Livro do Senta

Livro do Senta
Clique na imagem e encomende o seu

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Flu já tem novo patrocinador para substituir a Unimed

Extra! Extra! Deu no Extra.


Maldade com os poucos tricolores.

8 comentários:

Anônimo disse...

poucos tricolores?kkkkk
o foguinho ta virando america e vc ainda consegue falar algo?pena de vcs...Respeite o tetracampeão brasileiro!

pc guimarães disse...

E por falar em respeito, meu nobre tricolor, você sabe quem subornou a Portuguesa? O Fluminense, que é useiro e vezeiro em virar mesas e apelar pros tapetões, pra conseguir as coisas, ou o Framengo, o Rei das Mutretas?

Anônimo disse...

Com certeza se teve alguém que subornou a lusa meu nobre amigo,esse alguém tem enorme poder dentro futebol brasileiro,ao contrario do foguinho que caiu,vai jogar a série B e não vai subir tão cedo,afinal vcs estão em processo de falência...

pc guimarães disse...

O velho discurso do importante é se dar bem, roubado é mais gostoso, né amigo? E todos estão em processo de falência. Só que o que acontece no Fluzinho não tem a mesma repercussão do que acontece com o Glorioso. Mas o Flu é um simpático clube de bairro que teve um crescimento nos últimos anos graças ao dinheiro de um torcedor apaixonado.

Anônimo disse...

nobre amigo,a unica coisa que o foguinho tem, mais que o fluminense é divida!!!!!

pc guimarães disse...

Me divirto com tricolor querendo se comparar ao Botafogo. Ponha-se no seu devido lugar, amigo.

Anônimo disse...

PC, uma raposa felpuda da Unimed contou para a prima da sogra do cunhado da tia do amante da camareira do Sheraton Barra que o motivo real da saída da Unimed do FluminenC está relacionado à descoberta escabrosa de uma auditoria interna na cooperativa.

Segundo o astuto canídeo, foi descoberto um volume monstruoso destinado à rúbrica futebol sem justificativa palpável.

Ainda segundo o felpudo canídeo, a torcida da Portuguesa teria muito interesse em saber o destino desses milhões...

Há testemunhas.

Abs
Pablo

Marcos Paret disse...

Isto é meio antigo Pablo.

Os cooperados, sem poderem ir à mídia (que mídia?), andavam tentando de tudo para enxergar uma possibilidade de se livrar do jugo do presidente (da marca)/torcedor e aqueles cujos contratos venceram, pularam fora para as 'amis' da vida.

O dinheiro atrasava a olhos vistos e alguns com quem tenho conversas em particular sabem que falo com conhecimento de causa.

Vida que segue. E que o flusinho, na nossa volta em 2016, chegue aqui e guarde bem o lugar, claro, ficando 2 anos para pagar aquela segundona que devem até hoje.