Livro do Senta

Livro do Senta
Clique na imagem e encomende o seu

sexta-feira, 4 de abril de 2014

Rodrigo Nunes de Sá apita o primeiro jogo e Marcelo de Lima Henrique o segundo da decisão do Estadual esvaziado de 2004 entre Vasco e Flamengo



O Blog do PC pensa e tem memória.


Juiz do primeiro jogo de Vasco e Framengo, Rodrigo Nunes de Sá, é aquele que não expulsou o Juan após agredir e ameaçar o Maicosuel. O do segundo jogo é o Marcelo de Lima Henrique. Cuidado, vascaínos. Mas os framenguistas acham tudo isso normal.



Mesmo neste vídeo editado dá pra ver o que esse cidadão fez. Na briga causada por esse Sousa (que quem acompanha futebol sabe bem que tipo de pessoa é) dá pra ver (calma, tricolores) nitidamente que o Sousa provoca a expulsão. É expulso, claro, não tinha jeito. Mas claro que esse juiz malandro, que depois expulsou o Lúcio Flávio, tinha que mandar um do Botafogo também e expulsou o Zé Carlos, que, naquele jogo fazia uma grande partida, bloqueando a famosa jogadinha do Framengo com o Léo Moura. Dá pra ver (calma de novo, tricolores) que Zé Carlos agarra o Sousa (ver nos 3 minutos) pra separar e o malandrão se joga no chão. No final, a caga de sempre com uma bola na trave que daria o título ao Glorioso, e o malandrão, claro, acaba o jogo imediatamente. E teve muito mais nesse jogo. No jogo anterior contra o Vasco também aconteceram coisas estranhas. Lembra Edgard Horacio? Mas é mais fácil dizer que Bebeto de Freitas, Tulio Guerreiro, Diguinho, Cuca e cia estavam errados e que os framenguistas é que são malandros. E, claro, que foi chororô. Cuidado, Vasco.

 Mas, pensando bem, é bom os framenguistas tomarem cuidado no segundo jogo. Não é de hoje que esse espertalhão do Marcelo vem procurando compensar o título que deu pro Framengo. Num jogo entre Botafogo e Vasco mesmo ele marcou um pênalti por Botafogo numa troca de empurrões quando o jogo já estava decidido.

20 comentários:

MARCO CAMEJO disse...

Pc,


Favor, poupe nossos parcos neurônios, você poderia resumir isso tudo em trocentos mimimis, buuáss e afins.

Marcos Paret disse...

É a história do pão e do circo PC.

O pão tá garantido pelo sistema das bolsas-PT.

O circo não pode faltar.


Afinal, 30 milhões de votos decidem uma eleição com folga.

Juntado-se aos quase 30 lá do "projeto-dou-lhe um estádio" da paulicéia desvairada, você acha que vão deixá-los na mão?

Não causou estranheza, o organizadíssimo Inter não conseguiu assumir as obras temporárias para a Copa e o curinguinha, de uma hora para outra, mudar de opinião e dizer que assume as suas?

Quem quiser se enganar........

Pablo disse...

PC, segue uma resposta que postei no blog Cantinho Botafoguense, conduzido por um sujeito pautado pela flapress:

"Márcio,

"...Muitos dizem que querem ferrar com o BOTAFOGO; mas convenhamos que motivos foram dados para isso..."

Simples, meu caro. Assim como ocorreu no final da década de 60 e início de 70 o Botafogo cresce a olhos vistos. O clube e a torcida. Algo precisava ser feito para nos parar. Em 72 nos foi tomada a sede de General Severiano. Ou você acredita na versão furada da época que foi para pagar dívidas?

Pra quem acha "teoria da conspiração", lembro que era exatamente isso que diziam os militares e a Globo sobre as bombas do Riocentro, o assassinato do Vladimir Herzog, etc...

