Livro do Senta

Livro do Senta
Clique na imagem e encomende o seu

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Por que será que ninguém escreve livros ou produz filmes sobre a farsa que se considera maior do mundo disso e daquilo?


Se é ídolo, jogou no Botafogo.

O framenguista Ruy Castro escreveu um livro sobre... Garrincha. O framenguista Marcos Eduardo Neves escreveu um livro sobre... Heleno. Que virou filme. O botafoguense PC Guimarães escreveu um livro sobre... uma vitória do Botafogo sobre um de seus adversários regionais.

Por que será que ninguém escreve livros e produz filmes de prestígio sobre os ídolos framenguistas ou dos outros times comuns? Ah, sim, desculpem. Informei mal. Há pouco foi publicado um livro sobre... o Bruno. Livro policial.

Que venham as desculpas e o chororô. Nada de novo no front como sempre. Nenhuma novidade. 

4 comentários:

FOGO F disse...

Calma PC, quem sabe daqui a 50 anos o Zico, atual único ídolo framenguista, não será o ídolo genial da FraPress? Por enquanto não dá. A memória ainda está fresca e todos sabemos que Zico, que nunca foi considerado melhor do mundo quando jogava, foi apenas uma sombra de seus contemporâneos Maradona, Rummenigge, Cruijff, Falcão e até de Platini, só para citar alguns. Mas a Frapress já começou o processo de invenção do ídolo. Já conheci framenguista dizer que foi melhor que Pelé e Garrincha.

Marcos Paret disse...

Garrincha, alegria do povo - O FILME

Garrincha, estrela solitária - O FILME

Mané Garrincha - O FILME (documentário)

Heleno - O FILME

Nilton Santos - O FILME

Estrela solitária - Um brasileiro chamado Garrincha - O LIVRO_Ruy Castro

Garrincha, a estrela - O LIVRO_José Sebastião Witter


Garrincha X Pelé - O LIVRO


E ISTO NÃO É TUDO.

Decerto, minha pesquisa (sim, precisei pesquisar) não retornou a bibliografia completa da passagem do Glorioso pela história do futebol.


Sorry comuns (agora virão os comentários tentando desqualificar o indesqualificável, ou seja, o que está escrito e publicado).

_________________________

FLAtenção FLranco atiradores - se vierem com mimimi, posso citar cada link aonde se falou, de maneira séria e confiável, sobre cada publicação - num dos link´s temos o próprio livro em meio digital.

Marcos Paret disse...

Ix.. Esse aqui é para fazer galinhos, capacetes e seus iludidos morderem a fronha (pelo menos o galinho já declarou que sofreu o diabo por causa do Glorioso)..

LIVRO DA HISTÓRIA DE GARRINCHA " O REI DOS REIS " O DIVINO ANJO VOA NOVAMENTE,

Autor - Dominique Beaucant. Escritor francês que, para fazer o livro, valeu-se de imagens de André Lecoq, o mais prestigiado repórter fotográrico das Copas de 58, 62 e 66.

Material também foi pesquisado no respeitabilíssimo grupo francês Presse Sports-L´Equipe.


Lamento profundamente pelos estorietas de Maracanãs ao flapito (até no novo Maraca já deixaram uma marca neFLAsta dessas, contra um pobre time da segunda divisão - o Vice - outro que já já cai de novo - o Coxa - e ainda o irmaozão povudo de Sampa)

Marcos Paret disse...

PUXA VIDA..


- Fredrik Ekelund, o sueco que descobriu o filho nórdico do GArrincha e escreveu 'Sambafotboll - O livro sobre o esporte nacional do Brasil', produziu documentários sobre a lenda chamado "GARRINCHA E HOT DOG´S", na qual narra, entermeando com lances e histórias do craque, a vida do filho da lenda na Suécia.

- Paulo Marcelo Sampaio lançou o livro OS DEZ MAIS DO BOTAFOGO (todos sabem que podemos escalar, pela nossa história, pelo menos duas excelentes seleções brasileiras), fixando-se na obra do maior jogador da história - GARRINCHA.

- Mario Lima, jornalista, lançou em 2014 o livro “Garrincha, a Flecha fulniô das Alagoas – Mestiçagem, Futebol-Arte e Crônicas pioneiras”.

Alagoas - o livro fala da vida do Garrincha desde a sua origem - seu pai era alagoano.


Valeu menguitada..

Boas sentadas!