Livro do Senta

Livro do Senta
Clique na imagem e encomende o seu

segunda-feira, 4 de maio de 2015

Conviver é possível

E hoje tive a satisfação de almoçar com dois queridos amigos e ex-alunos vascaínos. Fábio Médici e Jorge Eduardo. Fábio foi o primeiro cara que ouvi chamar o Fogão de "Faísca" aqui no Blog, onde nos reencontramos. De vez em quando o bicho pega quando o assunto é Glorioso e Coadjuvante. Mas sem ofensas pessoais, sem cagações de regras, sem lições de moral e cívica. Jorge veio de Brasília apenas para ver o jogo. Claro que perder é chato. Ainda mais uma decisão para um velho freguês de decisões. Mas perder sem armações, sem sujeiras, sem lances duvidosos... não incomoda. Faz parte do esporte.


21 comentários:

Pos Graduação disse...

Normal
Até pq vasfogo é a fusão de dois adversários que só tem um objetivo: derrotar o Flamengo. O resto é cortina de fumaça.

Marcos Paret disse...

Puxa...

Não sabia que o vasco tinha levado a ameba Tomas ou que o Botafogo tinha contratado o bom atacante Gilberto.


Boa essa!... rs.

Pos Graduação disse...

É a mesma coisa. Não importa se são campeões ou não, o importante é o flamengo não ser campeão. Domingo era uma festa de confraternização, depois do bjetivo alcançado pelo vasco, os bostavasguenses estavam felizes. Engraçado o Guinhazu quase arranca o pescoço do Pimpão e não houve um choro. Por muito menos cobram a expulsão do Juan em 2009.

Frederico disse...

"Temos três de gestão agora, acho que nesses três não, mais três as coisas podem começar a melhorar, acho que de uns sete a oito anos a gente começa a ter um quadro mais claro (...) Felizmente a gente alcançou esse primeiro bom resultado no Campeonato Carioca e, em paralelo, conseguimos fazer as restrições econômico-financeira, apostando que o caminho da recuperação esportiva nos reconduza à série A porque se fracassarmos nessa missão da Série A arrisco dizer que o Botafogo entra num processo de apequenamento difícil de ser revertido. Não tenho a menor dúvida de que tem que ser esse ano e nosso trabalho está todo voltado para isso - afirmou."

PC, essas palavras aí em cima são do presidente do Botafogo, veja bem, ele fala em risco de "apequenamento" e 8 anos para "colocar a casa em dia". Acho que a torcida do Botafogo deveria prestar atenção a essa realidade duramente exposta e se unir pelo bem do clube. Diante de todo esse quadro, eu creio, muito modestamente, que utilizar "espaços botafoguenses" com a finalidade única de atacar um outro clube e aviltar uma torcida adversária é, no mínimo, um tiro no pé.

E não falo de seu blog especificamente, mas de um incrível movimento de espaços alvinegros que vão nesse nefasto sentido. Nem falo daqueles que foram criados para praticar crimes, mas de outros, supostamente sérios, que passam a se voltar exclusivamente contra o Flamengo, insultando o clube e a torcida generalizadamente. Não vou citar o blog, mas li estarrecido uma postagem em um desses blogs, ou blogue, como prefere o dono do referido espaço, segundo o qual após uma série de ofensas conclui que "não há nada mais imundo que a torcida do Flamengo."

Convenhamos, nesses termos que tipo de "convivência" é possível. A dificuldade de manter um civilizado fair play desportivo vem de que lado? Não existe um único blog mantido por torcedor flamengo voltado exclusivamente à prática de crimes contra a honra de uma instituição, mas os mesmos pululam entre botafoguenses (não vou mencionar torcedores de outros clubes, pois aqui é um lugar do Botafogo).

É uma pena que o futebol, especialmente nosso combalido futebol brasileiro, só esteja servindo para causar dissensões,instilar o ódio e criar inimizade entre as pessoas.

Também é incrível que durante duas semanas com o Flamengo eliminado do campeonato tenham esquecido completamente o próprio clube para fazer referências, quase exclusivas, ao já batido adversário (adversário, não inimigo), depois se fala que a "grande mídia" só se ocupa do Rubro-Negro, mas como reclamar se os próprios lugares criados para enaltecer um clube preferem falar apenas de outro?

E não importa aqui se o fato é falar bem ou mal, mas sim falar, ou seja, colocar em exposição a outra "marca" em detrimento da própria.

