Livro sobre o Sandro Moreyra

Livro sobre o Sandro Moreyra
PRÉ-LANÇAMENTO - 22 DE AGOSTO - GENERAL SEVERIANO

Livro do Senta

Livro do Senta
Clique na imagem e encomende o seu

terça-feira, 15 de julho de 2014

Zico no lugar de Felipão. Começou a temporada de especulação


Deu no Blog do Paulinho  quem mandou o link foi o Mário. Não creio, não acho uma boa. O que Zico tem a ver com a seleção brasileira? Fracassou como jogador, fracassou como membro (calma, tricolores) da comissão técnica. É ídolo do Framengo, jogou num time pequeno da Itália  fez sucesso no Japão. Nada mais. E é um baita retrocesso e furada esse papo de "Zico serviria, também, pela óbvia popularidade...." e outras baboseiras.

A seleção precisa de uma novidade, de um vencedor, de uma unanimidade. Simples assim. Simples?

21 comentários:

Mario_av disse...

Isto é querer fazer média. Retrocesso.
Melhor trazer o Seedorf.

Thomas Beta disse...


Gente, é surreal demais o modo de pensar de alguns aqui, com todo o respeito.

Vejam o Pablo: ele mandou um link de uma excelente matéria, veiculada no blog Esporte Fino, do Carta. Ele próprio elogia o texto, com o termo pegou na veia.

E fez certo! O artigo é muito bom... mas... cara... justamente esse é um daqueles artigos que, quando LIDO, dá orgulho de ser rubro-negro! Fiquei perdidão agora.

Em certa parte, o autor cita os episódios de 2010, quando Flamengo e São Paulo, cansados de receberem valores insatisfatórios da Globo para seus portes, queriam realizar um CAMPEONATO SEM CBF/GLOBO, juntamente com os outros membros do C13. O Corinthians também teria motivo para insatisfação, mas vendeu seu voto pelo Itaquerão.

Os demais traíras SE VENDERAM PARA A CBF/GLOBO por motivos diversos. No caso de vcs, teve um empréstimo de 8 milhões e o reconhecimento, como título nacional, de uma Taça Brasil abandonada, que virou uma mini Copa Nordeste, e cuja final ocorreu um ano depois do previsto para um público de 13 mil pessoas. Curiosamente, logo após a venda do voto, o goleiro de vcs foi convocado pela primeira vez para a Seleção.

Em suma, o artigo deixa claro que O FLAMENGO ESTEVE CONTRA A GLOBO E O BOTAFOGO A FAVOR! O FLAMENGO QUIS A MODERNIZAÇÃO, O BOTAFOGO QUIS O STATUS QUO!

Mas o melhor mesmo foi o que disse meu xará Thomas Visani:

"A incapacidade de se pensar no bem coletivo é um problema endêmico brasileiro."

Cara... essa é praticamente a definição do botafoguense, cujos representantes no jornalismo chegaram até a criar estatísticas distorcidas, jamais vistas para outra Seleção no Mundo, para destacar/valorizar a "porção meu time" na Seleção.

Enfim, Pablo, concordo demais com seu pegou na veia, só fiquei meio perdido.

Afinal, de que lado vc está? Se virou Flamengo, seja bem vindo!

xexeu disse...

ZICO NÃO FAZ UMA BESTEIRA DESSA NÃO, PORQUE SER TECNICO HJ É FRIA, CONTINUE NA SUA COM SUA INTELIGENCIA EM COMENTAR, NÃO ENTRA NESSA SENÃO VC VAI PERDER SUA CREDIBILIDADE, É SO PERDER DOIS JOGOS QUE VÃO PEDIR A SUA CABEÇA, CONTINUE COMO O MAIOR IDOLO DE TODOS OS TEMPOS DO FLAMENGO11920

Marcos Paret disse...

Se o chuppetta pegaria bem por ser popular, a Seleção deveria ter vencido a Copa goleando todo mundo e já deveria ser, no mínimo, eneacampeã mundial.


É popular p/kcete. Até nos Urais tem torcedor com a amarelinha.

Mata-me de rir essa tentativa de se endeusar a coisa comum.

gtavares disse...

Ninguém vira Flamengo, já nasce Flamengo: Analfabeto e Banguela, depois adquirindo conhecimento procura coisa melhor, ou permanecem na burrice eterna.
GB

Marcos Paret disse...

