Ele já leu "Jogo do Senta, a verdadeira origem do chororô"

Ele já leu "Jogo do Senta, a verdadeira origem do chororô"
Em breve quem vai ler é você (Arte: Torquemada)

Eles também estão lendo o Livro do Senta

Eles também estão lendo o Livro do Senta

domingo, 26 de junho de 2011

Flamenguista continua chorando 22 anos depois do gol de Maurício

Recebi a foto do meu camarada framenguista Maurício Menezes (primeiro à esquerda, gesticulando). Ele foi o mediador do debate das feras que estão na foto e não precisam ser identificadas. Mas vejam o email que ele me enviou:


mauricio@.com.br 
para mim
mostrar detalhes 00:38 (9 horas atrás) 

61 anos do Maracanã... eu fui o mediador de uma reunião histórica... E perguntei ao Maurício, do Botafogo: naquele lance em que o Botafogo ganhou do Flamengo e saiu de um jejum de 23 anos sem títulos, você empurrou o Leonardo? E ele disse: dei um leve toque nele...
Depois perguntei ao Roberto: Você era amigo daquele ladrilheiro que invadiu o maracanã, num jogo Flamengo e Vasco, em que o Flamengo foi campeão? E o Roberto respondeu: "O cara era lá de Caxias..."

Para de chorar, Maurício.

18 comentários:

Anônimo disse...

23 anos sem títulos? Ahn?

Recomendo a leitura do MundoBotafogo a todos os colegas alvinegros.

http://mundobotafogo.blogspot.com/2011/05/botafogo-21-anos-sem-titulos-i.html

NÃO FICAMOS 21 ANOS SEM TÍTULOS. NÃO SE DEIXEM ENGANAR PELA FLAPRESS.

Asura

Anônimo disse...

Correção, foram 20 anos e não 23, a flaprensa até hj fala "21" seria se fosse em 90. Sabe como é né? Os framengueiros são ótimos em gramática e aritmética.

Anônimo disse...

Mesmo que não seja verdade, eu ainda quero o livro, só pra esclarecer kkkkkkkkkk.

Asura

Shoooooppaa disse...

Shoooooopa meninada do Blog do PC

http://shoopashampoo.blogspot.com/2011/06/mengao-desde-que-nasci.html

Shoopem a vontade!

Frederico disse...

Vejam essa, foi publicada na Última Hora do dia 3 de Agosto de 1958:(para os mais jovens: última Hora era um jornal, e não a derradeira das 24)
"... aproveitam a oportunidade para solenemente protestsr contra o hábito da crônica especializada noticiar as vitórias americanas sobre o Flamengo, perpetuamente favorito,como bombas, surpresas, caprichos do azar!Não! Mil vezes não(...) é tradição legítima e superior tradição!"

O artigo vinha assinado por americanos da pesada: Lamartine, Campos de Carvalho, Silveira Sampaio, Glauce Rocha, João Cabral, Jorge Amado e outros.
Essa mania de Flapress é bem anterior a ditadura militar e a Globo rsrs
Creio que o marco correto seria então a fundação do Jornal dos Sports, pelo notório rubro-negro Mário Filho, de uma família integralmente tricolor q que teve em Nelson um de seus mais fanáticos torcedores,
Outro detalhe, o JS só foi possível graças aos pesados investimentos de ... Roberto Marinho, sócio de Mário na histórica empreitada, talvez a página inaugural da crônica futebolística no Brasil.
Então a Flapress nasceu em 1931 rsrsrs
O material sobre o assunto não é farto, muito pelo contrário, precisa ser descoberto em arquivos empoeirados e sebos que causam infecções pulmonares rsrs
Cda um julgue como quiser.

ABS Fredera

Aqipossa Informativo disse...

O Asura citou o Mundo Botafogo. Como também sei que ninguém foi lá olhar, faço um resumo do que o Asura quis falar, afinal, eu e o Rui Moura agimos juntos nessa empreitada de mostrar essa mentira.