Eu realmente não entendo e, prefiro não ir ao encontro das explicações mais vulgares, gostaria de entender como um erro, erro este que pode causar danos ao próprio objeto de amor. Ou o ódio pelo Flamengo prevalece em relação ao amor ao Botafogo?

Um abraço, e esclareço a todos, independentemente de paixão clubística, que escrevi apenas a guisa de explanar algumas ideias e sentimentos. Não pretendo discutir questões desta ordem sob os refletores da paixão, muito menos polemizar ou criar ainda mais rancor e desarmonia.

Thomas Beta disse...


Parabéns, Frederico.

Falou tudo.

Panis et Circenses!!!! disse...

Frederico,


Rapaz, você tem noção do que acabou de fazer?

Você acabou de transformar o presidente do botafogo em mais um membro da flapress, mais um iludido, ingênuo, irresponsável e afins...


consigo até prever os próximos posts:

O Paret fará algum anagrama amalgamando as letras "FLA" ao nome do presidente, zoará o Thomas, o Caju e mais alguns...

O Pablo dirá que o presidente está dizendo essas inverdades por que a globo ( ou rgt como o próprio adotou) o mandou dizer.

O Pc dirá que somos todos iludidos, ingênuos e infantis...


Camejo.

Péricles disse...

"Conviver é possível"

Será que vc conviveria com rubro-negros? Acho difícil. Se um jogador do Vasco faz uma falta desleal num botafoguense, vc acha normal. Se é um jogador do Flamengo vc já diz que o Flamengo ganhou o jogo porque um jogador que merecia não foi expulso.

Já reparou que vc nem fala do Botafogo?

pc guimarães disse...

Fredera
Acho que você não leu o livro do Jogo do Senta. Não leu a indignação do Bebeto de Freitas. Esse novo presidente do Botafogo é mais um "bonzinho" bem intencionado nessa Selva de Espertos de dirigentes. Conheci o cara e me parece um cara do bem e TRABALHADOR. Quanto ao fato deste Blog falar do Flamengo é porque é editado por um botafoguense. Você é flamenguista e não entende como doeu nos botafoguenses o que aconteceu em 2007, 2008 e 2009. Fora o Vasco no ano passado. A indignação do Bebeto, com quem conversei pessoalmente, vem muito daí. Mas é mais fácil achar que Bebeto, Túlio Guerreiro, Lúcio Flávio, Cuca e todos os botafoguenses são "chorões" e babacas e só os flamenguistas são espertos. Sousa, Toró, Léo Moura, Obina são os espertos e os botafoguenses são babacas. É isso? Tentar rotular um clube e seus torcedores de "chorões" não fomenta o ódio? O deboche dos adversários não fomenta o ódio?
Este espaço aqui sempre respeitou o torcedor de todos os times. Inclusive os flamenguistas. Fiz amizade com muitos deles, inclusive você, que ainda não conheço pessoalmente. Mas me desculpe mas não respeito a instituição Flamengo. Negar que o clube vem sendo beneficiado há anos por arbitragens e pelos demais poderes do futebol? Negar a força que o Flamengo tem dentro das redações dos grandes veículos? O que está acontecendo é que as redes sociais estão acabando com o poder dos jornalistas. Há alguns anos colunistas davam a última palavra e não admitiam contestação. Uma imbecilidade e irresponsabilidade como a que esse Mauro Cezar Pereira, que alguns aqui idolatram, escreveu no seu twitter não teria resposta há alguns anos. Agora tem. Você é um cara inteligente, estudioso, bem preparado. Sabe muito bem o que é manipulação da massa.
O que está havendo é que os próprios flamenguistas estão tentando usar as redes sociais para enfrentar as críticas. Faz parte.
Não tenho tempo de ler blogs. Até gosto de alguns que são feitos por pessoas sérias e responsáveis. Minha leitura é qualificada. Não perco tempo com baboseiras. Já teve blogueiro me chamando pra bate-boca. Não aceito. Mostro aqui a minha cara e sou um profissional mais ou menos conhecido e respeitado. E não sou criança. Alguns amigos de grandes órgãos da Imprensa reclamam de mim por eu "dar papo para flamenguistas". Por que não? Mas negar as evidências? O Botafogo e o Coritnhians passaram mais de 20 anos sem ganhar títulos. Grêmio, Palmeiras, Vasco, Atlético Mineiro, até o Fluminense e outros clubes caíram para a Segunda Divisão? O Flamengo nunca caiu. O Flamengo não passa dois anos sem ganhar um título. Você acha mesmo que o Flamengo é essa brastemp toda? Ora, me poupe, amigo.
Você tem meu telefone e podemos debater a hora que você quiser.
Mas este Blog jamais vai esquecer 2007, 2008 e 2009.
grande abraço
pc

Ricardo Carlos disse...