Aliás, durante décadas a versão do "suicídio" do Herzog foi usada para justificar a decadência do Botafogo. Diziam: "Ah, o Botafogo se suicidou ao vender General Severiano".

Pelo que sei o Botafogo já protocolou há tempos as provas de que a Cia. Botafogo não sonegou os impostos.

Assim sendo, a nota do TRT é no mínimo estranha, pois diz ter provas "inequívocas" sobre sonegação fiscal e diz que o clube foi expulso do Ato em julho de 2013.

Afinal, o Botafogo foi ou não foi expulso do Ato?

E por que após o fechamento do Engenhão o Assumpção passou a ser "ladrão" e mau gestor?

Você ainda acredita que o Engenhão fechou por ameaça à segurança dos torcedores?

Quem é mais "ameaçador" hoje? O Engenhão ou o Itaquerão?

Vão fechar o Itaquerão?"

Abs
Pablo

pc guimarães disse...

E lá vem o nosso Camejo negar os fatos. Só eles defendem o Marcelo de Lima. Por que será? Mas todos estão errados como sempre. Botafoguenses porque conhecem e já sofreram com essa coisa chamada Marcelo e os vascaínos preocupados com o que pode acontecer. Juiz esperto, Camejo, ganha jogo. Segura e administra o resultado. Muitas vezes sem que as pessoas ingênuas perceber. Não da forma que fez o Wright com o Galo em 81. Aquela foi descarada. Mas vcs acham tudo isso normal. E se a gente fala tentam desconversar e falar de outros jogos em que supostos erros favoreceram os outros.

edgard horacio disse...

estou esperando a volta de eurico miranda. até lá quem manda na federação, na globo e tudo mais é o flamengo.

Marcos Paret disse...

Falamos, falamos e o Edgard resumiu o imbróglio todo em apenas uma linha e meia.

___________________

Pablo meu amigo, esta demora do reconhecimento das quitações do Botafogo pelo TRT (ato trabalhista) não seria a mesma da CBF, no ano passado, em regularizar aquele jogador contratado pelo Vasco, quando o time da Barreira oscilava com o menguitinho na tabela do campeonato?

As situações estão meio parecidas sim.

Zabumbeiro de Zona disse...


Só Dotô Eurico salva!

Marcos Paret disse...

http://www.lancenet.com.br/botafogo/Advogado-funcionarios-Bota-Justica-desbloquear_0_1112288900.html

______________________

Como assim, sr cara pálida (advogado do Botafogo)?

O escritório Bichara (não riam ainda do nome... eles são o supra-sumo em matéria de direito no Rio) sabe o que diz quando emite alguma opinião no ramo em que atua.

E daqui, com a sempre simples mas devotada leitura que faço nestas décadas de tentativa de aprendizado, sei que a Lei 6830 (Lei de Execuções fiscais) não permite o bloqueio/penhora de verbas destinadas ao pagamento/recebimento (mormente ao recebimento) de proventos oriundos de salário, pensão e/ou aposentadoria.


Qual é então a citada situação peculiar do clube que impede uma ação no sentido de se desbloquear, com pedidos mensais, o suficiente para se quitar o débito com os salários de todos os empregados (funcionários e atletas)?

Qual é a tal "melhor medida" a ser tomada pelo clube, sr. advogado do Botafogo?

Marcos Paret disse...

Art. 649 do Código de Processo Civil* – São absolutamente impenhoráveis (ABSOLUTAMENTE)...

I
II
III
IV - os vencimentos, subsídios, soldos, salários, remunerações, proventos de aposentadoria, pensões, pecúlios e montepios; as quantias recebidas por liberalidade de terceiro e destinadas ao sustento do devedor e sua família, os ganhos de trabalhador autônomo e os honorários de profissional liberal, observado o disposto no § 3o deste artigo


§ 3º do citado art. 649 – VETADO..