Se o chuppetta for confirmado, chega ao hexa antes da seleção.

:-)

Para bom entendedor.

Pablo disse...

Vixe, não bastassem tentar espanholizar o futebol brasileiro agora vão querer framengalizar a seleção brasileira (ou seria selecinha brasileira?).

No desespero de segurar o status quo a Globo quer se esconder atrás da "nassão" de nahabetas...

Agora, o nahabeta interpretando o texto da Carta Capital me lembrou desse sujeito interpretando a "Bíblia":

https://www.youtube.com/watch?v=K6dAS7AWu7w

Pândego !

Abs
Pablo

Marcos Paret disse...

Bem meus amigos.

Já que o assunto volta a ser o chupetudo, vamos ao que interessa.


O que têm em comum..


Zizinho (vomitão/anos 50), Messi (vomitão anos 2000), Zico chuppetta, Platini e Roberto Baggio?

Uma mariola aqui da estação para quem responder certo.

Rui Moura disse...

Outro Mano Menezes... Dentro de dois anos mudam-no e entretanto perdem a Copa de 2018.

Apostar forte, já!

Abraços Gloriosos.

Pablo disse...

Paret, meu palpite:

São todos eles uns cagões.

Abs
Pablo
PS: no meu caso, mariola sem açúcar por favor...

MARCO CAMEJO disse...

Pc e demais asseclas.



Os técnicos da seleção:


1990 Sebastião Lazaroni:

Flamengo, vasco...um tri do carioqueta e nada mais, resultado: SELEÇÃO E COPA DO MUNDO.


1994 Parreira sem cartinha.

treinou fluminense e bragantino, ganhou um brasileirão 10 anos antes e pimba: SELEÇÃO E COPA DO MUNDO.

1998: MAIS DO MESMO.

2002: MAIS DO MESMO COM SOTAQUE GAÚCHO.

2006: MAIS DO MAIS DO MESMO.

2010 DUNGA, nunca havia treinado nada na vida...De repente: SELEÇÃO E COPA.

2014: MAIS DO MESMO + MAIS DO MESMO X MAIS DO MESMO ELEVADO AO CUBO.


Ora senhor Pc, larga desse ódio ao flamengo travestido de zoação e vai estudar a história do futebol brasileiro.

Não sou a favor do Zico na seleção, mas dizer que o galo não tem nada a ver com seleção brasileira é cagar pela
pena.

pc guimarães disse...

Prazer te ver aqui de novo, Rui. Grande figura. SE não vier ao Rio em setembro, mando um livro do Senta pra vc.

FOGO F disse...

Concordo com você PC, Zico não tem história para dirigir a seleção.
É verdade que Zico foi um bom jogador. Muitos bons técnicos foram jogadores e nem sempre bons. Porém estes técnicos foram auxiliares de outros técnicos bons, estudaram, sempre estiveram atualizados, dirigiram times em campeonatos decentes, etc.. Zico não tem nada disso. O único ponto positivo do Zico foi ter sido dirigido, na seleção, por Telê Santana, o melhor técnico que vi atuar. Mas aí o Murici, que foi auxiliar do Telê, leva muita vantagem.
Por outro lado, concordo que Zico é melhor que Felipão e Parreira.

Thomas Beta disse...


Puxa... Roberto Baggio é um dos jogadores que mais admiro. Seu primeiro técnico chegou a apelidá-lo de Zico, tamanha a técnica, habilidade e precisão nos passes.

Não sou tão fã de Fórmula 1, mas o que o Baggio disse sobre o Senna foi inesquecível...

"Eu jamais havia errado um pênalti daquele jeito, para o alto. E a bola partiu para o céu... acho que foi um presente para o Ayrton."

Mentalidade nobre, vencedora, raramente vista em jogadores de futebol, principalmente brasileiros, famosos pela ignorância, inconsequência e pela tendência a meterem o pé na jaca.

O jornalista Sandro Moreyra sabia bem disso, já que até se prestou a cuidar de um jogador beberrão de 'seu clube', inclusive dando banho no jogador, após suas cachaçadas.

O Moreyra certamente saberia responder à pergunta do Paret, dada sua ampla experiência em vômitos.

Celso Ricardo disse...

