Sandro Moreyra, um autor à procura de um personagem

Sandro Moreyra, um autor à procura de um personagem
À venda no buscapé em 16 livrarias e em diversas livrarias ao vivo (Clique na imagem acima)

Livro do Senta

Livro do Senta
Clique na imagem e encomende o seu

sábado, 22 de dezembro de 2012

Garrincha, Alegria do Povo. O resto é mera figuração



Na íntegra o filme de Joaquim Pedro sobre o maior jogador de futebol que já pisou na terra. Os tricolores vão adorar pois aparece Pau Grande, onde Garrincha nasceu; e os framenguistas vão entender o que é um idolo e um craque de verdade. Os vascaínos... ora os vascaínos são apenas coadjuvantes.

13 comentários:

Anônimo disse...

Pc, boa noite agora mudando de assunto têm um Retardado usando seu nome no Cantinho Botafoguense dar uma olhadinha lá.

Carlos Henrique disse...

Show o filme!

Show o jogador.

Show o timaço apresentado.

Anônimo disse...

Carlos henrique, como diz o Chaves, eu prefiro ver o filme do Pelé :-)

Zé do Rádio disse...

PC,

Garrincha foi um cara um século acima do seu tempo...é uma pena que acabou como mais um jogador que não soube conduzir sua vida pessoal...

PC Guimarães disse...

Sidney: tô de saco cheio disso. Não é a primeira vez que este bosta faz isso. É algum recalcado. Toda vez que tento liberar os comentários aqui no Blog este mesmo idiota faz isso. Já estou pensando em envolver a polícia. Já que não consegue entrar aqui entra em outros blogs. Obrigado por me avisar. Vou informar ao pessoal do Cantinho.

Cacau Avila disse...

Zé do Rádio meu prezado.

Eu sempre quis Garrincha para o trabalho ali, entre as 4 linhas.

Nunca sonhei vê-lo casando com minha prima mais velha ou mesmo com a minha amada tia.

Espero ter sido explícito.

De bom mocismo, o futebol tá cheio (de amarelões): Zico chupetinha, Raí, Ronaldinho Gaúcho, Zizinho vomitão, etc..

Cacau Avila disse...

E lendo comentário seu na outra postagem, já disse que Josimar também não era o preferido para casar aqui com a prima mais gostosa.

Mas botinudo caro Zé? O cara tinha vícios, era de vida desregrada mas e o futebol, a bola em campo, o seu jogo?

Cacau Avila disse...

Sobre Garrincha, eu já cansei de escrever aqui o que se disse no seu auge.

Mas vamos a fatos (fatos, senhores galhofeiros)...

Luís Ribeiro, no programa de agora, domingo á tarde, na Tupi do Rio, disse:

"...Garrincha era aquele que podia dizer 'ESTE CARA SOU EU'. Já se sabia que o time (o timaço do Botafogo) jogava assim: tá ruim com Didi, joga no Garrincha que ele resolve...."

O PROGRAMA CHAMA-SE 'BOLA EM JOGO'

Anônimo disse...

Pc, estão usando seu nome de novo no Cantinho botafoguense, o babaca falou que você ameaçou a família dele e a filha dele, ele se chama Cléber Soares.

Cleber Soares disse...

Caros leitores do blog do PC.

Venho mais uma vez explicar que não tenho nada com tais atitudes de xingamentos, ameaças e coisas do tipo.

A um tempo atrás fiz um comentário aqui no blog e depois disso comecei a receber varias ameaças de um lunático no meu blog pessoal. Informei o PC sobre o caso uma vez, as ameaças continuaram, voltei a informar, mas não que eu acreditava que era o PC quem fazia tais sandices, mas sim para alerta-lo de que estavam usando seu nome para tal. O mesmo me respondeu sobre o caso na ocasião.

Infelizmente, outro amigo, o Kleber Nunes, também teve o mesmo problema e até o Chico da Kombi, botafoguense, também teve mesma sorte.

PC, sei que tu não tem tempo para palhaçadas, mas esse caso já passou dos limetes, acho melhor mesmo você envolver a polícia antes que alguém se prejudique de verdade.

Obs: Já esclareci os fatos ao Rodrigo do blog Cantinho Botafoguense.

Um abraço a todos e feliz natal

PC Guimarães disse...

Pessoal: vamos tocar a nossa bolinha sem se envolver em baixarias. Tenho mais o que fazer. Não vou entrar nessa pilha. Já estou tomando as providências. Ninguém cala o Blog do PC.
grande abraço, Cleber.

Cacau Avila disse...

Amigos.

EStou aí nos comentários sobre futebol praticamente desde que estes foruns ganharam vida própria (a partir de 2005/6).

No início, com outro nick/nome, usava de um expediente mais pesado para lidar com determinados torcedores adversários até que, chegando 2007, revoltado com aquela roubalheira endêmica, comecei a detonar os flamenguistas e o resultado não tardou:

ameaças pessoais, busca na internet por todos os nomes que utilizávamos (chegaram a um deles no Google e passaram até a usar de termos pejorativos com uma menina que eu havia dito ser minha filha, hoje com 12 anos) e toda a sorte de sandices.

Alguns, quando o argumento falhava, mandavam sem cerimônia "...aaaa.. Cacau Ávila (era outro nick)... eu só queria saber qual é o seu bairro para ficar te esperando dentro do meu carro com o motor ligado. Queria ver você falar tudo isso todo quebrado no asfalto...."

Eu juro que isto saiu em comentários em O Globo. Reclamei e a única coisa que o jornal fez foi excluir o comentário, que por semanas, era encontrado até buscando-se por termos utilizados.

Sabem o que fiz? Simplesmente esqueci o assunto. Hoje, se algum 'Cacau Ávilla' sair por aí dizendo que "comeu" a mãe do cara, certamente não irá digitar isso da minha sala lá no trabalho ou aqui deste endereço IP. Pronto meus amigos.

Esta é a via a ser seguida. Quem tenta armar pela internet, mesmo que pule de lan house em lan house, acaba produzindo provas contra si mesmo (o que é tão óbvio que acabará sendo contemplado pelo CPC).

Vida que segue.

Como diz o PC, vamos bater a nossa bola sossegados. Estes caras, definitivamente, carecem de uma mulherzinha para passarem o sábado.

Cacau Avila disse...

Juro que, no citado período (2005, 6 e 2007), quando eles vinham pesado, eu saía com termos bem detonantes também.

Chamava de torcedores do pó e marginais, entre outras coisas.

Parei, refleti e percebi que esta não seria a linha.

Parti então para a galhofa, irritei da mesma forma mas do meu lado, passei a me divertir até quando nós perdemos e eles estão bem.

É isso.