Livro do Senta

Livro do Senta
Clique na imagem e encomende o seu

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Torcedores de times comuns jamais saberão o que é torcer pelo Botafogo

Fortaleza do Botafogo

por Mauro Beting 

A ciência e a fé até que nós ensinam e nos explicam muita coisa.
O que continuamos sem saber como, por onde, quando, com quem, quanto e os porquês, para o bem e para o mal, nos Brasis pentas pelo mundo e na Alemanha tetra no Brasil, isso tudo a gente pede auxílio para o Botafogo.
Acabou a luz no Castelão por 22 minutos. E os celulares acenderam o estádio. Faltou um pênalti em Sheik e um gol mal anulado do eterno Magno Alves. Yuri como um Mamute fazendo pênalti e como um animal em extinção empatando. Mais lances polêmicos que o bom time do Ceará reclama.
O terceiro gol cearense obrigava o time carioca a fazer mais dois, na infelicidade do goleiro Andrey que estava sepultando o Botafogo carente de Jefferson na meta. Mas crente no Botafogo e nos objetivos de um clube que não paga seus atletas em dia e por meses. Mas que por anos ainda não terá como pagar o que foi feito além do tempo regulamentar e do acréscimo devido. Gol além do tempo. Por todos os tempos. Do além.
Ramirez empatou aos 49 minutos. E ainda não dava. E nem os atletas achavam que daria. Voltaram a seu campo meio que no piloto automático. Tentando sem saber como.
Mas deviam saber lá no fundo que tudo aquilo era Botafogo. Tudo sempre é. Principalmente o que a gente não sabe o que é.
André Bahia, um zagueiro, fez gol da virada da classificação aos 50. E deu.
Como?
Botafogo!
Para o Nilton Santos ou para todos os diabos da bola, o Botafogo revirou a virada e virou história. Virou Botafogo.
Há coisas… A bola sabe o resto da frase.
Mas há um Bota que coloca fogo no futebol que a gente vai continuar sem saber o quê. Como. Quando. Quanto. Com quem. Por onde.
Assim seja.
O futebol é ainda mais futebol quando se perde a lógica e se ganha um jogo como esse. Quando se perde a esperança numa falha de goleiro e de tantos alvinegros e se reencontra a alegria em um peito cansado de botafoguear. Perdendo o fôlego para achar mais razões nessa emoção de viver.
Hoje tem torcedor acordando com um sabor diferente. Sabe que não deve ganhar a Copa do Brasil. Sabe que se não cair no BR-14 já está ótimo. Sabe que o futuro parece o terceiro gol do bravo Ceará. Sabe que times fracos e falhas grotescas em General Severiano vão continuar acontecendo por um péssimo tempo.
Mas sabe que no campo de jogo, e em todos os campos da vida, do nada vira tudo e todos os jogos da vida. Do nada, em dois minutos de prosa e de bola, uma poesia para contar aos netos se desenha como uma estrela no papel de pão.
Afinal, eles sabem, basta uma estrela.
E que estrela brilhou em Fortaleza, no Ceará.
Fortes do Botafogo.

32 comentários:

Marcos Paret disse...

Aliás..


Gol da Alemanha
Gol da Alemanha
Gol da Alemanha
Gol do Avaí
Gol do Avaí
Gol do Avaí

Gol do Botafogo
Gol do Botafogo
+ 2

pênalti para o flamingo
pênalti para o flamingo
......fazer em progressão geométrica.

Fernando Almeida disse...

E o juiz levantou a placa de acréscimos ontem no Castelão e lá não mostrava nenhum valor numérico. Estava apenas escrito: "Até o Botafogo virar o jogo"

como diz nosso amigo Paret:

de leeeeeeeeeeeeeeve

Obs. No jogo de vocês contra o santos os acréscimos foram "ilegais" mas o ontem não, ne?

Marcos Paret disse...

Hoje, se der tempo, vou ligar para a Rádio Tupi.

Estou com vontade de ouvir a narração..