1 - TORNEIO TRIANGULAR DE CARACAS [Venezuela] (1970.02.06)
2 - TORNEIO INDEPENDÊNCIA DO BRASIL [Brasília] (1974.09.08)
3 - TAÇA AUGUSTO PEREIRA DA MOTTA [Rio de Janeiro] (1975.06.15)
4 - TAÇA JOSÉ WÂNDER RODRIGUES MENDES [Rio de Janeiro] (1976.07.18)
5- TORNEIO MINISTRO NEY BRAGA (Manaus-Belém) (1976.11.28)
6 - TORNEIO INÍCIO DO CAMPEONATO CARIOCA (1977.03.13)
7 - TORNEIO INTERNACIONAL DA CIDADE DE GENEBRA [Suíça] (1984.08.07)
8 - TROFÉU GOVERNADOR ÂNGELO ARGELIM – Torneio de Manaus (1985.05.28)
9 - TORNEIO INTERNACIONAL DE BERNA – “Phillips Cup” [Suíça] (1985.08.02)
10 - TORNEIO PENTAGONAL DA COSTA RICA (1986.04.29)
11 - TAÇA CIDADE PALMA DE MALLORCA [Espanha] (1988.08.13)

Quanto ao Fredera, essa "mania" de FlaPress na verdade é a maneira que se tem para controlar o povo.

Não se trata de ser o time bom da época, pois, Fluminense foi o melhor do Rio por décadas, mas como não era um clube de povão, não existiu uma FluPress. O Vasco não se podia fazer igual, pois se acreditava que estariam vangloriando Portugal. O Botafogo, quando começava a técnica de propaganda pela imprensa, passou longos anos sem um título que comprovasse a superioridade em campo, mas não na sala de troféus.

Sobrou o Flamengo, povão, que até então não ganhara absolutamente PORRA nenhuma de valor além do limite da Guanabara, e olha que a Guanabara era só a Cidade do Rio de Janeiro atual.

A FlaPress que existe hoje, é baseada nessas técnicas que deram certo no passado. Como podemos ver, só o Flamengo poderia ser o objeto.

Usando e abusando dessa "mania" que o Fredera fala, a Globo iniciou no JS o que podemos notar claramente na Globo.com, no Lance, no MarcaBR, no O Globo, e mais recentemente, para a minha surpresa, o jornal O DIA, dono da marca MarcaBR.

Já disse diversas vezes: Não se trata de falar do Flamengo, mas sim, de mostrar que é o Flamengo que está sendo usado. E a torcida cega, vai preferindo acreditar no que melhor lhe convém.

Ou seja, que "cada um julgue como quiser", né Fredera?

Anônimo disse...

Pô AQIP, eu tentando poupar o garoto...

Asura

Frederico disse...

Aqip, citei uma fonte histórica, na verdade fiz uma brincadeira, porque a nota nem é favorável ao meu clube. Em nenhum momento citei o Botafogo, não compreendo o motivo de sua ira.
A pesquisa histórica, e no meu caso discursiva (AD-Pêcheux) é algo que considero bastante sério.
Portanto Mauro, não leve para o lado pessoal, eu reconheço os feitos do Botafogo, assim como sei ser absolutamente infundada a tese de que "o Flamengo não ganhava nada fora dos limites da Guanabara", até a década de sesseta, particularmente seu final os campeonatos estaduais tinham a absoluta hegemonia em grau de importância sobre qualquer outro, muito poucos por sinal.
Em relação a "FLA-Press", existem sim, apontamentos históricos em relação a uma Fogo-Press, até mesmo pelo grande número de cronistas esportivos e jornalistas em geral torcedores do alvinegro, citar aqui uma lista seria demasiado laudatório.
Não acredito nem em uma nem em outra, existem sim pressupostos ideológicos que marcam toda a conduta humana, portanto a ideia de neutralidade é sempre errônea e além do mais o assujeitamento, ou seja, de certa forma o fim do Sujeito individualizado nos moldes cartesianos é um fato indiscutível, poderemos discutir sua intensidade.
Não misturo investigação científica com paixão cega, muito embora reconheça, e não poderia ser diferente que sou fruto ideológico de um meio, como você e todos o são.
Mais uma vez apelo para que não leve tais enfrentamentos para o lado pessoa, o universo das ideias é infinito e permite posições opostas, discordância. Teses, antíteses e a síntese, primados do pensamento weberiano não devem ser postas de lado. Bom que você tenha seu pensamento, que não é propriamente seu, é resultado de um meio ideológico formador de um discurso, da mesma forma dos defensores de lemas como "fuderosão ou fodaralho", tudo issi pode e deve ser usado como brincadeira, levados a sério são bobagens teratológicas de um lado e de outro.

Um Abraço amistoso e cordial, Fred.

Frederico disse...

