Livro sobre o Sandro Moreyra

Livro sobre o Sandro Moreyra
PRÉ-LANÇAMENTO - 22 DE AGOSTO - GENERAL SEVERIANO

Livro do Senta

Livro do Senta
Clique na imagem e encomende o seu

domingo, 21 de julho de 2013

Torcedor no Maracanã agora só atrás do gol

Que absurdo! É o apartheid do Maraca. Quase 40 mil pessoas no estádio para ver Coadjuvante e FluFlu. Quase todos atrás dos gols.

16 comentários:

Sidney disse...

Pc, não reclama você sabe que os tricolores gostam das coisas de trás.

Cacau Avila disse...

Vai ficar esquisito PC.

Os "clientes vip´s" do Eike não vão aparecer pois o sócio torcedor já tá levando muita gente ao estádio e como não é 'festa' da seleção, quem não tem o card não vai deixar de pagar sessentinha para pagar o que o "dono da casa de espetáculos" quer cobrar pelos melhores lugares.


Eu ando dizendo faz tempo que, como o contrato não os obriga a usar o estádio para futebol, vão armar ali um calendário de shows "2 milhões por evento" e o futebol vai acabar ficando mesmo para o Engenhão deixando somente as decisões para a casa do meio que milionário meio que falido.

Sidney disse...

Amigo Cacau, preciso com urgência o garoto Vitinho e mais uns dez jogadores, têm como você me emprestar meu amigo ? Só pago ano que vêm.

Cacau Avila disse...

Deixei três piadas urubulinas no outro post.

______________________________

"Odeio" quando o menguitinho paga micos.

Outro dia a tela ficou quase 30 horas toda verde.


Agora é essa vermelhidão.


Doideira!


............................


Não custava nada mais uma piadinha né?

Sidney disse...

Amigo Cacau vc esta com raiva de mim ?

Allan Gouvêa disse...

E todos os comentaristas da Band, tv isenta, estão neste momento falando que foi penal claro no Bruninho, ou seja, o Flamengo foi roubado. Como o Flamengo não é o pequeno foguinho, não veremos os jogadores do Flamengo invadindo coletivas de imprensa aos prantos, soluçando como crianças....
.
SRN

Sidney disse...

Pc, não e verdade o que vc tá falando, têm torcedor sim no meio do estádio, mas o que estão no meio e o que pagaram 300 reais.

pc guimarães disse...

Eles se sentaram, Allan?

pc guimarães disse...

E quem é Bruninho?

Sidney disse...

Pc o que significa apartheid ?

pc guimarães disse...

Ao google, Sidney. Aproveita e se informa sobre o Grande Mandela.

Zabumbeiro de Zona disse...


BUUUUÁÁÁÁÁÁÁ...

15º kkkkkkkkkkk...

Cacau Avila disse...

Allansid vai precisar de lenços esta semana no blog.

Vai sim.

____________________________

Sem raivas sid-allan. Sem broncas.

Tudo tranq.

Só tô meio que ocupado e sem tempo aqui.


Vlw.

santos disse...

Cacau, longe de mim, defender esse bando de FDP do Consórcio que "administra" o Maraca, mas a licitação prevê, sim, um número máximo de shows e um número mínimo de partidas de futebol por ano. Justamente para evitar que o estádio vire casa de espetáculos.


Vascão 2013

santos disse...

E mais uma página vergonhosa na história do Flu. Tratada como “bobagem” nas mesas redondas do Sportv, a questão dos lados das torcidas do Maraca está bem longe disso. Em acordo de cavalheiros, os dirigentes dos grandes clubes do Rio decidiram que o campeão do primeiro campeonato do Maracanã (1950) poderia escolher o local para sua torcida e isso seria pra sempre. Claro, era um tempo em que a palavra empenhada valia alguma coisa. Ocorre que para o presidente mauricinho tricolor, tradição e palavra não valem nada. Ele só respeita duas coisas: dinheiro, afinal, nasceu cercado de grana; e contrato, pois é advogado, estudou isso e é herdeiro do milionário escritório do pai. Assim, o que foi conquistado dentro de campo, pelo mérito esportivo, foi comprado pelos tricolores com a força do dinheiro do patrocinador. O Fluminense parece um menino rico mimado, que olha a medalhinha conquistada pelo colega em uma competição estudantil, acha bonita e oferece um dinheiro por ela. Agora aquele vai ficar conhecido como o lado da vergonha.

Cacau Avila disse...

Ok Santos.

Não conheço o documento. Apenas reproduzi o que ouvi num programa esportivo e bem sei que alguns daqueles repórteres "batem primeiro para perguntarem depois", ou seja, jogam o treco no ventilador e só depois vêm com a desculpa de que era notícia furada.

Ouvi mesmo que não têm, pelo contrato, a obrigação de usar o estádio para futebol sempre (a não ser quando tem que ser cedido para CBF e FIFA).