De um gol da Alemanha
De um gol da Holanda
De um gol do Avaí
De um gol do Botafogo

De um pênalti do flamingo.

:-)

Marcos Paret disse...

Alô PC. Para encerrar de vez esta discussão insólita com fla_ajudados, com a sua permissão, lanço aqui o mais novo desafio.


Um ano sem ajuda ao flamingo (uma temporada completa).

O time (co) terá que ficar o ano de 2015 inteiro, em todas as competições que disputar, sem ajuda de juiz (trazer árbitro de país com língua não latina e nem inglesa resolve).

Uma boa medida seria, por exemplo, juízes alemães para os seus jogos no Maraca.

A CBF tem grana sobrando para bancar a empreitada.

Só assim, em dezembro/2015, poder-se-ia provar se esta coisa de “deixou xegar” ou de “somos us maioral” é mesmo forte ou é a lenda da qual tanto falamos.

Marcos Paret disse...

Sem chororô menguitistas.


Mal chegamos ao meio do brasileirão, mas....

- roubou o Coxa na CB
- roubou o Vasquitinho (porra, um time da segundona) no carioca.


Querem discutir o que?

Adriano Ferrarez disse...

Mauro Beting a cada dia se torna mais poeta. Mas poesia e Botafogo combina que nem queijo com goiabada!!!

Senta a púa, Fogão!!!

Léo disse...

O Botafogo continua sendo uma fonte de inspiração inesgotável para os melhores textos da imprensa esportiva e subsidia a literatura de qualidade nesta área, como podemos constatar neste mês de setembro através das linhas acima do Mauro Beting e do lançamento do livro da década pelo patrão PC Guima(Cinco chopes, PC!).

Depois de ler muitas coisas sobre o dia de ontem, concluo que tem gente que no outro dia estava virtualmente rebaixada e acredita com todas as forças de sua paixão - eu nao recrimino - que o arranque do seu clube deve-se a presença da torcida, a uma nova tática revolucionária, aos deuses alemães do futebol, etc...

Sem querer ser estraga-prazeres da redenção alheia, mesmo porque "pensar o futebol e suas teias e conchavos" pode nos fazer passar a torcer ardorosamente por um time de rugby australiano em menos de 48hs, preciso indagar: será o benedito que ninguém acha estranho esse rol de vitórias seguidas, umas fáceis demais e outras excessivamente discutíveis? E com aquela velha e surrada manchete heróica dos cadernos esportivos habituais que servem de muleta a rotineira empulhação marqueteira?

Nao seria o caso de lembrarmos que a emissora que transmite, banca e governa o futebol brasileiro encontrava-se sob pressão dos patrocinadores há dois meses atrás devido a baixa audiência, inclusive, tendo os anunciantes solicitado um estudo de mercado que alertou sobre uma significativa redução de telespectadores se o time virtualmente rebaixado fosse, de fato, parar na segundona?

Depois de assistirmos jogadores dos mesmos empresários que atuam em clubes adversários se enfrentando e “estranhamente” marcando frouxo, cometendo erros primários ou fazendo penaltis infantis, não seria o caso de perguntar o motivo da contratação de um técnico ultrapassado e no limbo, cujo currículo atualizado desponta com relevância a fidagal e recíproca amizade com praticamente todos os grandes empresários do futebol brasileiro?

Neste sentido, não é de se pensar por breves segundos sobre as inúmeras falhas grotescas de zagueiros adversários em instantes importantes das últimas partidas do virtual rebaixado? É tudo coincidência? É obra dos deuses alemães?

Não há time “incaível”, o que existe é uma audiência que nao pode cair; o que existe são vitrines que nao podem quebrar, na primeira rachadura instaura-se o pânico, o espositor de uma grande loja tem que ser reparado com urgência, senão o produto não chega ao mercado.

Não são os deuses alemães que oram pelo ex-virtual rebaixado, mas sim o fantasma do cartelizado futebol espanhol.

