Livro sobre o Sandro Moreyra

Livro sobre o Sandro Moreyra
PRÉ-LANÇAMENTO - 22 DE AGOSTO - GENERAL SEVERIANO

Livro do Senta

Livro do Senta
Clique na imagem e encomende o seu

sábado, 5 de abril de 2014

PC Guimarães no Lance!: Salvem o General!

E o Lance! finalmente se rendeu à força, magia, talento e, claro, modéstia do mais imparcial Jornalista do Brasil, quiçá das galáxias. Tiveram o bom sendo de me ouvir para uma matéria sobre a "demolição" (mais uma vez) do campo de General Severiano. Sou contra. O time, na minha imodéstia opinião, tem que permanecer treinando lá. Acho importante o contato dos jogadores e comissão técnica com a torcida. Bola fora. Foi lá que acordei para o mundo e virei botafoguense. Nessa discordo do meu camarada Geraldo Casé. Bela matéria, Vinicius Andrade e demais amigos do jornal. 

Vejam as imagens e vejam o vídeo.

Detalhe da entrevista publicada no Lance! de hoje

A matéria de página inteira com a entrevista

 
O que estão fazendo com o campo

Momento da gravação do vídeo abaixo


12 comentários:

Pablo disse...

Estou com o Mestre PC nessa.

1o. não vai gerar receita que mude a vida do clube

2o. perderemos aqueles momentos únicos de contato de torcedores com seus ídolos. Especialmente em momentos decisivos

3o. veremos com frequência mulambos com seus apetrechos jogando no campo de General Severiano. O fim da picada. Vai afastar ainda mais os sócios


Abs
Pablo

Adriano Ferrarez disse...

Tô contigo PC!
Visitei pela primeira vez a sede de General Severiano no ano passado, no tour estavam incluídos a sala de troféus e o campo de treinamento. Essa é mais uma bola fora dessa Diretoria que deveria amar o Botafogo como nós amamos.

Senta a púa, Fogão!!!

P.S. Tá fazendo "Merchan" pra Mauá, PC? Hehehehehehehehehehehehehe!!!

Chico da Kombi disse...


http://esportes.r7.com/blogs/cosme-rimoli/apos-a-eleicao-do-sao-paulo-clubes-grandes-do-brasil-prometem-se-unir-e-tentar-acabar-com-os-privilegios-que-o-corinthians-e-o-flamengo-tem-da-globo-o-muito-dinheiro-que-ja-ganham-a-mais-a-diferen-05042014/

Marcos Paret disse...

A mídia livre, via blog´s e até inflada por opiniões publicadas em redes sociais, decerto, irá mudar o rumo do jornalismo e isto não deve durar muito.

Vai ser num 'pulinho' chamado massificação da internet (e aqui no país, não vão poder barrar isso como fazem em relação à educação).


Assim, a inversão das coisas se dará na forma 'foi publicado no blog do PC que o assunto 'x' é de importância..... O blog do jornalista PC Guimarães divulgou que no Botafogo, um dirigente deu tal declaração..'.

Não sei se nos nossos blog´s, mais ao estilo 'confraria', haverá a chance de se acompanhar este crescimento mas numa mídia como esta aqui, já com este alcance mostrado em números, acreditem, está o futuro da informação.


Parabéns PC!

xexeu disse...

GOSTEI PC FALOU BEM, VC É O CARA

Pablo disse...

É isso aí Paret, precisamos nos libertar dessas forças do atraso que transformaram jornalismo em patrimonialismo.

Falando em "libertar" me lembrei de "Libertadores".

Independente do que que vai acontecer na quarta-feira essa Libertadores serviu para despertar a gigante torcida do Botafogo.

Que ela jamais duvide de si própria. Jamais se deixe levar pelo flascismo de nossa imprensa. Uma imprensa que ainda enxerga um país de Casa Grande e Senzala.

Abs
Pablo

pc guimarães disse...

