Livro do Senta

Livro do Senta
Clique na imagem e encomende o seu

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Vagner Mancini é culpado sim

EDITORIAL DO BLOG

Alguns amigos botafoguenses estão reclamando que este humilde e imparcial comentarista blog-esportivo está pedindo a cabeça do Mancini (especialmente no blog do Glorioso lá no JB). A bronca é livre, as divergências idem.

Continuo achando que Mancini não é técnico para o Botafogo. Com uma cacetada de problemas e um time medíocre, o Vandeko, que tem lá seus mil defeitos, chacoalhou o Framengo e foi o que se viu ontem no Maracanã.

Mancini tem um bom elenco nas mãos. Basta saber motivar. Jefferson é seleção, Bolívar foi campeão várias vezes pelo Inter, Dória é cotado por diversos clubes europeus, os laterais são do mesmo nível dos que jogam nos outros clubes, o argentino Bolatti é craque, Gabriel seria titular em qualquer clube do país, Zeballos é paraguaio mas é de seleção e o menino Daniel já provou que sabe cuidar da maricota.  Yuri é Mamute mas tem 18 anos e também é de seleção e Wallysson foi artilheiro no Cruzeiro e mostrou que tinha alegria nas pernas (calma, tricolores) nos primeiros jogos da Libertadores. Mesmo que entre esses jogadores estejam víboras conhecidas como Emerson Sheik e Carlos Alberto, que como todos sabem, jogam - e muito - quando QUEREM..

Não adianta escalar jogadores ofensivos, tem que saber atacar. O time me parece sem esquema, sem jogadas. Mas as divergências são bem-vindas, repito. E parabéns ao Framengo que conseguiu ganhar do Botafogo sem roubar. Viu como é possível, comuns? Pra que sujeira? Pra que sortear juízes cariocas como Marcelo de Lima Henrique, Péricles Bassols, Rodrigo Nunes de Sá e outras malas? Pra que inventar impedimentos e pênaltis, inverter faltas e armar nos bastidores? Basta uma correria ali, outra correria acolá, um chuveirinho na cabeça dos Alecsandros da vida e pronto. Dá até pra botar o Negueba pra ganhar o bicho.

ps do pc: o Lucas, que também jogou na seleção e ontem estava no banco, está incluído no grupo dos laterais. Esqueci de perguntar também: por que o Edilson cuja única virtude é chutar forte, fica fazendo cruzamentos para a área?

14 comentários:

Marcos Paret disse...

Nobre PC.

Inicialmente, parabéns pelo editorial.

Mas o que penso meu prezado, é o seguinte: sistema tático treinado, time coeso, tudo funcionando em campo (como funcionou no segundo tempo contra o Inter e no jogo fora contra o Palmeiras), tudo isso DE NADA ADIANTA na situação pessoal em que se encontra a maioria (imensa maioria) dos atletas.

A vida social dessa gente não deve estar nada fácil, creio eu. Além de não ter o dinheiro dos salários, FALTA AINDA, PARECE-NOS, TODOS OS DEMAIS EXTRAS.

Temo, mas temo muito pelas próximas rodadas, mormente se vier uma 'alemãzada' contra o Cruzeiro no próximo sábado.

Alberto disse...

O maior culpado desse estado calamitoso ao qual chegamos se chama Mauricio Assumpção Souza Júnior, que já deveria ter tido uma atitude de homem, pela primeira vez no cargo, e renunciado.

MARCO CAMEJO disse...

Paret,



Só pra ilustrar seu comentário sobre salários atrasados:


Ontem assistindo ao Bate-bola da ESPN logo após o jogo o comentarista e ex-jogador Zé Elias disse que uma de suas vizinhas é tia de um jogador do Botafogo e ela lhe disse que, em 2013, o sobrinho ligou pra ela e disse: "Tia, não sei se poderei fazer a festinha da Camila( filha do cara), pois não recebi nada e o dinheiro que possuía foi usado para pagar as contas mais importantes"...


Não sei se é verdade, mas você é pai, assim como eu, e sabe como não poder prover aos nossos rebentos mexe conosco...isso ilustra bem como ta o ambiente no botafogo desde 2013.

