Sandro Moreyra, um autor à procura de um personagem

Sandro Moreyra, um autor à procura de um personagem
À venda no buscapé em 16 livrarias e em diversas livrarias ao vivo (Clique na imagem acima)

Livro do Senta

Livro do Senta
Clique na imagem e encomende o seu

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Será que já não está na hora de Antônio Lopes abandonar as carreiras? O Esporte agradeceria, a Democracia também



Será que o Antônio Lopes pensa que ainda está vivendo a época da Ditadura Militar? Pessoas como ele e seu autoritarismo já deveriam estar fora do futebol há muito tempo. Arrogante, prepotente, covarde. Uma vez, quando dirigia o Vasco, mandou bater no Ailton, então jogador do Botafogo. Reparem a forma dele olhar para o repórter que teve a "coragem" de entrevistá-lo, ao final do vídeo. Todo mundo ficou com medo de se aproximar do "delegado". Acorda, Lopes. O mundo mudou. É preciso dar um não rotundo a esse tipo de gente.

2 comentários:

Fabio Fernandes disse...

Olá, PC!
Quando treinou o Amárica-MG, em uma curta passagem de apenas 15 dias, queria mudar até o nome do clube. Como tá fora do moda o Delegado. www.euvistoacamisadogalo.com.br

Zabumbeiro de Zona disse...



Cruzeiro (média de 26.830 pagantes), Corinthians (24.742) e São Paulo (24.413) comandaram o show da arquibancada como mandante na temporada de 2013, de acordo com estudo da Pluri Consultoria. O Santa Cruz ficou em quarto, com 22.384, à frente do Grêmio (21.243).

Cadê o 'pequeño que puede sorprender'?