom João VI e da família real para o Brasil. MOstra o que foi bom e o que foi ruim para o Brasil. Mas é sobre outro português que quero falar.

Abri meu blog ontem e vi uma gentil mensagem de Rui Moura, um português de Lisboa que morou no Rio durante a década de 60. E se apaixonou pelo Glorioso, claro. "Fiquei botafoguense assim", diz ele. Contou na mensagem que da última vez que esteve no Rio foi em setembro e assistiu um jogo do time mais charmoso do Brasil no estádio mais moderno da América do Sul, o Engenhão. "Foi uma bela noite com bom futebol", lembra. E que bom futebol! Pena que Dodô e Cia. não entenderam a grandeza que é jogar no clube de Mané Garricnha e Nilton Santos. "Vida que segue", como diria Mestre João Saldanha.

Rui pretende voltar ao Rio em julho e desde já é meu convidado para um chope, quem sabe comemorando o primeiro título do Glorioso em 2008.

Rui Moura tem um blog sobre o Glorioso e fez a gentileza de incluir o Blog do PC nos links.
O endereço:
http://www.mundobotafogo.blogspot.com/

sexta-feira, 28 de dezembro de 2007

Ana Paula Oliveira não toma jeito!


Continua bonitinha, continua gostosinha, mas não vai aprender nunca. Continua sem humildade e sem "simancol". Insiste em dizer que não prejudicou o Botafogo. Como bandeirinha é uma excelente peladona. Serve apenas para trabalhar em amistosos festivos como o do Zico.

quinta-feira, 27 de dezembro de 2007

Pior ataque do mundo. Já vi esse filme


Quem gosta de futebol lembra do pior ataque do mundo, antes decantado pelo eterno marketing flamenguista de "melhor ataque do mundo". Sávio Romário e Edmundo, juntos, foi um fiasco. Pois acho que periga de acontecer o mesmo com o Fluminense. É muita ganância, coisa de novo rico, que tem dinheiro e sai gastando com roupas de oncinhas, celulares e viagens a Miami e Orlando. Dodô, Washington e Leandro Amaral juntos!? É ruim, hein! Fora os outros. Já vi esse filme e conheço o final.

segunda-feira, 24 de dezembro de 2007

Chegou O Globo de amanhã

Luis, porteiro do meu prédio, é uma figura. São 8 e 6 da noite de Natal. Ele acaba de me entregar O Globo de amanhã. E faz um comentário:
"Esse Globo é danado mesmo! Já sabe tudo o que vai acontecer amanhã".

Mais uma vez: Feliz Natal.

Goodbye, Mr. Oscar Peterson!





É sempre assim. Há 30 anos o Chaplin também se foi no Natal. Me amarro no som desse cara. Tenho alguns cds dele. "Paris" é do balacobaco. Uma "casquinha" pra quem nunca se tocou em Oscar Peterson. Tenho uma historinha sobre ele que um dia eu conto.

Ave Oscar Peterson!

É cada Papai Noel que aparece!


Lembro que antigamente Papai Noel era gordinho, de barba branca e longa, com a bochecha rosada e outras coisas mais que todos lembram. E com um sino na mão. Agora, aparece Papai Noel de tudo quanto é tipo. Pena que estou sem celular e não pude fotografar o Papai Noel que vi ontem numa pequena lojinha de rua em Teresópolis. Dava pena do cara. Até uma criancinha reparou. Magro que nem vara-pau, como se dizia antigamente, com a roupa de um defunto que era muito maior e com a barba branca encardida.
Mas mesmo assim eu continuo acreditando em Papai Noel e no Botafogo.

E ninguém cala esse nosso amor. Podem gozar. Por enquanto


Perco o amigo, mas não perco a piada. Insisto. Não tinha visto essa sacanagenzinha publicada no Kibeloco. Boa sacada!

domingo, 23 de dezembro de 2007

Blog também é cultura. Filme: "O sorriso de Juliana Paes"


Começo hoje, em homenagem ao filme que passou na Globo, "O sorriso de Monalisa", com Julia Roberts, uma nova série. Pretendo linkar fotos e nomes de filmes, livros, peças etc. Para começar: "O sorriso de Juliana Paes".

Repararam no sorriso da moça?

A maior reforma do governo Lula?!