Flamengo é hoje o clube que mais fatura no futebol brasileiro é também foi o ÚNICO a reduzir sua dívida.

Estamos na contra-mão do futebol brasileiro, na contra-mão de clubes como Corinthians, Vasco e botafogo.

Zabumbeiro de Zona disse...


PC, o framengo já caiu várias vezes. Não jogou as divisões inferiores porque o $i$tema do Pão e Circo não permitiu.

Por que o flamengo escalou um jogador irregular no sábado e a Portuguesa cometeu o mesmo erro no domingo?

Quem subornou a Lusa em 2013?

Quem calou o MP paulista?

Qual intere$$e oculto impediu o framengo de jogar a Série B de 2014?

Não jogou a segundona, MAS CAIU.
Várias vezes!


Frederico disse...

Caro Guima, claro que li seu livro, leria nem que fosse pela simples vaidade de ser citado como um dos colaboradores e ser indiretamente personagem do livro, citado nominalmente na página 140, mas não foi apenas por essa veleidade que o li, li na condição de apreciador de bons livros.

Tenho seu telefone, vou ligar, vamos conversar, será um prazer e uma honra.

Paulo, só gostaria de fazer alguns adendos em seu espaço. Como está escrito no livro o time do Flamengo, ou ao menos, boa parte dele sentou em campo. É verdade. Naquele distante dia de setembro de 1944 fomos chamados de "sentões" e, por muitos anos a cada jogo contra o Botafogo gritavam das arquibancadas: "senta para não apanhar de mais!", em 2008 jogadores e dirigentes do Botafogo sofreram no vestiário uma crise convulsiva de choro. É verdade. O jogo passou a ser conhecido como "Jogo do Chororô" e os botafoguenses passaram a ser chamados jocosamente de "chorões". Qual a razão de um botafoguense ficar magoado e entristecido, nas suas palavras talvez sentimentos ainda piores, por uma "provocação" ou "brincadeira" pela qual nós já havíamos passado 64 anos antes?

Ora dirão: Mas o Botafogo tinha razão, e eu direi que cada um julga suas próprias razões. O Flamengo sentou em campo para repudiar a arbitragem, o Botafogo chorou no vestiário para condená-la. Em ambos os casos foram atos extremos. O Flamengo colocou à prova a ideia geral de que não se freia uma batalha, o Botafogo a ideologia formada de que bravos não choram. Pagamos pelos nossos feitos, a história não os esquecerá; flamenguistas foram expostos ao ridículo em 44, revidaram em 2008.

No entanto não vejo que essas duas atitudes devam ou possam gerar o ódio extremo nas respectivas torcidas; depois de 44 muita coisa aconteceu, após 2008 muita coisa ainda acontecerá, essas são as tais manifestações "sadias de rivalidade". Sentão!!! Chorão!!! O que não é sadio é dizer que alguém tem as mãos sujas, ou que é imundo e não merece o respeito.

O Botafogo passou incólume pela gestão do racista Azeredo? (fato amplamente propalado por Mário Filho!), pela gestão de bicheiros encabeçados por Emil e que algum tempo depois estariam encarcerados após a decisão da Juíza Frossard? (botafoguense por sinal). Passou incólume com Montenegro, o todo poderoso proprietário do maior instituto de pesquisa do Brasil, e que já foi atacado como manipuladorde eleições pelas mesmíssimas pessoas que atacam a Rede Globo?

Frederico disse...

Ficou grande, desculpe. Aqui vai a continuação.

Não foi historicamente o Botafogo o clube de importantes políticos e banqueiros? (estes últimos bem piores que os do "bicho"?). Pesam também contra o Botafogo acusações não comprovadas, como a de doping naqueles monumentais 6 a 2 na final de 57 contra o Fluminense e, nos 3 a 0 contra o Flamengo em 1962. Curiosamente o Botafogo nas duas ocasiões chegava a última rodada um ponto atrás do adversário, e justamente na grande final jogava sua melhor partida. O mesmo aconteceu em 1948 nos 3 a 1 contra o Vasco, que muito protestou e alega até hoje um suco de laranja batizado com soníferos, gentilmente cedidos pela cartolagem alvinegra no intervalo do jogo. Aí eu pergunto, qual a razão de todas essas acusações contra o Botafogo serem difamatórias e em relação ao Flamengo serem verdades absolutas?

