Livro sobre o Sandro Moreyra

Livro sobre o Sandro Moreyra
PRÉ-LANÇAMENTO - 22 DE AGOSTO - GENERAL SEVERIANO

Livro do Senta

Livro do Senta
Clique na imagem e encomende o seu

quarta-feira, 27 de março de 2013

Blog do PC no JB furou a Grande Mídia no caso da Corrosão no Engenhão

Não é de hoje que todos aqui sabem que eu sou um Grande Furador. E IMPARCIAL. Há quase um ano denunciei no meu Blog sobre o Botafogo lá no JB os problemas de corrosão no Engenhão. Na época os dirigentes do Glorioso não me deram muita bola e apenas trocaram as cadeiras. Agora está dando no que está dando. Mas insisto: algo há, algo há.

Para ler o post que saiu no JB em 10 de abril de 2012, clique aqui.





14 comentários:

RENAN MARCOLINO disse...

Pc, se tá correndo risco tem q interditar, mas eu tenho algumas perguntas!

1. Pq só agora??? Será q só agora passou a ser perigoso?

2. Pq só depois de Fla e Flu terem fechado contrato junto ao Botafogo para alugar o Engenhão até o final desse ano?

3. Pq justo no dia q César Maia começou a falar sobre sua candidatura ao Governo do Rio?

E pra mim a principal pergunta:

E O ELEVADO DO JOÁ, MEU DEUS???? SERÁ Q TEM ALGUMA COISA COLOCANDO MAIS A POPULAÇÃO EM RISCO DO Q O ELEVADO DO JOÁ???

Se tem q fechar. Vamos fechar e vamos resolver o problema, mas os culpados tem q pagar por isso!!!!! E não podemos ficar cegos diante aos demais problemas!!!

Um abraço!

Allan Gouvêa disse...

Boa PC, sempre a frente de todos. Falando sério agora, vai ser até bom pro foguinho se reformarem o pseudo estádio, sendo o estádio da Prefeitura a mesma está certíssima em preservá-lo. Estádio de verdade nunca será, porém pro foguinho jogar serve, pra quebrar um galho também serve, apoio a Prefeitura e o foguinho e seus torcedores também deveriam.
.
SRN

Allan Gouvêa disse...

PC, saiu sua matéria de novo na capa do Jornal do Brasil, inclusive seu nome saiu na matéria, ver link abaixo:
.
http://www.jb.com.br/esportes/noticias/2013/03/27/jb-ja-havia-alertado-para-problemas-no-engenhao/
.
É o PC e o Blog do PC pautando todo mundo, por isso sou fã e frequento este blog.
.
SRN

Jorge Eduardo Antunes disse...

A obrigação de reformar é do governante que licitou a obra, do governante que contratou as construtoras, das construtoras que abandonaram a obra, das constutoras que construíram a obra e do poder público que licitou a tercerização da administração mesmo sabendo dos vícios que ela tinha.
E quem deve pagar pelos prejuízos a causados a quem arrendou são estes mesmos sujeitos, que expuseram vidas ao risco.
Isso tudo está muito errado, até mesmo a época da interdição.

Andesilva disse...

A pergunta do momento eh a seguinte (e para mim, muito preocupante):

Sera que o Fogao vai aguentar este Baque? Pegaram pesado agora... temo por coisa ior, diante da realidade financeira do clube. Temo pelo pior!

Espero que eu esteja enganado.

SAN

Tarcisio A. de Moraes disse...

Quando é que o framengo e o florminense vão fazer a manutenção na cobertura dos seus estádios? E o campinho do vasco, tem cobertura metálica? Ou será uma marquise cinzenta em cimento do tipo utilizado no viaduto do Joá? Tem que ver, a segurança é fundamental.

Léo disse...

É uma semana para ser esquecida pelo Botafogo e pelos outros clubes do Rio, mas acima de tudo, para ser lembrada pelos cariocas quando irem depositar o seu voto.

Um estado que se vangloria de ser a vanguarda pensante e contestadora de um país e que elege e reelege governantes do naipe atual, permanecendo inerte aos desmandos dos últimos anos tem pouco direito de reclamar.

Quem vai pagar essa nova obra para as mesmas construtoras que participaram e acobertaram os erros de cálculo estrutural será o dinheiro do contribuinte, eles não entrarão nem mesmo com um "guardanapo".

