Livro sobre o Sandro Moreyra

Livro sobre o Sandro Moreyra
PRÉ-LANÇAMENTO - 22 DE AGOSTO - GENERAL SEVERIANO

Livro do Senta

Livro do Senta
Clique na imagem e encomende o seu

quinta-feira, 10 de abril de 2014

Já zoou seu framenguista hoje?


Ah, mas o Framengo foi campeão mundial (sic) de 1981. Vão dizer.

10 comentários:

Marcos Paret disse...

O Livro de cabeceira para eles nestes dias em que se achavam novamente os donos do mundo é..

'O LIVRO DE ELI'...

Marcos Paret disse...

Menguitistas durante a semana - deixou chegar.


Mídia sobre o jogo - festa no Maraca, não sei quantas mil pessoas.

Luis Penido ao fim do 'mengão-na que eu gosto do Equador - "O framengo é vitória né? O destino do framengo é vencer... não tem outra coisa..."


Washington Rodrigues - depois de ignorar solenemente os jogos do Botafogo como comentarista, chorou como sempre ao microfone do rádio ontem. Não vejo a hora de ouvir suas lamúrias hoje às 4 da tarde na Tupi.

Nunca ouço este torcedor remunerado mas hoje, o velório (oopss.. programa) deve estar imperdível.

Cristian Hofman disse...

Sim PC! O MENGÃO realmente foi campeão da libertadores e do mundo a 33 anos.
E o seu time? Ganhou esses títulos quando?
Não vejo isso em nenhum registo.
Quem pode zoar nessa seara?
SRN

Alberto disse...

Naquela época tinham craque. Tinham José Roberto Wright no auge da carreira e no esplendor da forma. Tinha pra ninguém não.

Marcos Paret disse...

considerando-se a sua Libertadores uma roubada (pegue a expressão "uma roubada" em todos os sentidos possíveis) e a tacinha em Tokyo um amistosozinho, TEMOS 3 TAÇAS INTERNACIONAIS COM VALOR MUITO MAIOR.

Ganhamos tanto entre 57 e 73 Thomas, mas vencemos tanto que a mágoa nos seus antepassados colocou tudo o quanto foi registro num latão no inverno e tacou fogo para aquecer o sangue pisado no peito.


Entre 73 e 2013 vocês venceram mais do que nós (claro, montaram a melhor coisa que já tiveram na vida em 81) mas se for pegar os 17 anos que citei, deixamos esta estorinha no seu verdadeiro lugar - a prateleira de baixo do futebol.

Zabumbeiro de Zona disse...


O treta-eliminado framengo "ganhou" a Toyota Cup em 1981.

Portanto, 33 anos.

Frederico disse...

É Paret, entre 57 e 73 o bosta foi o freguês preferido do Santos, e o segundo clube mais vitorioso do período foi o Palmeiras.
Se é para falar em glórios do passado, vamos ver o placar de Mengão e bosta nas décadas de 40 e 50. 6a 2 Flamengo...não tem comparação, esquece.

Gustavo Campos disse...

CADE A COERENCIA CHORAFOGUENSES!!! QUANDO O FLAMENGO GANHA, O JUIZ ROUBOU, A CBF AJUDOU E A GLOBO TA POR TRAS DE TUDO. AI QUANDO PERDEMOS VOCES QUEREM NOS ZUAR. DECIDAM CHOROES. E O GIGANTE QUE TIVHA VOLTADO HEIN!!! SRN!!!

Marcos Paret disse...

Que ótimo Frederico.

Peguei sim as décadas de 40 e 50.

Muito bom isso. Ou deram mole ou então já estão rebuscando o passado.


Vamos lá:


Década de 30 (40 e 50 foram suas).

Década de 60

A partir de 73 entramos em ostracismo mas mesmo assim, peguemos um longo período em que ziqueteta suou para tirar a diferença em vitórias.


E, claro, se ficar incômodo, use o seu amistoso de Tokyo: temos 3 torneios não oficiais bem mais convincentes só que, claro, devidamente escondidinhos pela mídia.

__________________________

Mas é cada uma! Eles até tomam a baqueada extra muros mas basta um dia depois do outro, por já saberem que o cobertor da mídia lhes aquece, e lá vem papinho torto de novo.

MARCO CAMEJO disse...

Paret,


"E, claro, se ficar incômodo, use o seu amistoso de Tokyo: temos 3 torneios não oficiais bem mais convincentes só que, claro, devidamente escondidinhos pela mídia."



"temos 3 torneios não oficiais bem mais convincentes"


como assim "mais convincentes"???

só conheco um, olha o naipe do certame:




1963 torneio internacional de paris disputado por botafogo, ujpest, anderlecht e racing de paris. No mesmo ano o Santos de pelé ganhou a libertadores e o milan a champions, mas a organização do torneio decidiu que os melhores do mundo seriam o campeão carioca, o campeão hungaro e o campeão belga...Realmente, torneio bem convincente...