Caju disse...

As pérolas "PCzistas"....

Bolatti seleção....(o cara foi banco um ano aqui no Inter, até o Racing devolveu)

Bolívia ários títulos (sai corrido daqui também..)

Dória (Junior Baiano albino)

Zeballos e Yuri Mamute...pqp...

Na boa, o melhorzinho e esforçado é o beijoqueiro. E o Cazé é enganação...

Bom, mas isso é problema do alvinegro do interior paulista...rss. Mas antes de esquecer....Senta!

Sentá lá, lálálá Champs-Élysées...rsrs

Chupa que a cana é doce....Filho.

FOGO F disse...

Acho que enquanto o time entrar em campo com faixas de protesto contra salários atrasados não dá para cobrar nada de ninguém. Dizem que há muitos anos, ainda na década de 90, houve casos de times com problemas financeiros que jogaram bola apesar disso. Não é mais o caso hoje.

Fiquei satisfeito porque fizeram jogo igual com o framengo (apesar do time ser superior). Poderia ser pior.

Se os salários não forem pagos seremos rebaixados, o que não é injusto. Se tivéssemos uma lei que pune clubes sonegadores e que atrasam salários com o rebaixamento é isso que o Botafogo teria.

Léo disse...

No papel, o time do Botafogo não é dos piores, no entanto, como colocou o Paret, falta outro tipo de "papel" no bolso do pessoal. Dinheiro no bolso nao ensina a jogar bola, senao o Bill Gates era Pelé, mas ajuda a ter foco no trabalho.

Ainda na Libertadores, os jogadores passaram a tocar o dia-a-dia da maneira como entendiam, o sistema de concentraçao para as partidas esteve sob o comando deles. E ambiente onde todos mandam, não pode terminar em boa coisa.

O protesto do time, ao contrário, do que muitos pensam, foi justo e compreensível, mas como disse antes, tira o foco do trabalho. Desconcentra.

Nao adianta ter jogadores de média qualidade e entrar em campo preocupado em expor a situaçao interna. Claramente, isso vem refletindo nas partidas do time. Há tempos.

Na realidade, o "clássico" foi um circo de horrores, ambos os times nao tinham esquema tático decente, ultrapassaram o limite razoável de passes errados de uma pelada de varzéa e abusaram das faltas.

Do lado do Botafogo, o único que pensava algo próximo de um jogador de futebol equilibrado era o Sheik. Esse rapazinho de 18 anos chamado de Mamute deve ser apresentado a uma bola de futebol urgentemente, pelo jeito, ele deve conhecer bolas de beisebol, basquete, rugby ou coisa que o valha. E cara está no sub-20 do Brasil...

Um clássico como esse deixa notório que o futebol brasileiro passa por um momento de terror, jogadores como Negueba e Mamute poderiam fazer de tudo na vida, presidirem um banco ou venderem coco na praia, mas nunca jogarem futebol no Maracanã. A partida, tecnicamente, foi uma das coisas mais patéticas que vi nos últimos tempos. E foi decidido por uma bola vadia cruzada no meio da área, bem como, poderia ter tido o resultado alterado após aquele lance de pastelao do zagueiro flamenguista; dois lances típicos de peladas. Ou nem isso.

Pablo disse...

Mas Fogo F, se houve sonegação o presidente do clube já deveria ter sido preso e processado. A tal sonegação começou quando? Não foi ontem com certeza...

Veja que o presidente da FERJ deu a dica:

http://www.lancenet.com.br/minuto/Presidente-Ferj-Botafogo-Serie-dinheiro_0_1183081742.html

Falta "sensibilidade" com o clube. Por parte de quem? Do TRT?

Fala Rubinho !

Abs
Pablo
PS: se eu fosse o Assumpção avançava uma casa. Ao invés de abandono poderíamos solicitar a suspensão dos jogos do clube até que seja julgado o processo no TRT. O clube deveria, nesse momento, negociar férias coletivas com o sindicato. Do mesmo jeito que as montadoras estão fazendo. Não estaria caraterizado, necessariamente, o abandono, mas sim uma suspensão temporária das atividades do clube.