Essa gente não tem escrúpulos, podem ter a certeza que não interditaram o Engenhão anteriormente por questões meramente eleitorais, somente por isto.

Por um tempo ainda acreditei que tragédias como aquela ocorrida na região serrana que vitimaram um milhar de pessoas poderiam mudar o rumo das coisas. Nada.

Nem mesmo se este teto desabasse e matasse uma geração inteira de famílias estes caras seriam afastados da vida pública.

Tá tudo controlado e o povo anestesiado.

O estádio olímpico de Berlin foi construído em 1936, o nosso não durou nem 6.

Como diz o patrão aqui: algo há, há algo...



Zabumbeiro de Zona disse...

|
O Engenhão foi construído com um erro de projeto e o desgaste na cobertura poderia causar uma tragédia. FATO.
Triste é a coincidência do problema estrutural só aparecer agora,
quando o período de garantia dado pela Odebrecht e pela OAS acabou.
Qualquer problema estrutural no Estádio do Botafogo seria da alçada das construtoras e agora passa a ser da Prefeitura do Rio, que vai usar o dinheiro público para consertar o Engenhão. :(

Gol do Bangu, digo, do Resende!

|

Léo disse...

Zabumbeiro:

A primeira coisa que pensei foi sobre essa questão da garantia, ocorre que, segundo o Paes, nem essa garantia existiu porque a Odebrecht e a OAS assumiram a obra após a desistência da Delta com a condição contratual de que estariam eximidas de problemas futuros cuja origem estivesse vinculada ao projeto inicial, basicamente tudo...

Uma pergunta, cadê o raio do CREA que durante a obra do engenhão não se manifestou e após o Botafogo assumir passou a dar pitacos semanais através da imprensa?

Cadê o CREA que não se pronuncia sobre a aberrante situação dos pilares do Maracanã, que foi motivo da alteração do projeto da cobertura para uma lona?

Tudo controlado.

Léo disse...

Taí um bom artigo:

http://espn.estadao.com.br/post/319097_odorico-paes-cabral-nuzman-o-estadio-que-honra-o-nome-e-um-documentario-definitivo

No meio do texto tem um link para um documentário no youtube sobre a construção do estádio, está dividido em quatro partes, somente pude assistir ao primeiro ate´este momento.

Não poderia dar certo. E não irá dar em outros.

Sidney disse...

Esse Prefeito tá fazendo o Rio De Janeiro um verdadeiro caos.

gtavares disse...

Léo,
Realmente, muito bom artigo.
A cada dia que passa, mas me convenço que fiz a escolha certa em educar meus filhos longe dessa bandidada que assola esse pais, é impressionante a falta de escrupulos desses politicos.
GB

Léo disse...

Acabei de assistir ao documentário do Discovery no youtube, Gilson.

Tem partes que impressionam, primeiro aquela babacada de sempre do ufanismo verde-amarelo junto com o complexo de vira-latas, tem um poético engenheiro que diz em um trecho:

"estamos construindo um estádio para mostrar ao mundo que nós existimos". Lindo, não?

Outro é o conhecido "jeitinho" presente em muitas situações do vídeo, algumas de alto risco para a obra e os trabalhadores envolvidos.

E o pior é que não duvido que isto ocorra em outros estádios no pós-copa.

No caso do Engenhão sequer há ideia de como resolver o problema devido ao "ineditismo" do projeto.

Estes últimos quinze anos de farra com o dinheiro público vão cobrar uma factura muito alta em um futuro bem próximo...

santos disse...

"A primeira coisa que pensei foi sobre essa questão da garantia, ocorre que, segundo o Paes, nem essa garantia existiu porque a Odebrecht e a OAS assumiram a obra após a desistência da Delta com a condição contratual de que estariam eximidas de problemas futuros cuja origem estivesse vinculada ao projeto inicial, basicamente tudo..."
Léo.

Pois é, Léo, foi exatamente o que eu tinha ouvido. Não por coincidência, Engenhão e Cidade da Música foram obras contratadas pela "administração" César Maia. Duas obras pra lá de superfaturadas, o Engenhão custou seis vezes mais do que o que fora orçado inicialmente. Já a Cidade da Música, Elefante Branco com letra maiúscula, o desgraçado sequer chegou a terminar, depois de estourar o orçamento algumas vezes.
Em um país minimamente sério, esse cidadão estaria preso e teria perdido todos os bens para ressarcir parte do prejuízo ao erário.

VascãO 2013