Sandro Moreyra, um autor à procura de um personagem

Sandro Moreyra, um autor à procura de um personagem
À venda no buscapé em 16 livrarias e em diversas livrarias ao vivo (Clique na imagem acima)

Livro do Senta

Livro do Senta
Clique na imagem e encomende o seu

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Rodrigo Nunes de Sá, aquele que disse que não viu o que Juan fez com Maicosuel após agredir o ex-atacante do Botafogo, é o juiz de Botafogo e Flamengo no domingo



É bom ficar atento, Botafogo. De novo esse cara. Esse jogo foi um daqueles da série de vergonhas que acabaram dando um "tri" ao Framengo. Os framenguistas deveriam ter vergonha disso. Mas se orgulham. Mérito pro Renato Maurício Prado, que até fez carga contra o juiz. Uma vez mais meu camarada, Paulo César Vasconcellos, que se diz botafoguense, tirou o corpo fora e botou panos quentes na situação. Enfrente o Sistema, Xará.

E leiam o que saiu no site da Justiça Desportiva após o Juan ter sido punido pela agressão e ameaça. São declarações desse sujeito que apita domingo.

"Perguntado se viu ou ouviu o que aconteceu após a marcação da falta, o árbitro disse que foi surpreendido em casa, quando viu o videotape. "Após a marcação da falta, só vi o Juan se abaixando, não vi o dedo em riste e nem pude ver ele dizendo algo para o atleta do Botafogo. Achei que ele estivesse pedindo para o Maicosuel levantar para dar prosseguimento ao lance".

E o bandeirinha que estava ao lado do lance? Também não viu? Foi consultado? É muita cara de pau desse Rodrigo Nunes de Sá. Isso tem que acabar.

Mas os framenguistas vão dizer que não viram nada demais, que os juízes erram contra todos os clubes e que também em 2009 o Framengo ganhou o Carioca legalmente. Nesse jogo, da Taça Rio, se o Botafogo ganhasse seria o campeão direto, pois tinha conquistado a Taça Guanabara. A agressão e a ameaça ocorreram por volta dos 20 minutos de jogo, quando o Botafogo ganhava por 2 a 1, dominava o jogo e o Framengo estava entregue às baratas. Maicosuel comia a bola, Reinaldo também. Na sequência após a confusão os dois se machucaram e não jogaram a decisão final.

Normal?

10 comentários:

Cacau Avila disse...

Se o menguinho não está bem, não tem problema: joga-se com 14.

Pelo menos, em 2009, naquela arreguice da Taça Rio que acabou virando o jogo decisivo da agressão ao Maicosuel, isto ficou visível em campo.

Allan Gouvêa disse...

Eu sempre disse aqui neste blog que o PC acha que futebol é uma apresentação artística de balé, pois pra ele títulos não importam. Acabo de confirmar mais uma vez tal tese, pro PC os jogadores devem tratar com amor e carinho uns aos outros dentro de campo, não estou falando em violência, longe disso, mais ali é uma disputa PC, ainda que seja entre um time grande e um pequeno, caso Flamengo e foguinho, o Juan vestia a camisa do Flamengo, se irritou com a simulação do "Maicoseilaquem", pq aquilo foi simulação e não dribles, e falou umas boas verdades pra ele. Lembro do Felipão Scolari comentando sobre o caso do Grafiti, naquela que o mesmo acusou um jogador argentino de tê-lo chamado de Macaco, segundo o Felipão, são ditas coisas piores em campo, e só quem joga bola sabe. Futebol é pra homem, gente grande, times de verdade, sei que não atributos do foguinho. E já que o assunto veio a baila novamente, esse lance do Juan com o famoso quem aí, foi isolado, não teve repercussão no resultado final, o Flamengo é melhor, foi melhor e sempre será melhor que o foguinho, reclama com o Flamenguista Maurício Omissão.
.
SRN

Wesley Machado disse...

PC,

Leia isto:

http://estrelasolitarianocoracao.blogspot.com.br/2013/02/globo-seca-o-botafogo.html

Um abração e saudações botafoguenses!


Cacau Avila disse...

Para allansid, uma novela da Globo é o que basta.

Dali ele tira todo o seu arsenal de frases, juntadas e repetidas aqui no blog de forma insana e rotineira (afinal, algo é mais repetitivo do que uma novela?).

Mas não adianta allansid. Seus atletas arrebentaram Maicosuel e Reinaldo na decisão de 2009, quando, mais uma vez, o Botafogo passeava em campo (estava em 2x1 e Mago brincava com a sua defesinha) e isto, depois do k-ô da Taça Rio, lembra?

E não esqueça, o pai do Marcelo Moreno disse "...não quero meu filho jogando em equipe fracassada..."... citando o seu timeco aí.

Foi Marcelo Moreno allansid, e não o atacante que vocês tiraram da terceira divisão.

Vinícius Monteiro disse...

Olha só que coisa legal...

http://www.movimentocarlitorocha.com.br/2013/02/sera-verdade.html?m=1

Salários atrasados em 2 meses. Enquanto o MAIOR DO MUNDO está em dia.

Cacau Avila disse...

Olha só que coisa bizaaarra!

http://www.jfmidia.com/2012/04/guardiola-recusa-convite-do-flamengo-e.html

Uéééééééééé!

Vinícius Monteiro disse...

Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Ótima Piada, Kkkkkklklkkkkkkkkk

Rindo Pakas, rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs

Wesley Machado disse...

PC,

Mostrando que o bom humor é uma característica do bom botafoguense - não é à toa que Hélio de la Peña, Marcelo Adnet e Carioca do Pânico são botafoguenses - me dou ao direito de rir de mim próprio:

http://estrelasolitarianocoracao.blogspot.com.br/2013/02/meu-passado-me-condena.html

Um abraço e até a vitória!


Carlos Henrique disse...

Wesley,

Quase todo mundo nasce assim: analfabeto, come-e-dorme, fazendo merda em qualquer lugar, só mamando nas tetas. Na essência um framenguista.

Depois se evolui, aprende-se a falar, a controlar o esfíncter (dizem que alguns só controlam em uma direção e viram tricolores), a ter educação e por aí vai...

Com um alto grau de educação e evolução é natural se tornar alvinegro, e rir=se daquela época do início da vida.

Abraços

Wesley Machado disse...

Valeu pelo comentário, Carlos Henrique!