Livro do Senta

Livro do Senta
Clique na imagem e encomende o seu

domingo, 27 de abril de 2014

Arbitragem catastrófica não impede o Botafogo de empatar de forma heroica contra o Inter

Por que o botinudo do Willians não foi expulso? Agrediu o Lodeiro e nada de amarelo. Na jogada seguinte recebeu o amarelo. Todos viram. Até o pessoal do SporTV. E por que tanta faltas não marcadas para o Botafogo?

Mas valeu pela garra do time, pela ousadia do Vagner Mancini que pelo segundo jogo consecutivo mexeu bem no time. A entrada do Júnior Cesar foi providencial. Do Daniel também. E depois, no final, a mexida muito bem feita do Edilson no meio no lugar do horroroso Airton.

E pela vibração do Sheik e pelos gols na raça. Com a entrada da Bolatti e a evolução do Zeballos e, quem sabe também, do Daniel, que tem bola, o time começa a ser formado.

11 comentários:

Marcos Paret disse...

Tá aí PC. Gostei do time no segundo tempo.

Não fosse a 'porra' (desculpe) dos dois gols de praxe no início e teríamos vencido e dado uma moral incrível para o elenco viajar para Salvador.

Mas tem outro detalhe importante: acho que está chegando a hora do Mancini.

Veja por este ângulo. Dificilmente, qualquer baranga aí de nome (de Oswaldo a Vanderlei) barra figurões no intervalo por inapetência técnica.

Este cara parece não ter este tipo de problema. Como foi salutar tirar o Jorge Vagner do time. Melhor seria se ele achasse solução também para o problema do Lodeiro.

Gostei do time. Vamos que vamos!

Estamos perdendo pontos, desta vez, para times da parte de cima.

Marcos Paret disse...

hahahaha.

Estou ouvindo aqui no rádio reclamações da torcidinha uniformizada do povudo do Rio acerca de arbitragem a favor do paulista.. haha.

Será que não sabem ainda que quem paga mais, pode mais?


Ora, ora. Não vieram ao blog ler Cristian, Ricardo e assemelhados.

kkkkkk

FLAçam-me rir.

Fernando Almeida disse...

Aconteceu a mesma coisa com o Flamengo em Sao paulo...aquele Ralf cansou de bater, era inversao de falta, tudo contra o Fla. .

Adriano Ferrarez disse...

Atitude essa é a palavra pra definir o Sheik.
Se continuar assim a gente pode até beliscar alguma coisa esse ano.
Sheik é um cara que tem personalidade pra caramba (vide a entrevista em que desceu o malho no Mano).
Se jogar feliz, como ele falou na entrevista após o fim do jogo, ninguém segura o cara.
A Diretoria agora não pode é vacilar como tem feito nos últimos tempos.

Senta a púa, Fogão!!!

Marcos Paret disse...

Não assisti ao seu jogo mas seria que com isso o Felipe (o seu goleiro) muda de opinião Fernando?

Hoje, até nem mereceríamos virar o jogo mas o que o juizeba (juiz+ameba) fez para tentar fazer os vermelhos (time enganador comandado em campo pela mais imponente enceradeira do futebol sulamericano - a do futebol mundial é o Robben) conseguirem o seu terceiro gol não tava no gibi.

O infeliz do apito deixou de marcar uma falta no Emerson no fim da partida simplesmente ridícula. Era falta com bola alçada sobre aquela defesinha 'faça-me rir' dos gauchos e cartão até vermelho para o atleta deles (calço por trás).

Marcos Paret disse...

Mas é incrível como algumas coisas mudam no futebol sem que se mudem as pessoas.

É o mesmo ator mas a cena muda completamente.


William - no menguitinho... raçudo, maior ladrão de bolas DUUU MUNDUUUUUU.. não sei o que e num golaço que marcou contra um horizonte destes aí, O CHAMARAM DE PRÍNCIPE E LHE RECLAMARAM ATÉ UMA SELEÇÃO.


William, o mesmo - no Inter... tem que ser tirado de campo naquela de 'tomou cartão, periga tomar o segundo', não rende mais p. nenhuma e se tornou aquilo que realmente é: um medíocre e violento marcador.

Paulo Victor Viana disse...

Pc,

O Botafogo estava precisando de um jogador com essa disposição, um cara aguerrido. Creio que após esta partida Sheik não sairá mais do time.

Concordo com você, Mancini foi ousado e teve uma boa leitura de jogo, sacou a Lesma Wagner, o bola nas costas César, Edílson é outro que tem uma raça sem igual. Se Edílson estivesse naquele trágico jogo da Copa do Brasil contra o time da Globo, o fraco Paulinho não teria feito aquilo que fez com o Gilberto!

Acho que o El Tanque ainda tem vaga de titular neste time, basta tirar o enceradeira do Lodeiro e colocar o Zeballos pra fazer a função dele.

O time ideal até o momento, seria:
Jefferson, Edílson, Bolívar, Dória, Júnior César, Gabriel, Bolatti, Zeballos, Daniel, Emerson, Tanque Ferreyra.

P.S: Em junho, o Vitinho está de volta

Pablo disse...

A nova geração:

https://www.facebook.com/photo.php?v=641138375966424&set=vb.111137502299850&type=2&theater

Boa semana a todos.

Abs
Pablo

Marcos Paret disse...

CORRIGINDO... 'SERÁ que com isso o seu goleiro (Felipe) muda......'

_____________________

Paulo Victor meu amigo, a volta do Vitinho é missão impossível. Só a Unimed ou algum outro clube rico do país pode repatriá-lo.

O Botafogo não traz mesmo, já que o mote dos peemedebistas do clube agora é juntar grana para outubro (as eleições).

Émerson disse...

Será que só eu percebi que o juiz é baiano, e... quem vamos enfrentar na próxima rodada? O Baêa! Tinha que ter jogador botafoguense expulso...

Fernando Almeida disse...

Paret, tudo bem que vc nao assistiu o jogo. E em relação a o que pensa o acéfalo guarda-metas do Flamengo isso pouco importa. Até o Fenomeno já disse a mesma coisa sem tirar uma virgula e todo riram...

Enfim, o jogo ontem o Flamengo não ganharia de forma alguma. O que quero dizer é que o assoprador de apito ontem prejudicou o jogo. Ontem poderiamos ter dado mais trabalho ao COrinthians, mas ele nao deixou.

Agora me tira uma duvida. Veja o lance do Leo Moura de ontem e me diga a diferença entre ela e a jogada do zagueiro do Vasco em cima do Ewerton.

SRN