Caro Asura, não precisa poupar o garoto aqui rsrs, esteja confortável para escrever o que quiser. Acredito com toda a força que somos feitos daquilo que pensamos, muito embora não individuados, não respeitar aquilo que pensas, seria não respeitar você em si. Jamais faria isso.
Abs e continue ganhando livros, que por sinal são a matéria tanto do seu quanto do meu trabalho. Temos, então, os livros cem comum rs. Nada melhor que isso!!!

Abs e vá em frente amigo.

Aqipossa Informativo disse...

Sério, Fred. Não falei visando lado pessoal. Você viu isso? Me mostre. Aliás, mostre pra todo mundo. Sinceramente, para muitos, você falou e não disse nada. Não creio que aqui alguém queira saber desses termos que poucos entendem.

Fontes, foram citadas por vários e todas elas comprovam a existência da FlaPress, como você mesmo sabe, mas muitos vêm e não enxergam. A sua fonte histórica não foi descartada por mim, o que fiz, foi apenas diferenciar o que havia no passado, pela justa chamada ao que interessava ao povo e fazê-lo comprar jornal, e a que existe hoje, de puro controle de massa e enriquecimento de apenas uns poucos que usam e abusam da irracionalidade do futebol, quer de torcedores deste time ou daquele. Todos são irracionais, não se trata de coração. Não se trata apenas de futebol, o ser humano em sua maioria é irracional.

Você não citou o Botafogo, mas eu sim. E não foi defendendo-o. Vejo aqui, que VOCÊ levou pro lado pessoal. Citei os outros 2 grandes do Rio. Qual foi a diferença que você viu que te fez acreditar que levei pro pessoal.

Acho que não conseguiu enxergar também, por exemplo, que eu disse que uma "BOTA-Press" como você nomeou, não existiu pela decepção quanto aos momentos de jejum a que o time alvinegro se inseriu justamente num momento em que o Brasil estava ficando para trás (no pensamento dos militares) em relação a ter um povo orgulhoso de sua pátria. Esse orgulho do brasileiro era necessário para não causar revoltas, que foram durante anos no passado, um exemplo de que era assim que se devia agir para mudar o poder, basta ver a Inconfidência e outras guerras históricas do Brasil.

O Brasil estava ficando pra trás. A Argentina crescia, os militares abusaram na década de 60, o povo já não estava satisfeito... Daí lembraram da Copa de 70 e de com o povo esqueceu-se de tudo para ver "70 milhões" em ação. A Pátria de chuteiras, "com o Brasil ninguém pode"... Estavam quase conseguindo, mas e 74 nem o futebol deu jeito. E pra estragar, em 78 a Argentina é campeã e lá se foi o sonho da supremacia no Continente. Guerra das malvinas... Até na Guerra a Argentina ganhava do Brasil. Que tristeza para o povo... Mas na época da guerra das Malvinas, no primeiro semestre de 1982, o plano já estava em execução. Mas foi justamente nessa época que aconteceram as maiores barbaridades no futebol e que favoreceram o time da Gávea.

Aqipossa Informativo disse...

Existe muito mais coisa por trás do motivo de se ter um time propriamente dito escolhido para ser esse objeto.

Sei que se não houvesse um jejum, poderia ter sido a BOTA-Press. Mas nesse caso, os torcedores alvinegros deixariam de sê-lo. Essa é a diferença que se tem entre alvinegros e rubro negros. (Aqui sim, eu estou falando no lado pessoal)

Outro favor que gostaria que você me fizesse além de mostrar onde levei pro lado pessoal no primeiro comentário, é citar onde está infundada a "tese", que não é tese, e me dissesse que título de nível nacional o Flamengo ganhou antes de 1980.

Outro abraço, que é apenas abraço, nada de amistoso e nem cordial.

Mauro Axlace.

Aqipossa Informativo disse...

Antes que alguém aqui diga que as Malvinas foi uma guerra entre Argentina e Inglaterra e que eu disse "até na guerra a Argentina ganhava do Brasil", disse isso, pois o Brasil não se envolvia em guerras, que era o sonho de consumo de Generais e presidentes brasileiros.

Só pra deixar claro.

Fabio Medici disse...

20 anos sem titulos... ai o Aqipossa mostra alguns torneios sem-vergonha (ou seria sem-vergonhas?)
Esqueceram do tornio da Uva, la de Caxias do Sul, e Torneio do Cabucu, disputado contra o Mesquita, Cabucu futebol Clube e Sao Cristovao. O faisca empatou em 0 a 0 contra o Mesquita, 1 a 1 contra o Sao Cristovao e ganhou por 1 a 0 do Cabucu, gol de Perivaldo.

Fabio Medici disse...