Está rolando na rede com o título "A maior reforma do governo Lula". Os anti-Lula e os anti-PT se divertem. Se dona Marisa não tivesse melhorado o visual estariam criticando. O preconceito continua. Mas esse humilde blog não censura nada nem ninguém e perde o amigo (sic), mas não perde a piada. E até que a sacanagenzinha é engraçadinha. O bom de vivermos em uma democracia é isso. Duvido que fizessem o mesmo com a mulher do Médici.

Edmundo - de novo - no Vasco!


E o veterano Edmundo flagrado numa festa com a camisa do Vasco?! Edmundo e Romário (ainda como jogador e como técnico)?! Por que o Vasco não traz de volta o Junior Baiano e pede ao Djalminha pra voltar a jogar? Francamente, parodiando De Gaulle, o Vasco de Eurico Miranda não é um clube sério.

A foto da semana: o que está escrito na blusa da Marta?


E a foto da craque Marta ao lado da sua colega e zagueira, a sueca Johanna Frisk? Alguém já imaginou levar um tostão dessa becona?

O "Imperador" que desce redondo


E o Adriano, ex-seleção e hoje emprestado aos bambis aliciadores de São Paulo, pego com a botija, digo, com a lata, na mão?! Não tem jeito. Como diria meu saudoso pai, sem ofender aos baianos: "Baiano burro nasce morto, não tem jeito morre torto". Isso é o que se chama de jogar a carreira fora. E não é só por causa dessa latinha não...

Desculpe a nossa falha!


Estava para postar desde o início da semana. Eu estava vendo o Fantástico por acaso (pois eu não vejo o Fantástico, assim como não vejo o editor deixou passar. Hilário! O que será que aocnteceu com ele?

Depois de mandar tomar naquele lugar, agora ela diz que falou que ia dar merda. E deu!


O novo sucesso de Cris Nicolotti, enviado pelo meu camarada Marcus Lauria.

Fala baixo se não eu grito!


Estou numa lanhouse, em Teresópolis. É impressionante como muitas pessoas não sabem se comportar em locais públicos. Falam alto com o colega do lado com quem dividem, geralmente, um joguinho na tela; usam celulares e skype como se estivessem em casa. Cidade de interior tem outra característica: é impressionante como as pessoas gostam de fazer barulho. Quanto mais baixas as cilindradas de motos e quanto mais antigos os carros mais barulho fazem. Motos com seus canos de descarga e carros com seus sons de funk e pagode. Daqui a pouco pego o ônibus para o Rio. Outro "problema". Fico sempre preocupado. Ônibus virou restaurante. É uma comilança total. Pior quando comem aqueles fandangos amarelados com cheiro forte de fritura vagabunda.
Por hoje é só. Tô nervoso e com discurso de elite. Será? Quando ficar bem velho, vou comprar uma bengala com ponta de borracha só pra dar uma cacetada em malas espaçosas.

sábado, 22 de dezembro de 2007

Hacker engraçadinho


Essa vale até pra quem não entende alemão. Quem mandou foi meu camarada teresopolitano Mauro Araújo, gente boa, apesar de vascaíno.

Filme pra flamenguista

Acabei de cometer uma infração. Fui devolver a porcaria de um dvd que aluguei e disse, na lata, pro cara:

"Pô, esse filme é pra flamenguista assistir no sábado à noite, comendo pipoca, depois de ver ´Zorra total´ (argh!). Não é preciso pensar!".

Só depois é que me toquei e perguntei se ele era Flamengo igual a todo mundo. O cara disse que era e começou a cantar de galo como atleticanos e corinthianos dizendo que a torcida do Flamengo era a maior do Brasil sil sil, tinha sido tombada (sic) e coisa e tal e que o time tinha muitos títulos. Aquele papo de sempre de achar que o que importa são os títulos. Ora bolas, o Flu tem um monte de campeonatos cariocas (como aquele do Marçal Filho, de 1981 e aquele do gol com a mão contra não sei quem), o Fla ganhou aquele jogo da Copa Toyota no Japão contra um time de bêbados ingleses nos tempos em que o Jairzinho ainda jogava, e o Vasco é time da fuzarca, casaca, saca. De Maranhão, Lorico e Saulzinho e de Eurico Miranda. E onde René e Moisés e Odvan foram craques.

O Botafogo é diferente.

