Sandro Moreyra, um autor à procura de um personagem

Sandro Moreyra, um autor à procura de um personagem
À venda no buscapé em 16 livrarias e em diversas livrarias ao vivo (Clique na imagem acima)

Livro do Senta

Livro do Senta
Clique na imagem e encomende o seu

domingo, 19 de outubro de 2014

Jogo do Senta é destaque na Band de Macaé também


A Rede nacional deve mostrar a descontraída entrevista. A repórter é framenguista e ouviu as verdades sobre os SENTÕES.



6 comentários:

Anônimo disse...

Para uns é "raposa felpuda". Para outros "importante dirigente".

http://www.fogaonet.com/noticia-em-destaque/blog-botafogo-acusa-jefferson-de-arranjar-briga-para-se-transfeir-para-o-sao-paulo/

Dai, num "passe de mágica", para o "jornalista" já vira uma posição do Botafogo.

A imprensa esportiva do Brasil é uma vergonha. Seedorf e Loco Abreu perceberam isso rapidamente.

Abs
Pablo

Frederico disse...

O Jerry não aparece mais por aqui? Com tantos vexames do decadentoso Botafogo?

Esse Jerry é um fanfarrão!!!

Frederico disse...

Por falar em fanfarrão, essa historinha que o jogador faisquense contou no Livro do Senta, é uma das típicas.
Vejam bem, os últimos dois gols do Bota foram marcados aos 38 e 43 do segundo tempo. Alguém tirou o pé? Já o Santos podia ter enfiado 8 e segurou. Quem contou? Renato, um jogador que até ontem atuava pelo Pequetito.

FATOS, nada mais que fatos, meus amigos. Time ARREGÃO.

Anônimo disse...

Finalmente a parte boa da nossa juventude acordou, viu seu velhote chorão.

http://www.youtube.com/watch?v=jg4JQj91Nu8


Regina du Cuoco

Marcos Paret disse...

Brincadeira hein PC?

:-)

Destilando charme para a meninih.. ééé para os seus leitores.

Com todo o respeito, claro.

Marcos Paret disse...

DO JOGO (do crítico momento alvinegro).

______________________________________



Uma idéia (que sei que jamais iria passar pela cabeça dos nossos 'não dirigentes').

Já que em Volta Redonda não se vai pagar o salário de meio Zeballos (o inútil – um dos), porquê não deixar o dinheiro do Maracanã para o Joel SOCANA mas FAZER A P. DO JOGO A UM REAL? Entope-se o estádio de gente, planeja-se como se planejou no jogo contra o Quito e vamos lá em massa (frameguistas, contestem [torcida] com fatos) pressionar o adversário.

Falei isso (copiei aqui parte do comentário que fiz no meu blog) sobre a sequência que teremos de 3 partidas no Rio após jogo no Mineirão - Furacão, Flu-3ª e Figayra.

Seriam 3 pontos ontem e, decerto, possibilidade de 9 na sequência destes 3 mas nada: nossos dirigentes são o que de pior existe nas 4 divisões do futebol brasileiro.