Alias, foi o Asura que disse que nao ficaram sem titulos esse tempo todo...

Aqipossa Informativo disse...

Ah, Medici, mas aí todos os times também tem porcarias como essas que você citou.

O TORNEIO TRIANGULAR DE CARACAS foi simplesmente conhecido por pequena Copa do Mundo, ou Mundialito de Clubes. Talvez pra muitos um mundialzinho sem valor...

O que vale aqui é mostrar que não houve 21 anos sem títulos. Foram 20 anos sem estadual. Mas daí todo mundo passa a acreditar que o Botafoguense é sofredor porque ficou 21 anos sem comemorar nada. Ficamos sem comemorar qualquer coisa or 7 anos apenas nestes 21 citados.

A imprensa parcial vai fazer isso com todos que derem mole. O Vasco é tido como o maior vice do Rio, embora saibamos que o Flamengo é quem o é. Não se trata de gozação, caso fosse, o Botafogo teria essa alcunha agora, depois do último TRI do Flamengo, mas sabemos que essa "gozação" infundada é para menosprezar o Vasco.

E nenhum desses títulos citados acima, foram em jogo único para inaugurar estádio que um certo time aí junta pra poder aumentar sua lista de títulos.

Todos os torneios citados ganhos pelo Botafogo foram criados por federações e não por prefeitos de cidades longínquas. Não eram importantes, mas não eram sem valor.

Anônimo disse...

O que é melhor: 20 anos sem cariocas ou ser reconhecido no mundo inteiro? Outra diferente brutal entre o Botafogo e os outros clubes. Tem gente que só torce pelo que vê na vitrine, ou na televisão...

Infelizmente é a visão que a garotada tem hoje em dia. Um clube importante é aquele que se esbalda em torneios regionais e campeonatos bem montados pela Rede Globo e CBF.

Asura

Frederico disse...

Mauro, não há nada que eu escrevi que não possa ser plenamente compreendido pelos frequentadores deste blog, poderia citar vários nomes, não é necessário. Usei termos que estão nos conteúdos programáticos do ensino médio, não aprofundei-me no tecnicismo da linguística.
O Flamengo ganhou títulos importantes internacionais e nacionais antes de 1980, mas Mauro, seria bobagem elencá-los aqui,mas posso citar Octogonal de Verão de 1961, título Sul Americano que naquele ano foi mais difícil que a própria Libertadores, o Torneio do Povo em 1972, em 42 o torneio Quinela de ouro, com a participação de Fluminense, Crinthians,Palmeiras e São Paulo, este não foi nacional e sim entre Rioe São Paulo, mas eram raríssimos campeonatos interestaduais nessa época. Estou citando de cabeça, mas o Flamengo colheu inúmeras vitórias respeitáveis e feitos que engrandeceram nosso futebol, que aliás tornou-se conhecido na Europa em 38, graças â Domingos da Guia e Leônidas, artilheiro daquela Copa, ambos figuras lendárias do futebol mundial.
Como você sabe campeonato "de nível nacional" considerados oficiais surgiram em 59, ganhando importância a partir de 1967, e tornando-se efetivamente um "Campeonato Brasileiro" em 1970, apesar de só ter sido nomeado assim em 1971. Sobre história do futebol há muito mais episódios relevantes a serem citados. Mas eu posso garantir que a força e grandeza do Flamengo são muito anteriores a 1980, assim como as do Botafogo são anterioresc a era de ouro de Garrincha, que infelizmente para o clube da estrela solitária não materializou-se em conquistas expressivas. O que nada desdoura a história alvinegra.
Quanto a sua "despedida" inamistosa e repleta de raiva, prefiro entendê-la como uma ironia e não como uma eventual gigantesca falta de educação pessoal e desportiva.
Por fim Mauro, devo compreender sua atitude como um erro de julgamento, algo como imaginar que entrei aqui em algum momento para te difamar, não é o meu estilo.
Futebol envolve paixão, precipuamente paixão, mas também requer olhares científicos, acadêmicos, por formação profissional e intelectual sei, felizmente, separar essas linhas.
Não vou levar esse debate estéril adiante, com todo o respeito, acho que você eu podemos gastar nosso precioso tempo com algo mais construtivo, racional e sim, porque não? Cordial, humano, saudável.

Anônimo disse...

Os chorões só pensam naquilo: Flamengo,Flamengo, Flamengo,Flamengo,Flamengo,FlamengoComo diz o Mestre PC:"ora vão catar coquinhos cambada de chorões..."