Livro do Senta

Livro do Senta
Clique na imagem e encomende o seu

terça-feira, 5 de março de 2013

Ah se o Felipe fosse o Jefferson e jogasse no Botafogo!


Está rolando na Rádio Botafogo essa foto acima que mostra o goleiro Felipe do Framengo defendendo uma bola perto da linha do gol. Nosso sócio Mikael Virkki mandou uma interessante observação para o meu email:

"(...) Imagine, PC, se aquela bola em que o Felipe entra com bolo e tudo dentro do gol acontecesse com o Jefferson? A Globo estaria até agora com auxílio de computadores da NASA analisado o lance para provar que o goleiro entrou com bola e tudo. ".

Como diria meu camarada framenguista Ancelmo Goes: "É. Pode ser".

15 comentários:

Allan Gouvêa disse...

E o choro continua... Ninguém nem lembra mais do joguinho mais o Pc continua emocionado. Lhe entendo PC, sabe-se lá quando isso vai acontecer de novo né, o carioquinha é o único momento do ano que torcedores do foguinho sentem alguma alegria. E continue falando do Flamengo, marketing de graça...
.
SRN

Bєαŧriz Biŧєηcøurŧ disse...

Não se inicia frases com pronome oblíquo seu animal. Somos jovens mas não maltratamos a gramática! Mas para as asneiras que você fala bem que cabe.

Allan Gouvêa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Carlos Henrique disse...

Esse lance eu lembro bem, na posição da arquibancada que eu estava dava para ver perfeitamente.

Sendo justo, Felipe segura a bola antes da linha, mas na hora de se levantar acaba entrando no gol. A bola passou a linha sim. O detalhe é que o lance já estava parado, porque haviam marcado falta nele.

Tiro no pé? Não, só estou sendo sincero. Mas se fosse do outro lado, era mais chororô para juntar com o que estão até agora.

Abraços.

Cacau Avila disse...

Putzzzz....

allansid tomando "mijada" (termo militar) de uma dama.

hehehehehehe.

É a Beatriz, certo?

Caríssima Bia (se é que me permite).

Tratando-se de uma dama, convém irmos pelo bom uso do vernáculo e desta forma, cabem alguns esclarecimentos.

Allan Gouvea = allansid (personalidade dupla.. Allan e mamãe Bates - Psicose do Alfred Hitchcock).

- Trata-se, o allansid, de personalidade complexa. Um dia diz que algo não vale nada, depois esquece o que disse para, em momento conveniente, retornar à opinião primeira.

- Vive pelas "paredes" do blog a atirar no próprio pé. Há quem garanta que já existem duas peneiras no lugar dos mesmos.

- Este 'tatibitati' aí, tratado por alguns como (permita-me) um mimimi da porra, é costumeiro e já não chama a atenção de ninguém.. e...

POR FIM.

Está atônito pois andam, ele e seus miguinhos de pano de chã.. opssss.. camisa, procurando por um lek conhecido como garrafinha há dias e não o encontram.

E o pior é que tal fedelho foi agraciado pelo club (sic) da Gayvea com um salarião nos moldes do do Neymar, enfim... o imbróglio é longo.

Permaneça no blog e irás tomar pé da situação por capítulos.

Abços.

Cacau Avila disse...

CORRIGINDO...

"mijada" (GÍRIA militar)

Zabumbeiro de Zona disse...

|

Correção para mulambo:

Entendo-lhe, PC... o foguinho blá-blá-blá e mi-mi-mi na tacinha guanabarinha do carioquinha.

BUUUÁÁÁÁ...

|

Carlos Henrique disse...

Caramba, agora estão querendo tirar o OO e o Bolívar da partida contra o Vasco, por conta daquele vídeo do vestiário na partida contra o Flu.

E o pior é que sabemos que o Vasco não tem nada com isso.

A coisa vai ficar cada vez mais pesada.

Mas para não deixar passar, talvez se perguntar pra pessoa com transtorno dissociativo de personalidade o porque deste emprego do pronome, ele responda: fi-lo porque qui-lo.

Alguém vai explicar?

Zabumbeiro de Zona disse...

|
Sim, possível é usar o pronome oblíquo em início de frase.
Por exemplo: "Comigo vão os mulambos Allan e Sid".
O que não pode iniciar período é Pronome Oblíquo Átono, que são: me, te, se, o, lhe, nos, vos, os, lhes; pois, para efeito de prosódia o pronome oblíquo átono deve apoiar-se no acento do verbo: "Disseram-me que não foi pênalti ontem" e não: "Me disseram isso ontem".
|

Carlos Henrique disse...

kkkkkkk

Zab, se é para esculachar, então vamos.

Sua explicação está perfeita, logo é inaceitável a próclise em questão.

Já na frase que citei, "fi-lo porque qui-lo", é uma alusão a outro louco, Jânio Quadros, que diziam tê-la utilizado quando perguntado porque renunciou à presidência.

Uma vez questionado sobre a frase, negou a autoria, dizendo nunca tê-la proferido, inclusive porque o correto seria "fi-lo porque o quis", uma vez que com o uso da conjunção "porque" a ênclise se torna proibida e a próclise obrigatória.

Este era doido, mas sabia muito de português.

kkkkk

Abraços.

gtavares disse...

Me divirto. By Edu sumido.
GB

Pablo disse...

Pois é GB, o Eduardo Bambam deve estar ainda pensando o que dizer por aqui...

Abs
Pablo

Vinícius Monteiro disse...

Será que temos cegos dentre nós?? Ninguém tem visão precisa? A Bola está quase pela metade para fora da linha do Gol.

Para quem não sabe (acho que todos), a Bola tem que entrar TODA no Gol. Não só metade.

Acho que a parcialidade e desespero de de TENTAR sacanear a NAÇÃO, está cegando os vira-latas.

Carlos Henrique disse...

Vinícius,

Na fota ela tem boa parte sobre a linha, mas depois ela entra toda. Não chora não.

O Felipe entrou com bola e tudo sem preocupação, pois havia sido marcada falta nele.

Não precisa chorar e se desesperar.

Mas como o PC disse, se fosse do outro lado estariam usando os computadores da NASA e não falariam da falta marcada. Só para continuar iludindo os iludidos.

Cacau Avila disse...

Não liga Carlos.

Ele até agora andou para explicar a força com que digitou aqui na semana passada que "..o tal do mengão era o melhor time do Brasil...", denotando falar da atualidade.

Está atordoado, coitado. É novato no blog e sonhava em zoar os botafoguenses.

Saiu daquele jogo do gol de canela e de 87 minutos de futebol de ABC de Natal (todo fechadinho lá atrás), me perguntando a cada inserção "... me diga Cacau, quando é que vão ganhar do nosso time aí no estádio de vocês?...Já são aí 4 anos...."

Ele, decididamente, não está bem.

Tens alguma pomada para recomendar ao chorão? kkkkkkk