Livro sobre o Sandro Moreyra

Livro sobre o Sandro Moreyra
PRÉ-LANÇAMENTO - 22 DE AGOSTO - GENERAL SEVERIANO

Livro do Senta

Livro do Senta
Clique na imagem e encomende o seu

quinta-feira, 8 de maio de 2014

É como lembrou O Globo na sua manchete de capa de hoje: seleção é tradição... do Botafogo


Não são os botafoguenses que lembram isso. É o mundo, é todo mundo. Até O Globo. O único clube citado em destaque.

4 comentários:

eduardo schiefler disse...

E o quico ?

Thomas Beta disse...


Paret,

Essa frase do Garrincha que vc citou, na verdade é do Sandro Moreyra...

Aquele lance dos "Joões" também...

Aquele outro conto do "Adiós, micrófono." idem.

Lamento dizer que vc foi enganado, meu caro, mas é a verdade, por dura que seja.

Tenho que rir, Paret, me desculpe. Essa da comissão médica foi o MAIOR MISERÊ ESTATÍSTICO que já ouvi/li na vida!

Aliás, não era a Seleção de 94 a que era composta pelos rebotalhos do Flamengo campeão de 87? E dá-lhe Aldair, Jorginho, Leonardo, Bebeto e Zinho.

Ah... e ainda tinha o goleiro Gilmar. Coitado, deve ter sido um saco pra ele. Goleiro reserva ninguém merece.

Outra coisa: não entendi o "até mesmo com a emissora..."

Até? Oras... é a SUA emissora, rapaz!

As mentirinhas do Moreyra, Nogueira e outros foram tão fortemente arraigadas nas cabecinhas dos cobras criadas formados pelos jornalistas da Globo, que até hoje vcs acreditam e a Globo as repete...

Li, por exemplo, o Globo dizendo que o Fred pretende ser o "segundo" jogador a fazer gols em todos os jogos da Copa.

Phouuha... e o Ghiggia?

E o Just Fontaine?

Cara... o oceano de lorotas em que meteram vcs é muito fundo. Eu tento ajudar, mas tá brabo.

Marcos Paret disse...

Prezado Thomas.

"mentirinhas" de Armando, Sandro, João e demais jornalistas que se levavam e levavam, por tabela, o seu público a sério.

Só se for mesmo.

Agora você quer dizer que jornalismo sério é o do Apolinho, o do Sérgio du Bocage (sic), o da 'grob´s' ou todo este cipoal de desinformação dos dias de hoje?

E como não é dado estatístico um setor da seleção que é atendido a partir de um departamento de um clube de futebol?


Já quanto ao Fred dizer o que quiser, não é comigo.

Falo sobre Garrincha e foi dele sim a frase "jogar na seleção é o mesmo que jogar no Botafogo - jogo ali como se estivesse no Botafogo"

Ora, fLAça-me rir): o Sandro Moreyra jamais envergou a camisa do clube, como poderia então falar em jogar?

O Sandro pode ter sido o jornalista que passou ao público a frase, já que não havia internet, assessor e todos os recursos advindos da grande rede para que o próprio atleta se dirigisse ao público (como o fazem nos dias de hoje, twitando ou publicando em outras mídias sociais).

_________________________

Ah Thomas! Ficou bem menguitista esta sua nova pantomima de ler num post e achar que, mandando uma grande resposta em outro, vai desconstituir os fatos que aleguei lá na outra publicação.

Continuas falando para as criancinhas do play.

_______________________

E por FLAvor! Não reclame mais comigo sobre coisas de outros clubes, a não ser que eu fale disto aqui.


Aqui é Botafogo, porra! (hehehehehe).

Marcos Paret disse...

E Thomas.


Só a título de curiosidade.... seu sobrenome é mesmo "Beta"?