PC, não me leve a mal, nunca existiram santos, estivessem eles combinando o preto com vermelho ou com o branco. O maniqueísmo do absurdo que busca colocar o Clube de Regatas do Flamengo sempre no lado das trevas é um artifício que não pode enganar ninguém.

Outra coisa importante é sobre a grande mídia. Sempre ao lado do Flamengo? Será? E a força notória dos jornalistas botafoguenses, como o todo poderoso da Globo Armando Nogueira? E as vozes de Sandro, João, Oldemário,Mendes, Porto, a sua e tantas outras???? E o poder do já citado e ligadíssimo a Globo o presidente Carlos Augusto Montenegro?

Também não concordo, por fim, com essa ideia de que os blogs "estão mostrando a verdade", parece uma coisa reverencial, bíblica: "conhecereis a verdade e ela vos libertará"; melhor seria para todos: "conhecereis a verdade e ela vos ferirá"; fere botafoguenses, tricolores, cruzmaltinos e flamengos, mas qual verdade? A verdade imposta pelas ideias ideologicamente marcadas de quem torce por um clube e admite odiar o outro, seja lá para que clube torce o blogueiro e qual o objeto de seu ódio?

Para cada blog uma verdade. Para a História a busca dos acontecimentos...

Bom, meu amigo, por enquanto fico por aqui e, estendo minha mão em ato de respeito e amizade, caso contrário acabaremos duelando como em um romance de Dumas. Eu sou o Conde de Monte Cristo, você o banqueiro Danglars...rsrsrsrs (brincadeira, meu amigo). Forte abraço, sobretudo sincero.

ps.Agradeço ao Thomas pelas amáveis palavras.

Anônimo disse...

Quer dizer então que desmascarar essa farsa que é o SENTÃO significa "odiar"?

Graças à inteligência e coragem do Professor PC já não se forma mais opinião de massa como antes no futebrax brasileiro.

Não quer ouvir a verdade vai ler flapress.

Graças a Deus nós temos a liderança firme do PC que conduz um debate ao mesmo tempo inteligente e democrático.

O PC substitui uma lacuna deixada por João Saldanha, Sandro Moreira, entre outros. Quem leu esses caras vê que o estilo era parecido. Estimulavam o debate e o contraditório, mas sem deboche e provocações rasteiras como fazem Mauro Cezar, RMP, entre tantos outros que não vale a pena citar. Sempre com bom humor.

Voem daqui urubus. Vão assistir o Bonner e a novela da RGT. Ou fiquem e aprendam a conviver com quem não foi adestrado.

O Blog do PC é leitura obrigatória para jovens. A mensagem vai além do futebol.

O Blog do PC salva.

Abs
Pablo

Péricles disse...

O problema é que quanto mais o PC ataca o Flamengo mais o time dele se degrada (ao ponto do próprio presidente do clube falar em "risco de apequenamento definitivo"). É o clássico caso de se acusar os outros da sua própria incompetência... ficar acusando o Flamengo de tudo de ruim no mundo não tem ajudado o Foguim, muito pelo contrário...

santos disse...

Ô, PC, eu também tinha que estar nesse almoço! Também sou ex-aluno seu e vascaíno!

Só não tenho um Corolla na garagem, rs!!

Gostei da imagem; espírito desportivo é isso aí! Parabéns!!

Vascão 2015

Marcos Paret disse...

Doping Frederico? hahahaha

E se isto pudesse ser atrelado à verdade dos fatos, com tantos títulos de gols contestáveis (o de 56, falado no livro), só o Botafogo o fazia?


1957 - "..Aberta como uma lata (termo da época), a defesa do Fluminense vergava-se a Garrincha..".


Isto é doping ou superioridade técnica monstruosa?


1963 - "....Garrincha foi a campo e teve naquela decisão a maior atuação individual de um jogador na história do Maracanã...." - é o que diz até hoje a imprensa, a antiga e quem ainda fala do jogo, sem que uma nova atuação de gala possa contestar isso - nem naquele dia mágico em que Zico bateu o recorde de gols num clássico, fazendo os 4 do seu time num 4x0 no Flu (não lembro o ano mas o jogo foi mágico).