Ai que saudades daquelas jogadas de Zé Roberto partindo pra dentro da defesa e chutando por cima do gol (fazer o quê? Ninguém é perfeito. Vide os que não são botafoguenses), das armações de jogadas de falta entre Lúcio Flávio, Luciano Almeida e Juninho, das trocas de posição do Joilson e do Túlio, da garra técnica do Leandro Guerreiro. E, claro, dos golaços do Dodô, que vai virar reserva no time dos bambis cariocas (diferente das caneladas de Sousa e de Alex Dias e da preguiça do Velho Romário, dono do Vasco).

E vcs? Vão lembrar de quê? Do Djalma Bertrami e do Hilton Moutinho inventando um impedimento do Dodô aos 46 do segundo tempo? Os mesmos Djalma e Hilton que deram um gol irregular do Marcão na Sulamericana contra o Botafogo? Duvido que não se lembrem também daquela bandeirinha gostosa inventando dois impedimentos e tirando o Glorioso da final da Sulamericana. Ou alguém tem dúvida que, se não houvesse vacilo dos juízes, o Botafogo iria vencer fácil o Fluzinho retranqueiro do Renato Gaúcho? O Roger fez um gol meio sem querer (o atacante deu a bola pro beque) e o time se trancou.

Mas não adianta fazer marketing. O Botafogo é que vai trazer os jogadores certos. Como sempre faz. Vide o São Paulo que para jogar melhor tirou dois jogadores do Botafogo. O Flu pegou o Dodô. Os alemães levaram o Zé Roberto. Tirando o bom Leandro Amaral, e o esforçado Conca, ambos do Vasco, que outros jogadores do próprio Vasco, do Flamengo de Obina e do Flu foram aliciados por outros clubes? Quem quer Obina? Ofereçam. Quem quer Sousa? Quem quer Toró e Fernando Henrique? Quem quer casar com a dona Baratinha?

Em tempo: o nome do filme é "Paranóia". Não aluguem. Exceto os flamenguistas, vascaínos e tricolores.

quarta-feira, 19 de dezembro de 2007

Acosta e Finazzi, a bela dupla do Corinthians



Tirem os nenéns da sala. O Corinthians contratou o Acosta pra fazer dupla com o Finazzi. Só falta agora trazer do Odvan.

É permitido fumar


Restaurantes dão um jeito de não afugentar fumantes
Empresários inventaram uma curiosa maneira para furar a recente proibição de fumo em lugares fechados na Alemanha, segundo noticiou o tablóide britânico "Metro". Alguns restaurantes e bares instalaram bizarros "pontos para fumantes", fazendo com que os clientes não precisem sair do estabelecimento para dar aquela tragadinha que não pode esperar. Na foto, Michael Windisch, chef do restaurante "Malermeister Turm", usa a invenção: simples buracos na parede para os braços e a cabeça do fumante. Será que a moda pega?

Fonte: blog "Page not found", de Fernando Moreira

terça-feira, 18 de dezembro de 2007

Carlos Imperial e os "dedos mágicos" do PC




Deu no Joaquim que vão escrever um livro sobre o Carlos Imperial. Conheci o cara: um botafoguense doidão com fama de "picareta". E acho que justificava essa fama. Ele parou na minha no meu início de carreira de repórter. Fiz uma entrevista com ele e o cara até me citou na coluna que tinha numa das revistas da Bloch Editores. Me chamava de Paulo Cesar GB e dizia que eu tinha os "dedos mágicos". Mas não venham com sacanagem: ele não era gay. Era um cara carismático e simpático, mas se envolvia com barra muito pesada. Dizem que vendeu seu mandato de vereador. Literalmente um porra-louca que fez um cartão de Natal sentado numa privada e mandou para os milicos da ditadura militar. Resultado: passou uns dias na cadeia.

segunda-feira, 17 de dezembro de 2007

Corinthians na Segundona. TV Globo transmite


A Globo já está dando chamadas pros jogos do Corinthians na Segunda Divisão. Vi no kibeloco.

Galvão renova com a Globo. Era barriga mesmo. Porém... ("ah, porém", como diria o Paulinho)


Há dias publiquei um post sobre a possível demissão do Galvão Bueno da TV Globo. No título, levantei a possibilidade de ser "barriga", que, no jargão jornalístico, significa algo como "notícia furada". Não deu outra. O Mariano acaba de enviar o link pro site do Galvão com a notícia abaixo. Muita gente vai lamentar.

