Sandro Moreyra, um autor à procura de um personagem

Sandro Moreyra, um autor à procura de um personagem
À venda no buscapé em 16 livrarias e em diversas livrarias ao vivo (Clique na imagem acima)

Livro do Senta

Livro do Senta
Clique na imagem e encomende o seu

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Se o mundo tivesse terminado hoje o botafoguense poderia dizer: "Jamais precisamos roubar para ganhar"


Deu hoje no Lance! e faço minhas as palavras do Nilton Severiano. Sei que os bobinhos de plantão vão vir com a velha ladainha daqueles três lances duvidosos nos 108 anos do Glorioso (o gol do Túlio contra o Santos, o gol do Maurício contra o Framengo e o "pênalti" não marcado pelo Simon pro Galo). Esquecerão de citar o que aconteceu nesses campeonatos e os muitos e muitos jogos em que o Glorioso foi roubado.

5 comentários:

Allan Gouvêa disse...

Pc, torcedores do foguinho também poderiam dizer: "Jamais ganhamos títulos importantes, jamais saberemos o que é ter torcida, jamais saberemos o que é ser campeão, jamais saberemos o que é ser time grande, jamais saberemos o que é futebol".
.
SRN

Léo disse...

Por enquanto, o mundo só acabou para o cabrito de final de ano que irei comer às 19:30hs. Por outro lado, o único que tem se esforçado para comprovar a teoria maia é o Vasco...

Cacau Avila disse...

O allan também me parece em extinção. Leio este comentário dele aí acima e até ouço o tintilar de uma talhadeira na pedra, vejo um arqueólogo limpando um texto erudito (que não serve para nada mas é antigo p/cacete) como se quisesse saber de onde data. Claro que faz parte do material que recolhem e jogam no lixo.

Celso Ricardo disse...

O gol do Túlio foi contra o Santos, eu creio.

PC Guimarães disse...

A pressa passa e a merda fica, Celso. Já corrigi.