1963 foi o ápice de um gênio ou apenas uma maracutaia deslavada?

Garrincha jogou sim, com infiltração no joelho mas me diga, precisando disto, a lenda apenas voltava para um segundo tempo de glória tentando ficar de pé (era a única coisa que precisava para que pudesse pairar sobre os comuns em campo, vários patamares acima).

_____________________________


E a mídia era sim botafoguense caro amigo, claro que por opção técnica (os inteligentes torciam pelo melhor), mas é mais claro e atual ainda que o velho Marinho montou um esquemão bem urdido, mandando seu principal executivo para a Gávea e a partir dali, dando voz apenas aos que fizessem eco à flamania, com o claro intuito de os fazer nacionais e tirá-los deste regionalismo de mais de sessenta anos. Os que já eram rubrunegros então saíram das suas tocas (Cury e Kleber entre os mais notórios) e passaram eles a decantar lendas e tecer loas.

Mas o FLApito é incontestável. É muito mas muito mais coisa lamacenta a ilustrar tal afirmação.

_____________________________

E para os FLApressadinhos que agora vão atrelar o seu ôba-ôba à declaração do nosso presidente, lembrem-se de 1977/1988. Se forem muito novos, perguntem a quem tem 60 anos. Davam até data para o Botafogo acabar.

Panis et Circenses!!!! disse...

Zabumbeiro,

"PC, o framengo já caiu várias vezes. Não jogou as divisões inferiores porque o $i$tema do Pão e Circo não permitiu."


Cara, vou acreditar em você.

Afinal de contas, o clube para qual você torce tem experiencia em cair, voltar pelos tribunais e depois ainda se proclamar vitima dos fatos...

Né Paret??



Camejo.

Panis et Circenses!!!! disse...

Paret,


de novo:

"...com o claro intuito de os fazer nacionais e tirá-los deste regionalismo de mais de sessenta anos."


Eu já provei aqui por a + b que o flamengo já era um time nacionalmente popular antes dos 80.


Largue de invencionice e vá ler.


Camejo.

Frederico disse...

"Pesam também contra o Botafogo acusações não comprovadas"

Paret, as palavras que utilizei foram textualmente coladas acima.

Eu não afirmei que houve doping,falei que existem acusações não comprovadas, em paralelismo com outras também não comprovadas que atingem o Flamengo.

Eu lido com fatos comprovados. Não levo em consideração acusações do tipo "FLApito é incontestável". Se você tem provas, como depósitos efetuados, benefícios auferidos por algum árbitro etc. jogue na rede ou entregue ao Ministério Público, eu vou ser o primeiro a concordar e exigir punição. Caso contrário se torna uma posição cômoda do mesmo naipe do "suborno à Lusa", no qual há um ano e meio acusam dois clubes; a polícia apura, o MP apura e até agora nenhuma prova.

Quanto ao Botafogo ACABAR, ninguém falou nisso, acho que esse é um medo bastante seu. O presidente Carlos Pereira falou em "apequenamento", como outros falam em redimensionamento do tamanho dos clubes em face das atuais circunstância de nosso futebol.

FLAbraços!!! rsrs



Pos Graduação disse...

E Paret justificando título, não sao vcs que nunca justifcam titulos?

Caju disse...

Putz PC, depois dessa "aula" do Frederico, a melhor a fazer é rever a linha editorial do blog...Hehehe

Mesmo com acionando a "Tropa de Choque" do blog, os argumentos do rubro-negro foram bem sedimentados e nos bastou apenas "assinar embaixo". Hehehe

Como já falei, se viesse aqui, além das zoações,normais da rivalidade, houvesse a crítica coerente a própria gestão limeirense, seria muito melhor qualificado, mas....

Enquanto isso, a Limeirinha passou essa semana, a ser o clube mais endividado do Brasil... Obrigado por nos tirar esse "título". Ah, R$ 800 milhões é troco...Hehehehe

Lendo o texto, como falaste: "Mas perder sem armações, sem sujeiras, sem lances duvidosos... não incomoda".

Pergunta ao santista Milton Neves se ele aceita esse "migué" depois da mãozinha do Márcio Rezende de Freitas em 1995?! Hehehe

Rumo a Belém

SRN

Caju