Sem desmerecer qualquer agremiação, é por isso que sinto-me confortável usando a Gloriosa camisa, por bem ou por mal, ela ainda representa - mesmo que seja pouco - a essência do futebol brasileiro, não este futebol 171 carimbado na testa com um humilhante 7x1.

No Botafogo, lutamos contra uma máquina que se alimenta da boa-fé e da paixão de 60 milhoes de torcedores de dois clubes brasileiros e que move-se obssessivamente para retirar a independência financeira de outros tantos com milhares de apaixonados no intuito de controlar e lucrar com o nosso divertimento.

Muitos torcedores adversários creem na existência de uma contradição quando veem os botafoguenses reclamando mesmo diante de uma vitória memorável como a protagonizada ontem contra o bom time do Ceará no Castelão.

A explicação para a aparente incoerência do nosso comportamento está na História do Botafogo, nós nunca compactuamos com o status quo vigente, por isso, nao se trata apenas de um jogo de futebol, além da vitória em campo, nós derrotamos o Sistema fora dele.

Como diz o autor do best-seller do ano:

- Os comuns nunca compreenderão..

Carla Galvani disse...

Parabéns, Mauro Beting! Texto maravilhoso. Por isso somos diferentes, mas os comuns não entende.
Abraços,

Ricardo Carlos disse...

Carla, vocês são diferente por não ganhar porcaria nenhuma de importante em quase 20 anos, por terem uma torcida ruim e por serem o menor dos 4 grandes kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Ricardo Carlos disse...

No brasileirão a onda é assim :

Gol da Alemanha
Gol do Avaí
Gol do Ceará
Opa mais acréscimos até o menor do rio virar na base da ajuda
Mais três pontos pro Flamengo.

pc guimarães disse...

Não vão entender nunca. Como são simplórios. O negócio deles é ganhar títulos. Não importa como. O negócio é se dar bem.

Marcos Paret disse...

Fernando meu prezado.


Não houve tempo alvinegro. O ameba, que deixou quebrarem nossos jogadores, deu 4 minutos mas os cearaibas, que estavam vencendo, usaram estes 4 minutos para se jogarem no chão e fingirem dores que não tinham.

Quando isto acontece (já é a enésima vez que falo isso desde ontem), o juiz costuma acrescentar mais um minuto (o jogo então iria até o minuto 50).

Foi o que bastou. Se André Bahia matasse a bola em vez de chutá-la direto, ele teria apitado o fim do jogo.

Anônimo disse...

O Mauro Beting que me desculpe mas o texto do Leo é ainda melhor.

Fantástico.

Abs
Pablo

Cristian Hofman disse...

Até entendo o sentido lúdico que os faíscas querem expressar, mas vale sempre lembrar que o futebol não se resume a esse romantismo de verso e prosa, o futebol é lembrado pelos títulos, conquistas, ídolos e a grandeza de uma torcida.Nessa seara, são vocês que jamais nos entenderão.
Rumo ao tetra/SRN!

MARCO CAMEJO disse...

"Senta a púa, Fogão!!!"


Deus do céu, só um foguense mesmo pra lembrar uma frase da 2 guerra...

MARCO CAMEJO disse...

Léo,

Resumão da pantonima:


1° paragrafo:

exaltação do botafogo e suas glórias invisíveis e oníricas. Diz o poeta que o clube é uma fonte inesgotável para a literatura, no entanto, desafio alguém aqui a postar algum texto nesse sentido.


2° paragrafo:


Todo Flamenguista é iludido.


3° paragrafo:

mais da ilusão flamenga


4° paragrafo:

O velho mantra da globo

5° paragrafo:

bomba!! Uma nova teoria da conspiração: agora quem está armando os esquemas pro flamengo é o vanderley ( kkkk)

6° paragrafo:

vanderley de novo.

7° paragrafo:

Globo de novo.

8° paragrafo:

espanholização

9° paragrafo:

exaltação ilusória da camisa foguense.

10° paragrafo

mais mentiras sobre o torcedor foguense.

e blá, blá, blá....


Cara, vai procurar uma mulher...

MARCO CAMEJO disse...

