Livro do Senta

Livro do Senta
Clique na imagem e encomende o seu

terça-feira, 27 de agosto de 2013

O botafoguense é antes de tudo um forte


Do meu amigo Flavio Dupim, da Rádio Botafogo: "PC, o que nós já sobrevivemos este ano? Engenhão, bloqueios, guaraviton, torcida, fellype Gabriel, andrezinho, Antônio Carlos, mulher do oswaldo, Flapress! Não adianta cara! Esse ano é do Botafogo!". E ninguém cala!

E lembrem-se: ao contrário dos comuns, campeão ou não, o Glorioso é eterna paixão.

Amanhã tem outra luta. Vamo que vamo. Vida que segue.

13 comentários:

Andesilva disse...

EH ISSO MESMO!!!
PODE VIR OQUE VIER, QUE ESTE ANO EH NOSSO!!!!
AVANTE FOGAO!!!!

Fabio Medici disse...

Esse ano é do Botafogo. Bairro simpático, com visual exuberante e vocação para ótimos bares e restaurantes.
Transito um pouco complicado mas... com metrô à disposição para cortar o Rio de Norte a Sul...
Botafogo, um dos bairros mais tradicionais do Rio. Esse ano é seu!

Philipe Lucas disse...

Boa PC, Boa Dupin!
Hora de sacudir a poeira e focar no campo e nos campeonatos em disputa!

Fabio Fernandes disse...

Tenha fé PC... Sou atleticano, e sei muito bem o que é isso. "Nós" atleticanos somos sobreviventes dessas mazelas. Um bom jogo pra nós!
www.euvistoacamisadogalo.com.br

Unknown disse...

Conheço esse Andsilva de outros carnavais !!! Isso é flamenguista roxo !

Chico da Kombi disse...


Se passar pelo Campeão da América amanhã, o Vitinho será solenemente esquecido.
Valeu enquanto durou.

Boa Sorte, Vitinho.

O póximo...

Thomas Beta disse...


Vitinho fez muito bem. O máximo que poderia conseguir, com toda sorte do mundo, seria ser campeão brasileiro este ano.

Mas aí é só olhar o que o Botinha fez com o ÚNICO ídolo que levou o clube a um título brasileiro e chegar à fácil decisão de fazer as malas.

O Botinha necessita urgentemente rever seus conceitos, se quiser ser grande.

Ultimamente, de grande mesmo em General Severiano, só os chifres do Oswaldo de Oliveira.

SRN

pc guimarães disse...

Tomara que o Pablo mande você praquele lugar, Fábio Médici, provocador de uma figa. Quanto ao Thomas, não levo a sério. É um pândego.

Daniel Nascimento disse...

PC, já somos campeões só de torcer pelo Glorioso, nesses 30 anos, vi o meu time ser prejudicado e massacrado por forças obscuras que influenciam os bastidores do futebol brasileiro, contudo esse ano sinto que o BOTAFOGO está no caminho certo para mudar um pouco este cenário, ganhando dentro de campo do time adversário, de tudo e de todos que querem prejudicá-lo, tenho fé como as coisas que já aconteceram e as que virão o FOGÃO irá superar todas e vejo que o triunfo está próximo. Quarta feira no horto tenho FÉ no elenco que temos, iremos ASSAR a galinha no terreiro dela e domingo sairemos vitoriosos sobre o São Paulo. Por fim como torcedor tenho que fazer meu papel que é acreditar no time até o fim para o Vitinho sinto por ele, pois no final de tudo ele vai perceber que quem sai perdendo mais nisso tudo é ele, pois acredito que pior ainda para ele vai ser ver à 11.558km esse elenco que fica no fim do ano sendo vitorioso de suas demandas.
Pergunta:
Porque incomoda tanto a essa gente ver o Botafogo campeão? Será que o Botafogo um clube com a enorme tradição que tem, sendo campeão da forma vista no Brasil e no exterior, com a sua estrala, ofuscaria de vez times apoiados pelas grandes mídias?

eduardo schiefler disse...

Boa Fabio !!!

Thomas deixou uma boa la embaixo que ficou no vácuo pra variar.

Quando bate um pouco mais forte aqui é uma choradeira.

Viram o texto do Lúcio de Castro no espn ? Pelo jeito até o fim do campeonato a coisa vai piorar.

Cristian Hofman disse...

Parafraseando um ditado que ouço desde pequeno - "A coisas que só acontecem ao botafogo"!

SRN!

Pablo disse...

O arco-íris saiu, momentaneamente, do calabouço...

Abs
Pablo

Marcos disse...

Engraçado um flamenguista falar sobre como o time trata o ídolo. Diga um ídolo mulambo e eu te direi como foi tratado pelo Flamengo: Renato Abreu, Adriano, Vagner Love, Zico, Andrade, Íbson, Petkovic... Escolhe qualquer um, pra eu te lembrar como o Flamengo o tratou.