Livro do Senta

Livro do Senta
Clique na imagem e encomende o seu

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Torcida alvinegra apoia Aranha, goleiro do Santos


Fotos: reprodução Internet

É por essas e outras que sou Botafogo. Somos diferentes. Não adianta, cambada de comuns. Vocês nunca vão entender certas coisas.

17 comentários:

Anônimo disse...

Eu acho que esse livro do senta foi criado para pagar os salários atrasados do botagogo.

Gustavo Rangel.

Gustavo Menezes disse...

Amigo PC, com sua licença, repetirei aqui meu comentário do post anterior. Li aqui e escrevi por lá.
A MELHOR torcida do mundo!
Do time com a MAIS LINDA história do Brasil!
Comuns, entendam se puderem ou alcançarem, p BOTAFOGO não nasceu do ódio, de discidências ou arranjos da elite. Nasceu do amor de jovens garotos pelo futebol. Conseguem perceber a diferença, comuns?
Amor é nosso lema. E o amor sempre triunfará!

Marcos Paret disse...

Excelente PC!

Esperei e esperei que a mídia que manda falasse disso, era para falarem, haja vista o formato do programa dominical noturno, no qual o apresentador metido a engraçadinho sempre cita fatos extra-jogo mas nada.

Nem uma linha.

Nem na hora de mostrar o jogo em si (o gol), nem na própria reportagem (fazendo um adendo ao que já estava gravado), nem no noticiário da manhã de hoje - nada.

Se pudessem, creditavam o olé a outro jogador mas como não podem, fazem o seu povão esquecer quem foi que o criou.

Mas porquê será que esta gentalha nova-rica tem tanto medo do Botafogo? Porquê nos escondem?

Anônimo disse...

Observei a mesma coisa Paret.

E vou mais adiante. Já imaginou se o Rafinha faz o golaço que fez o Daniel?

Iriam dissecar o lance na flapress.

Manchetariam coisas do tipo:

"Rafinha desafia a física no Maracanã".

Abs
Pablo

Ricardo Carlos disse...

Pelo menos uma vez essa torcida ruinzinha e que foge nos momentos ruins prestou pra alguma coisa :)

Gustavo Menezes disse...

Então volta a velha pergunta, alterando o 'objeto':
'E se Daniel, dono de golaços, fosse mulambo?'

MARCO CAMEJO disse...

Gustavo Menezes,


"A MELHOR torcida do mundo!
Do time com a MAIS LINDA história do Brasil!"

Eu poderia rir e citar 300 milhões de fatos sólidos que tragam um pouco de realidade ao nosso quixotesco foguense, mas passo a palavra ao Dória...


https://www.youtube.com/watch?v=rh0-HQwHjGs


FRISANDO: Nossa torcida...a gente tenta trazer ela pro nosso lado...é...bom...as vezes...é...por ser carente de titulos nacionais...cria um certo pessimismo da parte deles, de ir pro estádio e achar que vai perder...


Ora, ora, ora, Sr° Gustavo Menezes...Que "torcida mais linda" é essa??? que o próprio jogador diz que não vai pro estádio com medo de perder...

Volta pro mundo real Alice!!!

Marcos Paret disse...

Ôôôôpaaaaaaaaaaaa.


Nenhum pano de chã.. ééé camisa ostentada no período da Copa (a não ser a tentativa pífia de jogar uma em cima do Schweinsteiger (aquela que o fez virar a cara)..

Nenhum pano de.. (camisa pô!... hehe) nas ruas até à chegada do Luxa.


Quem é que foge mesmo Rikkkkardo?

MARCO CAMEJO disse...

Paret,



E por falar em camisas, teu time vende num ano o que a gente vende em pré-venda...


Nem precisa: já sei que você vai dizer que bateu várias fotos pelos shoppings da cidade e mais um monte de coisas...

marcelino dantas disse...

E se o Yuri fosse do Flamengo? Já o estavam tratando como o substituto do Vitinho.
Menos por favor. A mídia endeusou o Jobson, já querem endeusar o Daniel, isso estraga o jogador, depois vão dizer que a culpa da globo que levantou o nome do rapaz só pra estraga-lo.

Thomas Beta disse...


"Do time com a MAIS LINDA história do Brasil!"
(Gustavo Menezes)


Puxa, Gustavo, depois vcs dizem que "vocês nunca vão entender"...

Mas... com que raios a gente vai entender a 'lindeza' da história de um clube que...


Tenha tido seu primeiro título dado pelo Caixa D'Água...

Tenha estragado a métrica do seu hino para incorporar um 'título' que até o Lamartine Babo desconhecia...

Tenha adotado em 1942 o escudo que o Botafogo da Paraíba já usava havia pelo menos 8 anos...

O ídolo mais identificado ao clube tenha recebido seu apelido (Enciclopédia) do Diretor de Jornalismo da Globo e não do povo...

O ídolo mais alardeado seja um cujos dribles e até frases mais famosas nos foram passadas pelo Sandro Moreyra, um jornalista tão 'imparcial' que até dava banhinho no tal jogador?


Se quer mesmo que a gente "entenda", não seria melhor escrever um livro explicando melhor as 'lindezas' não percebidas?