Carla Galvani,


"Por isso somos diferentes, mas os comuns não entende."

Colega, nem tudo que é diferente é legal.


Deveras,

Fluminense- campeão brasileiro de 2012
Vasco- campeão da copa do brasil de 2011
Flamengo- campeão da copa do brasil de 2013




BOTAFOGO- CAMPEÃO BRASILEIRO DE 1995!!

Realmente, ser torcedora de um clube que não ganha nada expressivo há quase 20 anos é algo diferente.

Nesse tocante, fique com sua triste diferenciação, eu prefiro ser comum e feliz!!!

MARCO CAMEJO disse...

Pc,

"Não vão entender nunca. Como são simplórios. O negócio deles é ganhar títulos. Não importa como. O negócio é se dar bem."

Faltou você dizer aquele velho jargão: "O importante é competir" kkkkkk Deus do céu, que piada...


Pc, deixe de ser demagogo, deixe de ser hipócrita meu caro...

Já que você gosta tanto das coisas "CERTINHAS" explica ai pra mim então como foi conquistado o único titulo importante da história foguense

Já que arrotou tanta moralidade explica aí como foi que o botafogo se livrou dos rebaixamentos de 1986 e 1999.


Já que está cagando justiça diz aí pra mim da onde que vinha o dinheiro do botafogo na gestão do BICHEIRO em 1992

Fala aí pra mim como seu time foi ser patrocinado por uma empresa que atuava no esquema de pirâmide...


DEMAGOGO, HIPÓCRITA....DEMAGOGO, HIPÓCRITA...DEMAGOGO, HIPÓCRITA DEMAGOGO, HIPÓCRITA....DEMAGOGO, HIPÓCRITA...DEMAGOGO, HIPÓCRITA DEMAGOGO, HIPÓCRITA....DEMAGOGO, HIPÓCRITA...DEMAGOGO, HIPÓCRITA DEMAGOGO, HIPÓCRITA....DEMAGOGO, HIPÓCRITA...DEMAGOGO, HIPÓCRITA DEMAGOGO, HIPÓCRITA....DEMAGOGO, HIPÓCRITA...DEMAGOGO, HIPÓCRITA

DURMA COM ESSE BARULHO!!!

Gustavo Menezes disse...

"Não deis aos cães as coisas santas, nem deiteis aos porcos as vossas pérolas, não aconteça que as pisem com os pés e, voltando-se, vos despedacem."
Mateus 7:6

marcelino dantas disse...

Não podemos negar, os botafoguenses são muito criativos, cada teoria. Porque não escrevam um livro . Ha, já escreveram.

Marcos Paret disse...

Fale-me aí Camejo..

- Como foi seu time ser patrocinado pela ISL, com ligações estreitas com o crime organizado internacional...

- Como foi o seu time ser governado por um notório meliante, Edmundo 'Imundo' S. Silva, que saiu do escritório de advogado de porta de cadeia direto para a caçapa do camburão na Rio Branco.

- Como foi o seu time ser amparado em títulos dos quais tanto tirou onda, com um ídolo de péssima índole e que, ainda treinando lá, JÁ HAVIA MANDADO ESQUARTEJAR A EX NAMORADA.

- Conte-nos, enfim, como foi fazer vista grossa e ouvidos de mercador para um outro ídolo, do qual queriam extrair, junto com 2 outros, a expressão 'maior ataque do mundo' para o fato de ele assassinar pessoas dirigindo perigosamente. Ele já pagou por aquele crime?


Quem tem telhado de vidro....


- Ah!

. Sobre empresa de pirâmide - ela estava em situação regular nos EUA e era esta empresa que patrocinou o clube

E como sei que vão por esta linha..

. Emil Pinheiro atuou no clube nos mesmos moldes que outros presidentes o fazem nos seus clubes (os Perrela do helicóptero no Cruzeiro, Marcio Praga e Klebim "quero o meu" no seu crube) e mal tentou por as mangas de fora, foi dali defenestrado.

Marcos Paret disse...

