Sandro Moreyra, um autor à procura de um personagem

Sandro Moreyra, um autor à procura de um personagem
À venda no buscapé em 16 livrarias e em diversas livrarias ao vivo (Clique na imagem acima)

Livro do Senta

Livro do Senta
Clique na imagem e encomende o seu

sexta-feira, 29 de março de 2013

Para quem há anos tem um comentarista que nos jogos do Flamengo diz "o nosso time", isso aí é pinto



Dando no Lancenet. Vale a pena ler na íntegra. Clique aqui.

12 comentários:

Carlos Henrique disse...

Falando de patrocínio mas mudando de assunto.

Vendo o jogo dos urubus contra o Madureira, notei, na hora que fantasiaram o Rafinha de Smurf, que a tal toca era da Olympikus.

Mas os caras não estavam enchendo a boca (e quem gosta de fazer isso é tricolor) para falar de um contrato bilionário com a Adidas? Era mais um "engana trouxa" esta história? Ou alguém percebeu a furada? Acho que nessa o Fra se deu bem.

Abraços.

Vinícius Monteiro disse...

Carlos, o contrato com a Adidas vai começar a valer a partir do Brasileirão.

Junto com a Adidas, vem mais patrocínio pro Mais Querido.

Resumindo: Será uma "atualizada" geral.

Carlos Henrique disse...

Ih, se for verdade então ainda estão correndo sérios riscos.

Vamos aguardar.

edgard horacio disse...

não passa de um laranja.
vale também ler o blog
do paulinho >>

http://blogdopaulinho.wordpress.com/2013/03/29/a-etica-de-ronaldo-nunca-existiu/

Cacau Avila disse...

Edgard meu caro.

Não fui ler a matéria sugerida por você pois estou na correria mas veja..

A ética do Ro-gordo pode ser medida por usar o framengo durante todo o tempo em que se recuperou fisicamente de contusão e, na hora de mandar o filé em campo, atender aos apelos do dinheiro dos paulistas.

Tá certo que o menguinho deu o troco no Grêmio no caso do masturbador da net, mas o episódio do Ronaldo ficou.

eduardo schiefler disse...

carlos, depois de anos de bagunça profissional no flamengo, a nova diretoria está acertando muito mais que errando, e no caso da olympikus está certíssima em usar o logotipo da empresa inclusive nas entrevistas coletivas.
O incrível é ver numa semana, noticias como possível suspensão de um senhor que é um exemplo como jogador por causa de um idiota com um apito na boca, e interdição do estádio do botafogo ás vesperas da abertura do maracanã, com amistoso internacional e copa da confederações à porta de nosso país.
nessa hora...a parte de torcedor de clube deveria ser colocada de lado...estamos sendo ridicularizados perante o mundo....o engenhão começou todo errado, e agora esta sendo usado como manobra política.
estamos hospedando um casal italiano, e senti vergonha em discutir esse assunto hoje no almoço.
a presidente Dilma deveria intervir imediatamente.

Pablo disse...

Meu Deus, o que houve com o Eduardo Bambam?

Belo post do Sr. Bambam. Digno de destaque.

Parabéns.

Abs
Pablo
PS: o Paes pode ter dado um tiro no pé nessa história. Vai acabar sobrando politicamente pra ele...

eduardo schiefler disse...

Pablo...

eduardo schiefler disse...

Pensei um pouco se deveria perder tempo contigo...mas vamos lá..
Essa tua "totocagem" de bambam...merecia que tipo de apelido uma pessoa que se esconde atrás do anonimato como tu ?
faz uns 4 anos que comento e prestigio o blog, porque o blog é e sempre foi um espaço diferente do habitual na internet. Sem contar os amigos que ganhei.
Se na tua opinião esta é a primeira vez que falo algo que valeu à pena...certamente mostras que como os que tu ataca...apenas aceitas as tuas verdades e pontos de vista.
para uma pessoa aparentemente inteligente...poderias ter um comportamento um pouco diferente.
gosto e muito de futebol...não esqueço seu passado..aprecio o presente ...mas me preocupo com o futuro.
uma boa pascoa pra ti e teus familiares, assim como para todos os amigos do blog.

Pablo disse...

Eduardo, o apelido "Bambam" pegou não porque você não "aceita as nossas verdades e pontos de vistas".

Pegou porque você fala um monte de abobrinhas desconexas e depois "morre de rir"...

Exatamente como faz o Bambam...

Feliz Páscoa e aproveite o casamento.

Mas cuidado, não se esqueça que a gente só conhece a namorada quando casa e só conhece a esposa quando separa...

Abs
Pablo

Léo disse...

Onde assino todas as linhas do Edu?

Pode parecer bobagem, mas na última semana tive o mesmo incomodo ao ter que explicar aqui as mesmas questões citadas acima.

eduardo schiefler disse...

Léo, as vezes é difícil.
Um abração pra ti.
Pablo...conheço bem quem escolhi pra ficar ao meu lado pro resto da vida.
E se tu não entendeu bem o comentário do Léo...tu não difere muito dos que tu reclama aqui...não passa de um covarde que se esconde atrás do anonimato...podes perguntar a opinião do mestre PC, e vais ver que é igual a nossa.
Feliz Páscoa pra ti e tua família.