Sandro Moreyra, um autor à procura de um personagem

Sandro Moreyra, um autor à procura de um personagem
À venda no buscapé em 16 livrarias e em diversas livrarias ao vivo (Clique na imagem acima)

Livro do Senta

Livro do Senta
Clique na imagem e encomende o seu

terça-feira, 7 de maio de 2013

Fluminense tem segundo caso de doping em uma semana. Será que é a maquiagem que os tricolores estão usando?


Algo há, algo há. É preciso investigar com o departamento de Beleza e Maquiagem do clube. Pode ser a qualidade do pó de arroz, do rímel, da sombra...

dando em tudo quanto é lugar, como é caracteristica das coisas tricolores, mas peguei no globoesporte.com (aquele site que inclui Rafinha e Ibson na seleção do carioca 2013).

14 comentários:

Wesley Machado disse...

PC, dê uma lida neste texto:

http://br.noticias.yahoo.com/blogs/mente-aberta/tocar-conforme-dan%C3%A7a-113322372.html

Um abraço.

Wesley

edgard horacio disse...

HAHAHAHAHAHAHAH

PC Guimarães disse...

Lindaço, Wesley. O cara acordou pro melhor.

solito disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
eduardo schiefler disse...

tenho um amigo vira casaca, simplesmente não falo de futebol com ele, e toda vez que ele tenta é ridicularizado inclusive pelo que torcem pro time que ele agora torce.
sobre o texto do topo do blog, o Seedorf ganhou 4 champions por 3 times, ganhou 2 vezes pelo rubro negro de Milano.

PC Guimarães disse...

Framenguista sempre com a mania de pegar carona em tudo.

Cacau Avila disse...

Wesley.

A matéria da colunista que trocou de time é interessante mas de proveitoso ali, somente se confirma o que muita gente já desconfiava: torcidas são, invariavelmente, de tamanhos mais ou menos iguais. O ôba-ôba e a mídia é que juntam aqueles que não ligam para futebol em torno de uns dois ou três que acabam se tornando povudos.

Quer um exemplo?

Meu primo que é de outro Estado, fra-menguista, mandou a esposa e a princesinha de 12 anos para passear aqui. As duas, fra-menguistas da Globo, chegaram há uma semana todas todas, querendo ir no CRF comprar trecos mas quando o doimngo foi chegando e tudo o que elas viam na TV foi mostrando a ambas outra idéia de esporte ante o momento alvinegro e mesmo depois, com as festas que a TV foi obrigada a mostrar, ficaram confusas.

Não foi isto que a mídia lhes ensinou durante estes anos lá aonde moram (e moram longe). Tentaram zoar antes mas depois da noite de domingo, simplesmente se calaram sobre o assunto futebol e super mega grandeza rubronegra.

Torcida então não é isso. Isso é povo agregado, aquele que acha que se não vencer o futebol deixa de existir. É o povo abduzido pela mídia para vencer/(vender trecos anunciados) a qualquer custo.

Eu nunca tive dúvidas sobre o que disse aqui acima.

eduardo schiefler disse...

Peguei carona com um Botafoguense que adora pizza paulista uma vez.Meia mussarela meia castelone (?!)
:)

Flaviano Mendes disse...

Confere aí PC:

http://globoesporte.globo.com/futebol/times/botafogo/noticia/2013/05/kiko-faz-visita-mostra-conhecer-historia-do-botafogo-e-emociona-fa.html

DESTAQUE PARA:

"Ao ser apresentado para o time do século, que está exposto no local [sala de troféus de GS] através de um grande quadro (...), Villagrán apontava para todos os craques e, nominalmente, foi revelando cada nome. Um, em especial, chamou sua atenção. Tratava-se de Paulo Cesar Caju, um dos maiores expoentes da história botafoguense, que hoje dá nome a um dos filhos do mexicano.

- No México, quando eu era menino, aprendi a gostar de futebol vendo o Botafogo jogar. O Botafogo é muito grande para nós. Via o Garrincha colocar os adversários no chão sem tocar na bola e nem no jogador..."

Cacau Avila disse...

E grita aí PC!

http://globoesporte.globo.com/futebol/noticia/2013/05/estudo-ingles-contesta-o-relatorio-que-causou-interdicao-do-engenhao.html

Cacau Avila disse...

O IMBRÓGLIO ENGENHÃO.

Nada como uma ventania típica do verão, mas ocorrida às portas do inverno, num horário insólito (a partir das 5 da matina), para mostrar a verdadeira face dos homens públicos do nosso país.

Alô galera. Vamos gritar bem alto (até mesmo adversários, que poderiam estar ganhando dinheiro no Engenhão mas estão perdendo em Bangu).

Os ventos da última segunda bateram 100 km/h sem que a estrutura tivesse sofrido um centímetro sequer de deslocamento.

edgard horacio disse...

foi cocaína.

Carlos Henrique disse...

Sobre o dopping do Michael...

Novas notícias dão conta de que foi cocaína. Lembrei do Jobson. Pobres garotos. Uma pena pela pessoa.

Abraços.

Mario_av disse...

Lastimável. Um garoto de 20 anos.