"Galvão Bueno renova contrato com a Rede Globo: Na tarde desta quarta-feira (12/12) o jornalista Galvão Bueno renovou seu contrato com a Rede Globo de Televisão por mais sete anos. O acordo vai até a final da Copa do Mundo de 2014, que será realizada no Brasil. Com 32 anos de carreira esportiva, o locutor Galvão Bueno é reconhecidamente o maior narrador da televisão brasileira. Auto-intitulado como um vendedor de emoções, Galvão transmitiu todas as Copas do Mundo de 1974 até hoje. Na Rede Globo há 27 anos, o locutor narrou ao vivo as Copas do Mundo de 1982 até 2006 pela emissora. Algumas das maiores emoções de Galvão como narrador foram as transmissões dos títulos conquistados pela Seleção Brasileira de Futebol em 1994 e 2002 e os três títulos de Ayrton Senna na Fórmula 1. Além disso, transmitiu muitos Jogos Olímpicos e Pan-americanos, com conquistas importantes para o esporte nacional. Hoje comanda o programa Bem Amigos, no canal a cabo Sportv, que debate os assuntos esportivos mais importantes da semana. A atração conta com um time de comentaristas e convidados especiais. Futebol, automobilismo, vôlei e todos os esporte de destaque no cenário nacional são os temas do programa, que vai ao ar as segundas-feiras".
http://galvaobueno.globo.com/GBueno/0,19125,VAE0-2978-312651,00.html

Fui pesquisar uma nova imagem do Galvão Bueno no google pra ilustrar esse post e as primeiras fotos que aparecem mostram essa "talentosa e inteligente" moça, apresentadora na Espanha. Faz parte de uma campanha para substituição do Galvão Bueno, que pode ser vista no "Blog do Germano":

http://images.google.com.br/imgres?imgurl=http://germanocwb.files.wordpress.com/2007/03/apresentadora01.jpg&imgrefurl=http://germanocwb.wordpress.com/2007/03/09/substgalvao/&h=585&w=450&sz=39&hl=pt-BR&start=2&tbnid=lSZbVjt_DsL6zM:&tbnh=135&tbnw=104&prev=/images%3Fq%3Dgalvao%2Bbueno%26gbv%3D2%26svnum%3D10%26hl%3Dpt-BR%26sa%3DG

Será que tem alguém que prefere o Galvão?

domingo, 16 de dezembro de 2007

O Garibaldi Alves é a cara do Bozó



Ancelmo Goes já comparou o Garibaldi Alves, novo presidente do Senado, a outras pessoas. Mas pra mim ele é a cara do Bozó, personagem do Chico Anísio. Aquele que exibia o crachá e dizia "Eu trabalho na Globo!".

sábado, 15 de dezembro de 2007

Corinthians sifu, guarda ri


Essa foto sacana saiu hoje no blog do Juca Kfoury. Diz tudo.

Os "cofrinhos" errados!



Meu camarada Jorge Antonio Barros, editor adjunto da Rio de "O Globo" e criador do blog "Repórter de Crime", da turma do Ancelmo, publicou um post sobre a bela morena acusada de ser uma das chefes da quadrilha de ladrões de kit-gás, presa anteontem. A jovem aparece em escutas telefônicas negociando a liberação de automóveis. Jorginho conta que anteontem 22 pessoas da quadrilha do kit-gás foram presas por policiais da 54a DP (Belford Roxo). Destaca em seu blog que "a foto dos acusados tem um detalhe interessante. É uma foto dos ´sem-rosto´. Até o policial, no fundo da foto, aparece somente da cintura para baixo", escreve o repórter de crime. Depois propõe uma reflexão sobre a atitude de esconder o rosto que se tornou comum em casos de prisão de suspeitos de crimes.

Reflitam. Mas faço outra proposta: em vez de fotografar o cofrinho dos bandidos, sugiro mostrar o cofrinho da bela "bandida". Muito mais agradável.

Boas Festas 2


Outro cartão virtual que acabo de receber é do meu amigo de infância Paulo Figueiredo, há muito tempo um grande advogado e pra sempre um poeta da música. Agradeço e retribuo.