Um beberrão que ganhou, conquistou duas Copas...

xexeu disse...

PC VOU APROVEITAR A POSTAR DE NOVO ENQUANTO ESTA COM NUMEROS COM LETRINHAS EU NÃO CONSIGO DECIFRAR

pc guimarães disse...

VC É SEMPRE BEM-VINDO, XEXINHA. É NOSSO MASCOTE.

Marcos Paret disse...

Segundo o Camejo, ninguém prestou como técnico da seleção.

Por pouco ele não diz que o único que lhe agradou foi o Claudio 'arregão de milico' Coutinho.


E ainda querem ser levados a sério. Zagallo, com "uma porrada" de Copas do Mundo no currículum, é mais do mesmo.


Acorda Camejo! Os alemães já foram embora. Estão curtindo seus BMW´s bem longe do país do faz de conta.

rbn disse...

Se é pra contratar treinador de verdade, contratem logo o melhor de todos, Pep Guardiola.

Treinador brasileiro no momento com perfil pra dirigir a seleção só vejo um, chama-se Cuca, mas ainda assim tenho dúvidas.Basta ver o baile tático que levou do Casablanca...

Neste momento, futebol pra mim é no FIFA 14 na playstation 3, onde sou o treinador/jogador de um time imbatível, com elenco de luxo pra qualquer um se babar:

Meu time titular é Taffarel, Carlos Alberto Torres, Beckenbauer, Tresor e Brehme; Ronald Koeman, Gianni Rivera, Rivellino e Zico; Rudi Voeller e Eric Cantona.

No banco de reserva tenho os goleiros Preud'Homme( belga) e Ravelli(sueco da copa de 1994); Fachetti, Baresi, Leonardo; Boniek, Bruno Conti, Abedi Pelé, Roger Milla, Hugo Sanchez e Jean Marie Papin.

São os craques disponíveis no momento, mas falta Pelé, Romário e Garrincha no ataque titular:-)

Quem tem 50 anos conhece, viu jogar todos esses cracassos...quem tem 40 viu alguns...quem não viu, azar:-)

MARCO CAMEJO disse...

Paret,



Acho que depois da Flalemanha eu passei a escrever alemão, só pode. Tu não entendeu nada do que escrevi, mas como você é um cara bacana eu explico:


Disse o blogueiro que zico não tem gabarito e história de sucesso na seleção para que possa ser técnico.

Aí eu te pergunto também (já que pediu um copo e sentou à mesa):


E quem, de 90 pra cá (24 anos) teve???


Lazaroni tinha gabarito e história??

Parreira??

Felipão?

Dunga?????


Ora, a única possível exceção é o zagallo em 98, mas,até sobre a exceção, pensemos( novamente)...


Alguma vez você viu alguma seleção brasileira apresentar algo de diferente ao mundo NO QUE DIZ RESPEITO A TÁTICA?????

( ESSA NÃO É UMA PERGUNTA RETÓRICA)

Já vi Gersón e Rivelino dizerem que, em 70, zagalo dizia A e, após a preleção, os jogadores combinavam: vamos fazer A+B+C+D...

Pra mim ( e isso vocês que viveram mais tempo podem confirmar) o brasil foi tão vitorioso por que sempre teve muitos craques em campo e, quando não teve- caso de 2014- deu no que deu...

Marcos Paret disse...

Não vi (tática) e dificilmente, com nossos treinadores, iremos ver Camejo.

Afinal, é sempre assim...

- Se vencermos, somos os melhores e as mesas redondas se esquecem de táticas, enaltecendo a seleção e vangloriando-se (nos) dos tetras, pentas...

- Se perdermos (e isso é velho... remonta aos anos 40/50, dizia meu tio-avô), o papo de atraso tático torna-se fortíssimo.


Então, por falar nisso, o que tens a me dizer sobre a pontaria miserável de Palácio e Messi, que poderia, naquelas duas jogadas (e em outros contraataques), mandar a super mega tática alemã para a casa do ..... dos macacos que eles imitaram assim que não precisaram mais bajular sulamericanos?


Tática meu amigo? Sim, é necessária, fechar o meio, reforçar a defesa, sair com os laterais, marcar pressão mas no mais, prefiro Felipe Coutinho, Neymar e Lucas (esperando quem vai surgir igualmente com talento).