Pense bem na originalidade que seria um botafoguense escrevendo sobre o Botafogo. Fica aí a dica.




PS: também "não entendo" o que é torcer pelo Grêmio, Criciúma, Bahia, Luverdense, Goiás, etc. Seu clube, até que saia o revelador livro, é apenas mais um.

Gustavo Menezes disse...

Caros comédias, vamos por partes:
Comédia mor, deixou claro seu desconhecimento da história da paixão nacional: o futebol e seus grandes clubes:
Sobre o escudo mais lindo do mundo (título conquistado, não outorgado), a ESTRELA (Club de Regatas Botafogo, 1894, primeiro clube campeão nacional) e o ESCUDO de contornos suíços desenhado a nanquim por Basílio Viana Júnior um dos fundadores (Botafogo Football Club, 1904, único tetra campeão carioca) passam a formar o mais lindo escudo quando, da fusão destes em 1942 nasce o Botafogo de Futebol e Regatas.
E a beleza ímpar da história deste clube está, entre tantos outros feitos, em ter sido fundado por meninos entre 14 e 15 anos de idade apaixonados pelo futebol.
A fusão entre C.R. Botafogo e o Botafogo F.C. homenageia um jogador de basquete que morre em quadra durante uma partida, interrompida e jamais terminada, entre os dois clubes. Neste mesmo dia foi proposta a fusão.
Em ser referência mundial deste esporte, por seus talentosos jogadores, tanto na seleção brasileira quanto no ‘hall da fama’ mundial de todos os tempos.
Em ter feito a maior contratação de um jogador estrangeiro da história do nosso futebol.
E hoje, pela simples e honesta homenagem deste time e sua torcida a um ADVERSÁRIO por ter sofrido ofensas racistas na rodada anterior. O resto é balela...
Comédia sênior, sabemos que jogadores de futebol, mesmo formados em times como o Botafogo, desconhecem a história do esporte que praticam. E também sabemos que a obrigação de lotar estádios é de times ‘povudos’ como o seu, que aliás perdeu em números absolutos para a torcida do Botafogo, que cabe numa van, na Libertadores 2014;
E finalmente, ao nosso calouro, o comédia júnior, a nossa torcida foi e será sempre muito cautelosa com esses ‘oba-obas’ da imprensa em torno de seus jogadores. Dória, Daniel, Gabriel, Vitinho e outros sempre foram tratados como possíveis promessas e não novos ‘galinhos’.
Lembre-se que o Jobson, foi prontamente afastado da equipe, mesmo tendo prejudicado somente a si mesmo. E sem clamor da torcida. Oportunidades vem sendo dadas para não prejudicá-lo, mas ele ainda não vem fazendo jus a elas. E a torcida apenas ‘torce’ para que ele saia dessa, se recupere e possa integrar o elenco. Jogar ele sabe.
E venhamos e convenhamos: nós jamais faríamos plantão na porta de uma delegacia.

Anônimo disse...

Já a manifestação da torcida do Grande Satã quando o Ricardo Gomes sofre um AVC num Flamengo X Vasco...

https://www.youtube.com/watch?v=KgmxzTnkYcY

Cada time tem a torcida que merece...

marcelino dantas disse...

Porque que toda vez que o torcedor botafoguense fala ou escreve sobre seu time, sempre fica um cheiro de NAFTALINA no ar.

Cristian Hofman disse...

O surrealismo do mundinho faísca obscurece a visão do mundo real.
As bravatas ditas pelo amigo "comédia" ilustram com propriedade essa constatação.
Até o livro o PC admite em seu livro o exagero ufanista dos criadores do "mito" (sic) faísca, como o Armando Nogueira, Saldanha e Sandro Moreyra, que criaram a casca autista para justificar a própria falta expressão no futebol.
Srn

Marcos Paret disse...

Não leio mais o Thomas. Desisti. É muita sandice para a nossa pobre e sofrida gramática (pobre no sentido do apedrejamento contínuo).

________________________

Marcelino meu brother: enfim concordamos.


Vocês produziram uma jóia - garrafinha. Infelizmente, o eudeusamento e a super exposição, além da não resguardada por jogar ele num time não muito bem montado, estragaram o atleta.

Não conheci bem o futebol dos demais vindos da sua base mas parece que outros sofreram do mesmo mal.

Aqui, Seedorf nos brindou com uma boa base para Gabriel (vinha mal mas foi muito bem nos dois últimos jogos do brasileirão), Dória e Vitinho. Hoje, faz falta um professor daquela estirpe, que pega um menino num erro em campo, dá-lhe a mão e lhe diz "calma garoto. Erra-se aqui mas acerta-se adiante". Leandro, seu valoroso lateral, só foi o que foi por ter em Zico e Junior duas paredes a ampará-lo no seu início.

Hoje, infelizmente, sem um comandante de pulso firme em campo, a base vai se perdendo.

marcelino dantas disse...

Ata, vocês até hoje exaltam as mortes dos flamenguistas em 1992, e acham normal. Não generalize as torcidas, até parece que os termos usados pelos antis flamenguistas não são carregados de ódio e preconceito ( mulamho, favelado, bandido e outros...).
Só pra ficar bem na mídia, na VIDA REAL, são iguais aqueles torcedores do Grêmio.