Boas Festas 1


Agradeço e retribuo o cartão de Boas Festas que recebi do meu amigo e grande ilustrador Tiburcio, que, em breve, vai redesenhar meus dois blogs. Pra quem quiser conhecer o trabalho do Tiburcio:

http://www.tiburcio.locaweb.com.br/

Oscar Niemeyer, 100 anos


Parabéns, Oscar. Esse cara é bom! Há alguns anos, repórter de O Globo, participei da entrevista em que Oscar Niemeyer e o genial Darcy Ribeiro davam explicações sobre a construção da Passarela do Samba. À época, para atingir o governo de Brizola, surgiu um bando de "entendidos", de Direita, claro, como esses que hoje metem o pau no governo dos trabalhadores e derrubam a CPMF só de pirraça. Afinal, onde estavam todos quando a CPMF foi criada?

Diziam os "entendidos" da época que era impossível construir o sambódromo em seis meses (se não me falha a memória, que costuma falhar), que as arquibancadas iam cair, que passava um riozinho por debaixo do local e outras baboseiras mais que a Direita costuma inventar. Nunca vou esquecer do silêncio de Niemeyer, como que cagando e andando pras críticas; e das explicações de mestre Darcy Ribeiro, naquele seu jeito rapidinho de falar. Lembro que Darcy disse:
"Pô, o Niemeyer construiu Brasília! Brasília é uma cidade, gente. Coisa grande. Vocês acham que ele não vai saber construir um sambódromo? Aquilo pra ele é um monte de escadinhas, uma por cima da outra".
Quem viu, viu. E o sambódromo continua de pé até hoje.

Inimigos da gramática


Entro no site da locadora Vicius Vídeo pra devolver dois filmes ("Nação Fast Food", que gostei muito; e "Contrato arriscado", sobre a Segunda Guerra, que gostei mais ainda) e descubro a pérola: "Inimigos CORDEAIS".

Será que é um filme sobre inimigos do Cordel?

sexta-feira, 14 de dezembro de 2007

É bonita, é bonita, é bonita!


Meu camarada Aristeu Tavares manda a contribuição. Mesmo que seja photoshop é uma bela sacada.

quinta-feira, 13 de dezembro de 2007

Blog do pc bate recorde de visitação. Te cuida New York Times!




Foram mais de 800 visitas ontem. Pode parecer pouco, mas pra mim é muito. Mesmo que seja uma visita de médico. E agradeço. Tem visitantes de quase todas as partes do mundo. Cadê os anunciantes que não percebem isso, pô? Minha geladeira está vazia.

Ruim de roda e de freio


E o motorista que deixou o carro estacionado sem freio numa praia de Salvador, na Bahia? O carro deslizou e caiu na areia na praia de Porto da Barra. O motorista foi acionado para resgatar (ou pescar?) o veículo. Quem sabe em uma semana o cara toma uma providência!

Foto: Thiago Bernardes/UOL

Sacanagem, pô! Morreu Márcio Montarroyos


Marcinho era cria do Grajaú. Filho de um general. Tocava para cacete e muito mais. Lembro dele saindo pra tocar com a caixinha do trumpete. Lembro do primeiro show solo de Ney Matogrosso no Hotel Nacional em que vi Montarroyos tocar trumpete com uma espécie de distorcedor.
Entrevistei o cara uma vez quando era repórter do Segundo Caderno de O Globo. Márcio estava gravando com uns gringos num estúdio da Barra. Quando chegamos, vimos a banda fumando marijuana no quintal da casa. O motorista do jornal, Pedro Paraíba (tinha outro apelido, mas não dá pra escrever aqui), não entendeu nada e morreu de rir. Os músicos mais ainda. Só que ficaram com muita fome depois. Não sei se foram para alguma churrascaria rodízio. Nós fomos.

quarta-feira, 12 de dezembro de 2007

Nem o Papai Noel escapa!


Tá dando no Dia online:
Policiais apreendem "cocaína preta" escondida em bonecos de Papai Noel
Droga foi apreendida após denúncia na favela Pica-Pau, que integra o Complexo do Jacarezinho

Rio - Policiais Militares do 3º BPM (Méier) apreenderam pela manhã 92 sacolés de uma droga que, segundo os PMs, seria cocaína. O material estava escondido em um quiosque abandonado na favela Pica-Pau, que integra o Complexo do Jacarezinho. De acordo com os policiais, a droga é escura, quase da cor preta. Ela seria oferecida a chefes do tráfico de drogas do Comando Vermelho, que iriam testar a qualidade do pó. Para divulgar a novidade, os traficantes endolaram o material com símbolos do Natal como Papai Noel. A droga foi levada para a 23ª DP (Méier). Ninguém foi preso. Os policiais encontraram a droga graças a uma denúncia anônima.