Eu estou cada vez mais convencido de que o XEXÉU QUER ME DAR. Esses framenguistas!

pc guimarães disse...

Sou apaixonado por Mauá, Mestre Ferrarez. Mesmo depois que asfaltaram a estrada. É um dos lugares que gostaria de passar o resto dos meus dias. Seria doce morrer em Mauá.

Pablo disse...

O GOLPE DO ENGENHÃO - PARTE III

Uma raposa felpuda da prefeitura do Rio contou para a cunhada da sogra do primo da concubina da camareira de um badalado hotel da Zona Sul do Rio que o golpe de misericórdia no Botafogo já está arquitetado.

O astuto canídeo revelou que a empreiteira que vai gerir o Engenhão já teria acertado até com alguns conselheiros do Botafogo a devolução do estádio a partir da derrocada do Maurício Assumpção.

O argumento que será utilizado por alguns conselheiros e o novo presidente do clube é: "O Botafogo não tem expertise em gestão de estádios. Não é função do clube gerir arenas. Será melhor para o clube focar no futebol e deixar que profissionais do ramo cuidem do estádio".

Em troca, o clube teria uma compensação financeira com a promessa do fim das penhoras e uma pequena melhoria na cota de TV. Além, é claro, de alguns, digamos, favores para pessoas físicas.

Desenha-se assim o mesmo cenário dos anos de chumbo, quando o Botafogo foi atingido pelos canhões.

Há testemunhas.

Abs
Pablo

Marcos Paret disse...

Então PC, "come logo isso"!...

:-)

Marcos Paret disse...

E Pablo.

Também acabei de escrever lá no meu blog que não devemos ficar 'amuados' caso o nosso retorno à Libertadores acabe na próxima quarta.

Tratou-se de um retorno, de uma reestruturação, de uma busca do espaço deixado lá atrás, claro, para o qual voltamos a duras penas e pelos nossos próprios esforços.

A partir de 2015, com este ou com outro grupo político, o patamar não vai mais ser inferior a este. As glórias estarão de volta e agora, com todos os craques da seleção vindo de fora, ou seja, nada mais de vermos o Santos perder um e nós perdermos 3, 5 (os cinco titulares de 62), 8 (em 70).

Acho que o trabalho no Botafogo está mais consistente do que na maioria dos concorrentes. Sem o amadorismo do Maurício, decerto subiremos bem mais.

Adriano Ferrarez disse...

PC,
Conheci Mauá, na minha adolescência, por meio de um livro do anarquista Roberto Freire. Não tive a oportunidade de conhecer, mas fica perto da minha Minas Gerais. Dizem que é um lugar extraordinário.
Agora falando do Campo de General Severiano, Amarildo "o Possesso" deu uma declaração emocionante sobre a história desse campo de futebol singular na história do Glorioso.
Em matéria de blog do Lance "O Possesso" falou:
"É um pecado, um tiro na cabeça. Dói demais. Aquele campo era uma relíquia, uma recordação da minha juventude e dos meus tempos de profissionalismo. Dói no coração. É um pecado, um tiro na cabeça.
Tivemos muitas vitórias e era uma lembrança que não deveria ser modificada. É uma recordação do Botafogo, pelos jogadores que passaram ali. A imagem deles pairava naquele campo. Era nossa casa.
É duro de imaginar que aquilo possa desaparecer. Poderiam fazer em outro lugar. Vai ser duro entrar e ver uma coisa completamente diferente”
Esse é mais um tiro no pé dessa diretoria. Os caras tão falando que será proibido quaisquer menções a outras equipes de Futebol. Como diria o PC:"Mata-me de rir". E se tiver tricolete com tanguinha do Flor debaixo do calção? Pode? Hehehehehehehehehe!
É triste ver um clube como o Botafogo ter que alugar campo soçaite para aumentar receitas.

Senta a púa, Fogão!!!