E, Camejo..


".....BOTAFOGO- CAMPEÃO BRASILEIRO DE 1995!!

Realmente, ser torcedora de um clube que não ganha nada expressivo há quase 20 anos é algo diferente......"

______________________


Sei bem como deve ser isto - acompanhei observando o seu clubeco.


Flamingo recebendo de presente o brasileirão de 2009, entregue embrulhado em papel azul branco e preto (cores do Gaymio) em pleno Maraca.

Afinal, JÁ FAZIAM 17 ANOS QUE ESTAVAM NA FILA, VIVENDO SÓ DE CARIOQUETAS.


E se não fosse aquele presentaço?


E a pantomima de Libertadores, taça à qual SÓ GANHARAM UMA ROUBANDO e justamente, com a melhor coisa que conseguiram juntar em campo na vida?


E as 400 eliminações, várias delas (inúmeras) vexatórias?

Adriano Ferrarez disse...

A frase é usada como uma forma de lembrar a coragem dos soldados brasileiros da FEB e da FAB que contribuíram para derrotar o fascismo e livrar a humanidade do obscurantismo de Hitler, Mussolini e seus asseclas. Coragem e espírito de liberdade que aqueles que tem uma estrela por guia entendem.

Senta a púa, Fogão!!! Sempre!!!

Adriano Ferrarez disse...

Léo foi na jugular. Importante reflexão. Como minha Vovó já dizia:"Canja de galinha e uma pitada de Jerry Fletcher não fazem mal a ninguém".

MARCO CAMEJO disse...

Gustavo Menezes,


Que tal essa:


"Se uma mulher for estuprada na cidade, e não gritar alto suficiente, ela deve ser apedrejada até à morte

(Dt 22:23-24)"

Só faltava essa...Agora os foguenses pretendem contar suas verdades através da maior mentira já contada.

Carla Galvani disse...

Ricardo Carlos, somos diferentes sim.
É PC, os comuns continuam não entendendo.

Gustavo Menezes disse...

Perfeita análise Leo.
Acompanho desde garoto o futebol.
Todo o futebol. Todas as opiniões.
Embora longe de ser um grande estudioso do assunto, li várias fontes de 1978 a 1998, principalmente.
E desde 1979, frequento estádios aqui no Rio em jogos de diversos times e da seleção.
Descontada a imprevisível e por tal apaixonante condição do futebol, até em crianças causava estranheza certos fatos.
Eu me estenderia demais tentando relatá-los aqui. Mas algumas e encaixariam perfeitamente em sua abordagem, Leo.

Alberto disse...

Parabéns ao Léo. Perfeito!

Léo disse...

E o "sorteio" determinou que aquele clube abençoado pelos deuses irá jogar a segunda partida decisiva das quartas de final da Copa do Brasil em casa. Quanta sorte!!!

Como disse o Camejo, é melhor eu procurar uma mulher do que ficar pensando nisto, quem sabe não sou abençoado pelo mesmo Deus da sorte do Flamengo e ensaco mais uma capa da Playboy nesta minha passagem terrena...

E o Botafogo vai jogar a segunda partida decisiva ....fora do Rio. Quanto azar!!!

MARCO CAMEJO disse...

Adriano ferrarez,


Sério cara??? Foi isso mesmo???


kkkkkkkkkk


Só falta agora você tentar me ensinar o que foi o dia D...

Gustavo Menezes disse...

Ô comédia mor,
o constrangimento com as novas conquistas do 'mais ajudado', classificação e sorteio 'daquele jeito', o deixou mais tonto.
Não utilizo crenças religiosas, apenas citei a fonte de uma verdade universal. E os comuns daqui assinaram embaixo.
E deixo claro que a minha ou a sua opinião sobre religiões não interessam aqui neste espaço!

Adriano Ferrarez disse...

Deixo aqueles que acreditam na Vênus Platinada acreditarem no que quiserem inclusive em dia D! Eu acredito apenas numa coisa: no poder da vontade humana!

Senta a púa, Fogão!!!