Polícia para que Polícia?


Deu na Folha. A foto é de Stephan Solon, da agência Futura Press.
"Moradores da favela Real Parque, tentam se proteger de bombas de efeito moral lançadas pela PM durante reintegração de posse".

É sempre a mesma covardia. Por que essa mania de bater em povo pobre e estudantes? Na frente de bandidos se "borram" todos.

Esse Arthur Virgílio é um oportunista


Esse Arthur Virgílio, na foto com Collor, é muito cara-de-pau. Mereceu a gozação do neto do Covas.

Virgílio "fala" com Covas e neto ri
Ao justificar as razões que o levam a combater a CPMF, o senador Arthur Virgílio, líder do PSDB no Senado, declarou ao blog de Josias de Souza, da Folha Online, que chega a "sair da esfera terrestre" para "dialogar" com o ex-governador, morto em 2001. "Converso, em sessão espírita, com Mário Covas. Ele me fala assim: "Arthur, vote contra a CPMF'". O deputado estadual Bruno Covas (PSDB-SP), neto do ex-governador, falou à coluna:

FOLHA - Arthur Virgílio está falando com o seu avô.
BRUNO COVAS - Eu li isso. Eu fiquei até com vontade de ligar e pedir para o Arthur Virgílio perguntar para o meu avô o que ele está achando da minha atuação como deputado estadual (risos).

FOLHA - Vocês já "falaram" com o ex-governador?
BRUNO COVAS - Eu não consigo falar. Mas uma tia da minha mãe, que é espírita, falou para a minha avó [Lila Covas] um dia que uma entidade falou sobre o Mário Covas, que ele estava bem. E aí foi um telefone sem fio, ficou todo mundo ligando. Mas eu acho difícil que o Arthur Virgílio converse com o Mário Covas. Como também acho difícil que ele realmente bata no presidente Lula, como ele falou certa vez, né?

FOLHA - O Covas votaria contra a CPMF?
BRUNO COVAS - Ah, olha, aí pergunta para o Arthur Virgílio, que conversa com ele.


FOLHA - Qual a sua posição?
BRUNO COVAS - A carga tributária é alta. Mas eu não escolheria a CPMF para cortar. Escolheria outros impostos. A CPMF tem o caráter de permitir que se investigue quem está sonegando. Agora, é uma questão de momento. A oportunidade que tem a oposição de combater a carga tributária é com a CPMF. Então, se fosse senador, eu votaria contra.

Fonte: Coluna Monica Bergamo, Folha de S. Paulo

Shumacher vira Angélica!


E não é que o Shumacher tomou o táxi de um motorista pra levar a família pro aeroporto! Ainda bem que não foi o Rubinho, né? A família chegaria com atraso.

terça-feira, 11 de dezembro de 2007

Clube de Regatas Eurico Miranda



O "cartola" Eurico Miranda, todo torcedor de futebol sabe muito bem, é um "exemplo de desportista, homem digno e honesto, pessoa educada e gentil; enfim, uma "flor de pessoa". Ontem, meu camarada vascaíno Sérgio Batalha me deu de presente a sua (dele)carteirinha de sócio do Clube do Eurico. Já estou pensando em ano que vem assistir ao primeiro treino do técnico Romário com o craque Beto Cachaça.

sábado, 8 de dezembro de 2007

Isso é que se chama "amar a sogra"


Meu camarada teresopolitano Mauro Araújo manda a colaboração.
http://br.youtube.com/watch?v=Oj2L-UeqBu8&feature=related

Galvão Bueno demitido da Globo? Será que é "barriga"?


Tá rolando na Rede. Recebi de um amigo.