Marcos Paret disse...

Concordamos Camejo.


Ganho um salário digno, tenho uma vida compatível com ela mas a simples distorção provocada pela inflação e a demora na reposição das perdas já causa problemas mensais, SEM ATRASOS E SEM QUAISQUER OUTROS PERCALÇOS.

Se eu não olhar bem a sério para contas e faturas todo final de mês, vou para o negativo sem dó.

xexeu disse...

O MANCINI É TECNICO NÃO É MAGICO

Marcos Paret disse...

Mas que a ressurreição do "framenguista-fruta", o caju, é digna de nota, ninguém pode duvidar.


É tão "marcante" quanto um alinhamento de planetas.

Se bobear, o meteoro da Rússia "perde em importância".

:-)

Paulo Victor Viana disse...

O problema do Botafogo é muito além de simplesmente salários atrasados.

É um problema bem mais complexo, que é a divida estratosférica de 700 milhões com o governo que está igual uma bola de neve, assim como, os colegas framenguistas se não houver uma anistia do governo federal dessas dívidas os dois clubes estão fadados a falência, tais como o Napoli-ITA, Rangers-Escócia e Racing-ARG.

Porém, acredito na salvação do framengo. O atual governo como bom populista irá ser o salvador desses 40 milhões de brasileiros (20% da população do país) e perdoar a dívida gigantesca, dessa forma o Botafogo também será beneficiado.

FOGO F disse...

Por que será que é tão difícil reformar o futebol brasileiro ou mesmo implantar regras óbvias?

Um elemento fora do normal na história do esporte brasileiro foi a aprovação do estatuto do torcedor, uma lei federal. Porém ele nunca foi obedecido na prática. Agora mesmo foi solenemente ignorado para livrar o florminense do rebaixamento pois, como sabemos, a suspensão do jogador da lusa deveria ter sido publicada no site da CBF para que a punição começasse a valer. O ridículo STJD, que deveria causar indignação em toda a nação, com o apoio dos cartolas, se declarou acima de qualquer lei federal(!). E a "Justiça" não impediu.

Não tem outro jeito, ou o governo aperta os clubes, não perdoa nem parcela dívida alguma e exige o cumprimento da lei e com isso ganha poder de barganha para obrigar a implantação de uma reforma estrutural no futebol, ou então tudo continua na mesma.

MARCO CAMEJO disse...

Paret, Paulo Victor Vianna e FOGO F..



Eu já sou mais radical: EU NÃO QUERO O PROFORTE...tudo bem que com este sobrariam 20 milhetas nos cofres rubro-negros, mas eu não estou falando apenas do meu time, tô falando do futebol como um todo.


Assim como ocorreu com a timemania que anistiou dividas com esse discursinho de dar saúde financeira aos clubes pra alguns anos depois os cartolas terem se aproveitado e aumentado as dividas, deixando inclusive de pagar as parcelas da timemania vai acontecer com o PROFORTE.

Pra mim o caminho é a lei de responsabilidade do esporte que vem justamente substituir o PROFORTE. Entendam:


1. PROFORTE: Absolvição de 90% das dividas dos clubes e os 10% restantes pagos em 20 anos( ex: flamengo passaria a dever míseros 70 milhões e teria 20 anos pra pagar, uma baba não!!) Não preve qualquer punição a clube que volte a ficar devendo e os dirigentes que provocarem as dividas não seriam culpados.


2. LEI DE RESPONSABILIDADE: todas as dividas ( INSS, FGTS, IRRF, IRPJ, TIMEMANIA...) seriam unificadas numa divida apenas e esta seria paga em até 25 anos. O projeto ainda prevê que o clube tenha que apresentar todas as certidões negativas um mês antes das competições iniciarem e punição a dirigentes que não pagarem dividas de sua gestão.

Marcos disse...

No primeiro tempo o time foi mal escalado. O Bolatti estava perdido, não sabia para onde ir. Se entrasse com o Daniel no lugar dele (ou do Gabriel) desde o início, seria um jogo tranquilo.
Mas também achei que faltou vontade dos jogadores. Eles estão claramente insatisfeitos com os salários atrasados.