Livro do Senta

Livro do Senta
Clique na imagem e encomende o seu

domingo, 11 de maio de 2014

Vamos deixar o pessimismo de lado, botafoguenses


Tenho ouvido e lido muitas baboseiras sobre o time e o elenco do Botafogo. Discordo de todas. Tanto as maldosas vindo por parte da Imprensa, quanto a que vem do lado do grande número de botafoguenses típicos que são os pessimistas. Calma, galera. Esse time não é tão ruim assim.  Atuação espetacular a de hoje. Time perfeito. Zeballos, que destoou um pouco, ainda vai melhorar. 6 a 0 foi pouco. Cabia uns 8 ou 9.

O Botafogo tem o melhor goleiro do Brasil. Na seleção. Temos quatro laterais que não são nenhuns Carlos Alberto Torres e muito menos Niltons Santos, mas são experientes e estão na média do que tem por aí. A zaga é boa. Falta banco. A possível saída do Dória preocupa. Esse Bollati joga muito e vai melhorar ainda mais. Gabriel é a formiguinha. Tem subido de produção. E na frente temos esse Emerson que parece estar com vontade de jogar e mais o Daniel, o Tanque, o Wallysson, o Zeballos e, quem sabe, esse cara do Grêmio que estão veiculando aí.

Se Cazalberto resolver jogar vamos brigar lá em cima. Podem apostar.

Feliz Dia das Mães para todos.

* Publicado lá no meu blog no JB.

8 comentários:

Marcos Paret disse...

FLAtenção galera do blog.

Se aquele zamorista que comenta com nome de fruta FLAparecer, mandem que me procure.... kkkkk

hehehehe.


De leeeeveeee!

Marcos Paret disse...

Anuncio aqui meus eletrodomésticos.


Geladeira usada.

Fogão de 6 bocas...


... ix .. esqueci.. Tem um milk Sheik de lambuja...

:-)

Marcos Paret disse...

Tive que voltar com um terceiro comentário..

_________________

Porr... kk... hehehe.

a zamorada sumiu do blog.


Coitados. Devem estar nas calçadas do centro, com suas barraquinhas, anunciando seus secadores em liquidação.

Pablo disse...

PC, os idiotas da Grande Midia não desistem jamais. Os do Globo são patéticos:

http://www.fogaonet.com/noticia-em-destaque/coluna-ditetoria-demitiu-tenius-para-fustigar-jefferson-um-dos-lideres-da-greve/

E o Calazans hoje enaltecendo o Julio Chester no Globo?

São doentes.

Repito as palavras de um botafoguense no Facebook:

"Vão plantar fofocas lá no caixão do Roberto Marinho"

Abs
Pablo

Pablo disse...

Sobre o Doria, o outrora glorioso jornal O Globo está noticiando seu "último jogo" há três anos. Uma hora eles acertam...

Abs
Pablo

MARCO CAMEJO disse...

Paret,



calma com os fogos, como dizia renato russo" ainda é cedo", porém como não fazer festa com um 6 x 0??


Vi o jogo e fiquei mais impressionado com a marcação do time foguense do que com o placar...pra cada jogador do criciuma havia tres foguenses marcando e logo roubavam-lhe a pelota.

Pode ter sido o começo de uma arrancada foguense, esperemos os próximos jogos pra confirmar.

FOGO F disse...

Concordo inteiramente com você, PC. Ouvi o banana Éboli e parceiros outro dia na CBN, no programa 4 em campo, citar times que achavam fracos. Citaram o Botafogo mas não citaram o horroroso time do framengo. Eles precisam de um chute no traseiro para acordar. Será que o Valker, de quem eles gostam muito, não poderia fazer isto por eles? Iriam agradecer mais uma vez.

Com o Húngaro o time e os jogadores caíam de produção. Agora com Mancini, jogo a jogo o time vem consertando os erros absurdos, subindo de produção e os jogadores voltando a jogar. Até o Walisom voltou a marcar. O Daniel voltou a dar esperanças de se tornar em breve um grande jogador. Tem que mostrar mais ainda para isso, mas se fosse no framengo já seria o novo Zico.

Se não acontecer nada de anormal vamos brigar em cima.

Marcos Paret disse...

Fala Camejo. Um urubuzeca com cérebro.. hehe.


Amigão. Vi o jogo inteiro naquela ótica do "o que vier que venha".

Não me impressionou o conjunto (ainda). A marcação, na minha opinião, já era o mote do Mancini mas acabou não vingando desde o início do campeonato por conta de gols tomados de forma rápida.

O que vi nem foi tanto assim uma marcação como você citou, já que houve falhas também neste jogo.

O que vi foram atletas jogando muito bem. Fiquei chateado pelo J. Vagner, que tem futebol mas que foi traído pelo destino com este problema da esposa e com isso, se vê de forma clara que está ali com os pés mas não com a cabeça.

Então meu amigo, o que fez a diferença foram mesmo atletas e (ainda) não o grupo.

O cruzamento do Bolatti e a tranquilidade do Sheik foram fundamentais para tirar um pouco do ímpeto do bom time catarinense que agora, pode sim perder o rumo.

E o segundo momento de tranquilidade do Sheik então, nem se fala. Aquela bola do segundo gol poderia encontrar como barreira, um atleta adversário mas que nada. O cara parece ter giz de taco na ponta da chuteira.


E, novidade das novidades, o desabrochar do garoto Daniel foi que acabou mesmo dando forma final ao bom jogo. Nada de espetáculo, para mim (apesar do ufanismo lá no meu blog quando mostrei o vídeo e falei em recital de futebol - coisa mesmo de torcedor apaixonado).

Talvez o desempenho de ontem sirva para enquadrar também o Goiás e se isso acontecer, aí sim o time cresce taticamente.

Acho que foi isso o que rolou. Posso estar errado.