GALVÃO BUENO é demitido da Globo

O locutor Galvão Bueno foi demitido da Rede Globo no início desta semana. A profunda insatisfação dos profissionais que trabalhavam ao lado do locutor, somada a sua constante queda de popularidade, teriam sido os responsáveis pela notícia mais surpreendente da mídia esportiva dos últimos anos. O locutor ainda não se pronunciou sobre a decisão da Rede Globo.
Boicote
Um grupo de repórteres e comentaristas do canal teria se apresentado à direção de esportes do canal e ameçado greve caso a emissora não notificasse Galvão e exigisse mudanças em seu comportamento durante as transmissões. Os funcionários, cujos nomes foram mantidos em anonimato pelo canal, alegaram ser submetidos pelo locutor a maus tratos e constrangimentos ao vivo e também fora do ar. O diretor de jornalismo teria tentado ainda dialogar com Bueno. No entanto este, ao tomar conhecimento dos fatos, não teria se mostrado disposto a mudar seus hábitos e ainda exigido a cabeça de alguns dos "rebeldes". No entanto o que se deu foi exatamente o contrário, e o funcionário sacrificado foi o próprio Galvão.

"Mala"
A popularidade de Galvão Bueno experimentou forte declínio nos últimos anos. Um dos primeiros meios que comprovou isso foi a Internet: diversos sites, blogs e comunidades no Orkut reúnem telespectadores que demonstram profundo descontentamento com o locutor, ridicularizando-o e apontando suas gafes durante as transmissões.
No entanto a situação só chegou aos olhos da cúpula Global quando a satisfação do público chegou aos estádios por meio de faixas e (e esta foi a gota d'água) gritos ofensivos das torcidas contra o narrador. Recentemente, durante a transmissão de Brasil e Equador pelas eliminatória realizada no Maracanã, a Globo precisou cortar
temporáriamente o áudio que vinha do estádio, já que os torcedores gritavam a plenos pulmões expressões de baixo calão dirigidas a Bueno.

Surpreendentemente, é possível que até mesmo o rei do futebol tenha participação, ainda que indireta, nos acontecimentos recentes. Rumores dão conta de que Pelé tornou-se bantante indisposto em dar entrevistas à TV Globo desde que tomou conhecimento de um vídeo que vazou na internet, no qual Galvão Bueno, no intervalo de uma das transmissões pela Copa de 1994, reclama que o rei falaria demais. Pelé teria ficado chateado pelo fato de o locutor não lhe ter pedido desculpas, ao
contrário do que fez a alta direção da emissora. A culpa de Galvão na frieza de Pelé para com a emissora também teria contribuído na decisão de afastamento do narrador.

Futuro
Ainda não se sabe como ficará o quadro de locutores da Rede Globo, embora a tendência seja a de que cada narrador seja promovido. Desta forma, Cléber Machado se tornaria o locutor número 1 do canal; Luís Roberto ocuparia o posto deixado por Machado; e Rembrandt Jr o de Roberto. Por fim, algum profissional do Sportv ascenderia à Globo, assumindo a função de Rembrandt. Quanto ao destino de Galvão Bueno, especula-se sua ida à Rede Record. A emissora de Edir Macedo, que já detêm os direitos de transmissão exclusiva das Olimpíadas de 2012, briga também pelo futebol nacional e pela Fórmula 1 em 2009. A contratação de Bueno seria, além de uma
aquisição profissional significativa, uma excelente jogada de marketing.

São Paulo "rouba" Juninho do Botafogo


É impressionante a falta de ética do São Paulo Futebol Clube. Ganhou o Brasileiro com um time fraco, graças à retranca, ao excelente goleiro Rogério Ceni e a alguns erros de arbitragem. Agora, para se reforçar, está "roubando" jogadores do Botafogo. Primeiro foi Joilson; agora é Juninho. Curioso que Juninho perdeu quase todas as eleições de melhor zagueiro pros beques desse time retranqueiro e beneficiado pelas arbitragens. São ou não bons os zagueiros do São Paulo? Mas quem sabe agora Juninho não seja convocado para a Seleção! Parece que há uma determinação na CBF proibindo convocar jogadores do Glorioso.

Mas, como não perdôo "traíras" vou torcer para que Juninho (Dodô também) tenha no São Paulo o mesmo sucesso que tiveram Clayton no Flamengo, PC Gusmão e Jonilson no Fluminense, Iranildo no mesmo Flamengo, Túlio Maravilha no Corinthians e outros que abandonaram o Botafogo. É bom lembrar que, em entrevista à Rádio Globo, Túlio Maravilha disse se arrepender de ter trocado o Botafogo pelo Corinthians em 1996, um ano depois de ter sido campeão brasileiro pelo Botafogo.

Hoje eu tô nervoso!