Portanto, o inciso IV do art. 649 do CPC é fático na questão. SALÁRIO É IMPENHORÁVEL. Provou que é renda destinada/proveniente a (de) salário, desbloqueia-se imediatamente.

Conheço casos práticos ligados a esta questão.


Com a palavra, a diretoria do clube.
______________________________

* Neste caso, o CPC dá respaldo (tem supremacia/subsidia), como Lei maior, à Lei específica que cuida das execuções fiscais, a citada 6.830.

Alberto disse...

Pablo,

Respeito a sua opinião sobre o Sr. Maurício Assunção, embora discorde totalmente, e até gosto dos seus comentários no geral, mas dizer que o Rodrigo Federman, do blog Cantinho Botafoguense, é pautado pela flapress é dose.

Que a flapress existe, só um idiota e retardado total para negar, mas pior que a flapress são esses dirigentes incompetentes e omissos que temos. Olha cara, todos tem, mas esses nossos conseguem ser ainda piores, mais incompetentes e safados que os dos outros. Com "amigos" assim, pra que inimigos?

Um abraço,
Alberto

Paulo Victor Viana disse...

Pc,

Acho que você está equivocado.

O sorteio foi legitimo e democrático, como regem as regras.

Você acha que se fosse um sorteio arranjado, não iriam sortear também o auxiliar Rodrigo Castanheira pra garantir logo a taça?

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

FOGO F disse...

Certamente o Maurício Assunção não é ladrão. A Diretoria deseja o bem do Botafogo. Porém a gestão foi desastrada em vários aspectos. Ninguém sabe o que se passa nessa Companhia Botafogo e na outra que criaram. Até hoje o M.A. não provou que cumpriu corretamente o Ato Trabalhista e que não sonegou.

Não vou esquecer nunca que Maurício Assunção, na tentativa de agradar a FlaPress e a Globo, declarou que o Botafogo nunca deveria ter reclamado da roubalheira de 2007/2008/2009 e que "o Flamengo ganhou no campo". Covardemente ele fingiu que não viu o lance acima. Fez isso também para atacar o Bebeto, a quem ele detesta, parece. Maurício Assunção foi o primeiro presidente a abandonar o clube dos 13 para engatinhar aos pés do tricolor Maurício Campos Pinto da Globo, tentando agradar e suplicando por um tratamento melhor. E sabemos o resultado desta "diplomacia" quando a Globo boicota o Botafogo. Só ele e seus companheiros acreditam na Globo. Ainda deu provas de viver no mundo da lua e de sua incompetência declarando "e se não der audiência?" Na tese desta diretoria só pode haver audiência no futebol com a Globo.

O problema desta diretoria é que ela é comandada por radicais ideológicos que querem enganar a todos com chavões de modernidade. Mas a competência passa longe disso. Radicais ideológicos são kamikazes. Não sabem refletir fora de sua fé. Não são flexíveis, não se adaptam, não são criativos etc.. Recentemente o o Landau, em entrevista, esclarecendo o caso Telexfree, disse que os críticos do acordo do Botafogo culpam os supostos problemas com a Telexfree à privatização da Telefonia. O quê? Alguém ouviu esta crítica? Será que ele sonhou? Será que ele também vê comunistas debaixo da cama como aqueles generais da ditadura?

Eles fazem campanha política o tempo todo como se quisessem se eternizar no poder. É uma campanha que às vezes é antiética, como quando dizem que fizeram tudo no Botafogo e que antes deles ninguém se preocupava com a base. Ora, antes deles o Botafogo tinha perdido Marechal Hermes, então as fotos que mostram não é resultado do descaso dos antecessores. Não foi ele que restaurou a sede, foi o Bebeto. Não foi ele que acordou com a "Fogo de Chão", foi o Bebeto. E por aí vai. Eles tiveram a chance de elevar o Botafogo a um nível muito melhor e não fizeram.
Eta gestão moderna!

MARCO CAMEJO disse...




