Livro do Senta

Livro do Senta
Clique na imagem e encomende o seu

sábado, 1 de fevereiro de 2014

Salve, Jorge Nunes! O Rádio perde um pouco a sua graça


Grande figura. Troquei um muito prazer com ele um dia na TV CNT. O bastante para ver que era um grande cara. O rádio perde um cara divertido, os amigos perdem um amigo de caráter. Que chato! Maurício Menezes, grande amigo, escreveu no facebook:

"Jorge Nunes morreu nesta sexta-feira. Fiquei muito triste, porque nós tornamos amigos de verdade. Jorginho era desses caras capazes de dar as calças se visse alguém precisando delas. Mexia com todo mundo. Um dia viu um rapaz que achou feio e perguntou: " om essa cara você come alguém?". Vivia dizendo que pegava todas as pretinhas e um dia fomos almoçar e pedi ao garçom para colocar azeitonas pretas na mesa e o fotografei. Comecei a espalhar: essas são as pretinhas que ele pega! Jorginho era um moleque, um menino, um gênio, um amigo. Uma pena que a vida faça isso com a gente. Estou muito triste."

4 comentários:

Reinaldo disse...

Vai fazer muita falta mesmo sendo vascaino era um jornalista divertido, eu fico até com medo de o pc morrer também.

Marcos Paret disse...

Jorge Nunes nem sempre fazia a abordagem que nós, torcedores, esperávamos que fizesse do nosso time nos comentários de intervalo de jogos mas, por incrível que pareça, era como um vício, depois de ouvir rapidamente a parte inicial dos comentários daqueles ex repórteres na Globo, mudar para o 96.5FM e ir para a Tupi eaperar o "aaahh moleeequeee" começar a falar.

Era inteligente, divertido e, principalmente, humano. Não sei se era da parte classe média-média do Rio (Grajaú como o PC) ou se suburbano como nós aqui (aqueles que o são também) mas a sua fala era para nós, ou seja, mesmo sabendo se expressar corretamente, falava o português nosso, a palavra da conversa de bar, das rodas de amigos.

Que perda senhores!

Edson Luiz Santos disse...

Muito triste. Sei o quanto importa a formação academia. A graduação contribui para o crescimento de qualquer área profissional. Entretanto, dignidade, caráter, IMPARCIALIDADE, personalidade, verdade e bom humor... Ah! Não se aprende em faculdade. Saudades, grande Vascaíno.

Chico da Kombi disse...


Descanse em paz, Jorge Nunes.