Autoritarismo e deselegância na Viação Dedo de Deus


"CARTÃO VERMELHO PARA VOCÊ. NO MOMENTO SUA PRESENÇA NÃO ESTÁ SENDO AGRADÁVEL.FINJA QUE VAI AO BANHEIRO E DÊ O FORA".
O texto acima não foi copiado do Mein Kampf, de Adolfo Hitler, nem de nenhum manual de fascistas. Está numa placa na recepção (sic) da Viação Dedo de Deus, em Teresópolis, no Rio de Janeiro. Só não fotografei porque perdi meu celular na quarta. É inacreditável tamanha deselegância e estupidez.

Descobri porque estive agora há pouco na sede da empresa para reclamar contra um motorista que se recusou a parar o ônibus a poucos metros do ponto às 23h50 de ontem à noite. Lá em Pato Branco isso tem nome: "Espírito de porco". Afinal, aquele era o último ônibus para onde eu estava indo e tive que esperar 40 minutos por um outro que me deixou um pouco mais longe.

A Viação Dedo de Deus é conhecida na cidade por tratar mal passageiros e funcionários. É totalmente desorganizada. É comum você esperar no ponto por mais de meia hora. Quando o ônibus aparece, vem 3 ou 4 que vão para o mesmo lugar.

Falta de concorrência dá nisso!

Esse menino tem futuro



Pesquei no blog do Ancelmo.
"A tal da Cow Parade acabou no fim do mês, mas foto divertida, como esta, da leitora Luciana Lameira Lacerda, sempre merece um lugar no site da turma da coluna. Olha só o menino, brincando com a vaca inspirada em Marilyn Monroe, que ficou em frente ao Copacabana. O moleque é saliente, mas é bom".

Há muitos e muitos anos, quando eu era bem pequenininho, levei uma sova da minha mãe por causa de uma saliências dessas. Mas aviso logo: não era vaca, era gente. Levantei a saia da irmã balzaqueana de uma vizinha que tirava um cochilo no apartamento de uma amiga da minha mãe. Deu pra entender?

quinta-feira, 6 de dezembro de 2007

Romário técnico do Vasco. O Vasco não é um clube sério


Oba! O Vasco já sai perdendo com mais uma palhaçada do Eurico.

quarta-feira, 5 de dezembro de 2007

O dia em que o motoboy comprou um carro


Meu amigo PV, que, apesar de tricolor é gente boa e criativa, mandou a gracinha com o título.

Perdi meu celular!

Meus amigos: estou sem celular. Mandei bloquear. Quem quiser falar comigo, favor mandar e-mail ou recado por aqui.

Gaitán, El Divino, pode vir pro Glorioso


O cara só faz golaços. Flamenguistas, vascaínos e tricolores podem começar a tremer. Vejam os gols:

http://video.msn.com/video.aspx?mkt=pt-br&vid=81cde0f9-9341-4b3e-9bbb-23cfa450c477

Olha a cabeleira do Romário!


Vocês lembram da voz dele? Não mudou. Mas os seus cabelos!!!
Montagem de foto: Lancenet

segunda-feira, 3 de dezembro de 2007

Brasileirão doido, sô!

O melhor time (o Botafogo) não ganhou, o artilheiro (Josiel) foi de um time rebaixado, o melhor goleiro (Felipe) de outro time rebaixado e o Fluminense está vendendo uma vaga pra Libertadores.

domingo, 2 de dezembro de 2007

Por que o Fla só ganha no Maracanã?

E o Corinthians caiu e o Cruzeiro entrou. Os eleitores do blog acertaram num, erraram no outro. E o Flamengo, pra variar, não ganhou fora de casa; a torcida não jogou e o juiz não ajudou.

Djalma Bertrami ataca novamente!


Esse Djalma Bertrami, que mandou voltar dois pênaltis do Goiás (mais uma vez fazendo dupla com o Hilton Moutinho), é aquele que inventou impedimento e expulsou o Dodô na final contra o Flamengo. Na jogada seguinte não viu uma falta clara, na entrada da área, no mesmo Dodô. É o mesmo que, de novo em dupla com o Hilton, não viu impedimento claro do Marcão do Flu na Sulamericana do ano passado. E é o mesmo daquele jogo doido do Grêmio nos Aflitos. Tem coisas estranhas, tem Djalma Bertrami e seu fiel escudeiro.