"Simples, meu caro. Assim como ocorreu no final da década de 60 e início de 70 o Botafogo cresce a olhos vistos. O clube e a torcida. Algo precisava ser feito para nos parar."


FRISO: "o Botafogo cresce a olhos vistos."


Queria entender essa noção de crescimento do nosso amigo criador de raposas...

pc guimarães disse...

A bronca aqui é livre, os comentários também. Veto comentaristas novos que tentam baixar o nível. "Veteranos" raramente. Nem sempre dá pra ler tudo o que escrevem. Mas quero deixar que este Blogueiro, que, infelizmente, não tem como navegar em todos os blogs, tem o maior respeito e carinho com o pessoal do Cantinho Botafoguense. Não conheço o Rodrigo pessoalmente, mas todas as vezes que nos comunicamos virtualmente sempre foi muito gentil. Justiça seja feita.
Vida que segue.

Marcos Paret disse...

Para um time que passou parte dos anos 70 e quase todos os anos 80 que passamos Camejo, junto com a gestão do filhinho de papai Mauro Ney Palmeiro (o do rebaixamento), se não estamos retomando o nosso lugar, não sei mesmo aonde estamos.


Em Marte é que não é. Lá, com o pouco espaço que deve existir para uma visitinha, já residem uns 28 dos 30 milhões de amigos nossos conhecidos.

Marcos Paret disse...

http://www.interrogaes.com/2014/04/botafogo-ocultou-receitas-e-por-isto.html#.Uz5gkk0K4nQ.facebook


O site eu não consegui identificar e o trecho que fala da situação também é curto mas, na minha opinião, conclusivo.

M. Assumpção pode mesmo vir a ser o administrador mais trapalhão na história do Botafogo desde os filhinhos de papai (Rivinha e Mauro Ney) que nos levaram para o buraco.

Nem o velho Teté, que foi presidente já bem gagá, conseguiu ser tão inoperante.

Cristian Hofman disse...

E a dupla de vices já estão querendo armar cama quente para deitar em caso de mais um triunfo do gigante Mengão!
É o velho complexo de inferioridade!
SRN

Eduardo dudu disse...

Caros botafoguenses, essa diretoria do BFR comandada pelo Dentista não é nada confiável, Pablo pra vc em especial me dirijo: qual o avanço podd ser comemorado sem nenhuma transparência? Quem segura o BFR São os caras que lá estão, o sistema não é ao nosso favor, sabemos disso, mas se tem alguém que hj coloca o BFR de joelhos frente ao sistema esse cara é o MA, aliás vc o viu aclamando o rubinho? Ele é um crápula.

Pablo disse...

Eduardo Dudu,

"...você o viu aclamando o Rubinho? Ele é um crápula..."

E se o Rubinho for responsável pelo Botafogo estar de pé desde o ano passado?

Botafogo, Guaraviton, Rubinho...

Quem é mais crápula? O Rubinho ou a Globo? O que fez a Globo com o Botafogo? Não conheço o Botafogo por dentro, mas conheço a política e como as coisas funcionam no mundo real que a maioria do povo não conhece.

Não sei se o MA é ladrão ou não, mas sei que ele é o maior malabarista que já passou pela presidência do Botafogo. Sujeito inteligente, resiliente.

Mas infelizmente a maioria da torcida do Botafogo, assim como a maioria do povo, não tem vida própria. É parte do rebanho. Loco Abreu e Seedorf se impressionaram com a falta de visão da maioria de nossa torcida, que infelizmente continua sendo pautada pela flapress.

Boa parte da torcida hoje vai na onda da flapress e canaliza sua raiva para o Hungaro. Desculpa se ofendo, mas acho isso uma burrice sem tamanho. Como avaliar o trabalho de um treinador que tem à disposição para um jogo decisivo da Libertadores o Henrique e mais ninguém? Ou ninguém e mais o Henrique?

Abs
Pablo

Anônimo disse...

Hahaha vascaíno chorão