Livro sobre o Sandro Moreyra

Livro sobre o Sandro Moreyra
PRÉ-LANÇAMENTO - 22 DE AGOSTO - GENERAL SEVERIANO

Livro do Senta

Livro do Senta
Clique na imagem e encomende o seu

quarta-feira, 24 de julho de 2013

Diretoria elitista do Fla lava as mãos e anda pros torcedores na questão dos ingressos merrequinhas

E pensar que tem gente que acredita na conversa mole de que o Framengo é o time do povo. A matéria abaixo, publicada no Globo de hoje, mostra bem a farsa. O cara só falta dizer "c... e andei, o problema é de quem é duro". Quem mandou acreditar na farsa de time do povão?



Para ler, clique na imagem. Se mesmo assim não conseguir ler,
compre ou troque o óculos ou assine ou compre o jornal na banca

25 comentários:

Allan Gouvêa disse...

Pc, é você mesmo que vive dizendo que o grande Flamengo é um clube comum e popular, por isso é o clube do povão, passou a discordar agora ? Ou mudou de opinião ? está cada vez mais dificil frequentar este blog.
.
Deu na Coluna do RMP de ontem:
"Bomba relógio
Os salários atrasados e o mal-estar de alguns jogadores com a insistência de Seedorf em arrebanhar companheiros para a agência esportiva que representa tornam tenso o ambiente no Botafogo que, apesar disso, lidera o campeonato. Sem brilho, como na vitória sobre o Náutico, mas com méritos."
.
Será mesmo que o Seedão está aliciando os jogadores do foguinho ? Será que isso é ético ? Será que isso é exemplar ? Será mesmo uma bomba relógio ? Se ele faz isso com os chamados profissionais do foguinho (é de morrer de rir ter alguma profissional no foguinho), imagina o que não faz com os jovens da base...
.
Respostas e choros abaixo...
.
SRN

Adriano Ferrarez disse...

É muito complicado tudo isso. É a elitização do futebol, o esporte que ainda é o mais popular do Brasil. Estava revendo uma entrevista do saudoso João Saldanha ao Roda Viva da Cultura em 1986 e ele falava sobre o nível do futebol brasileiro àquela época e ainda hj em declínio (não nos enganemos com Copa das Confederações) e ele falou que nos áureos tempos do futebol brasileiro em cada quarteirão de uma cidade como São Paulo havia um campinho de futebol. Hoje esses mesmos campinhos, em que se revelavam grandes talentos viraram arranha-céus ou foram entregues à especulação imobiliária e aos latifundiários das cidades. Os moleques que moram na minha rua estão jogando bola numa rua com inclinação de mais ou menos uns 40 graus porque não existe por aqui um campinho ou quadra poliesportiva pra esses moleques brincarem. Por que que eu tô falando isso tudo, pelo simples motivo de que assim como ocorreu com os campinhos de várzea em que a especulação imobiliária foi o motivo do seu fim, o mesmo está ocorrendo com a participação pública nos estádios. Em suma, como diria o ditado popular: "Onde o dinheiro fala, a verdade (a beleza, a alegria) se calam".
Dia desses estava assistindo ao filme "Garrincha alegria do povo" e as panorâmicas das arquibancadas faziam juz à palavra povo. O público que assistia ao anjo de pernas tortas eram operários recém saídos da jornada que lotavam o Maracanã para sorver esse maravilhoso ópio que é o futebol. Hoje com essa elitização o Maraca é cada vez mais da classe média que acha que a Europa é aqui e querem ficar sentadinhos numa arena.

eduardo schiefler disse...

Assino embaixo Adriano.
Se não forem tomadas iniciativas, daqui a pouco as torcidas aqui vão ficar tão chatas quanto às de times como Chelsea,Arsenal e Man Utd, que tem públicos enormes, lotam o estádio mas ficam lá vendo o jogo como se estivessem no cinema. Prestem atenção no que acontece quando um time italiano,alemão,grego ou turco visita um time desses....3 mil torcedores de verdade desses países calam os 50/60 mil ingleses engravatados.
O Borussia Dortmund que tem a maior média de público do futebol no mundo, tem ingressos de 9 euros (menos de 30 reais), e uma grande área atrás do gol sem cadeiras.

Daniel Victor disse...

Pericles Bassols! Ele mesmo! Escolhido a dedo, cuidadosamemte, para ser o apitador do classico.

Pra quem tem alguma duvida, nao se recorda ou nao o conhece, esse video bem curtinho mostra alguns dos grandes lances da carreira do individuo. No caso, o garfado eh o vasquinho.

http://m.youtube.com/#/watch?v=EKUeoOkv2jk&desktop_uri=%2Fwatch%3Fv%3DEKUeoOkv2jk


Quem sera a Ana Pau La da vez no jogo de hoje?

Chico da Kombi disse...


Com a conclusão dos acordos entre framengo e Flu com o Consórcio Maracanã, não faz mais sentido manter o Engenhão fechado.

A interdição do estádio do Fogão já cumpriu o seu papel.


http://globoesporte.globo.com/futebol/times/botafogo/noticia/2013/07/engenhao-tem-previsao-de-reabertura-para-abril-de-2014.html


Mario_av disse...

Eu estou com muita vontade de ir ao maracanã no domingo, mas não me conformo com o preço dos ingressos. Como comentaram o Edu e o Adriano, meu público também é outro.
O Carlos Eduardo Novaes, para variar, está mais do que certo:

http://oglobo.globo.com/rio/ancelmo/posts/2013/07/24/ponto-final-504543.asp

Mario_av disse...

Pois é, continua muito estranha esta interdição do Engenhão. Agora já pode abrir no começo de 2014. Uma pressãozinha mais e reabre semana que vem.

Leonardo Guimarães Costa disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Para acreditar em nota de Renato Mulambo Prado Zandonaide, só sendo framenguista mesmo. Toda semana de clássico contra a mulambada ele tenta plantar uma crise no Fogão. Ninguém cai mais nessa.

Cristian Hofman disse...

O Flamengo é o clube mais popular do Brasil!

Mesmo com ingressos um pouco mais caros teremos a presença da grande massa no domingo.

Com certeza!

SRN!

Gustavo Menezes disse...

Meu caro Cristian, o sucesso da manipulação sempre contará com os anões. Evidente.

Léo disse...

Muito bacana esse texto do Adriano, explica perfeitamente o "X" da questão.

Não é de hoje que os ingressos dos jogos no Brasil estão caros, o exemplo oferecido pelo Schiefler traduz tudo, existem jogos da Liga dos Campeões com valores inferiores aos praticados em jogos que sequer são clássicos no Brasil.

Como não gosto de falhar com a justiça e durante anos critiquei a distribuição gratuita de ingressos para as organizadas do Flamengo, certa vez chegaram a distribuir 25 mil entradas em uma final contra o Botafogo, tendo a direção do clube naquela semana incitado as facçoes a invadirem o espaço alvinegro, cuja ocupação era na sua quase totalidade formada por pais e filhos, quase se refletindo em uma tragédia, não posso, neste momento, deixar de saudar a extraordinária medida tomada pela atual direção do CRF: "NÃO DISTRIBUIR MAIS INGRESSOS GRATUITOS AS TORCIDAS ORGANIZADAS DO CLUBE".

Poderia ser seguida por outros clubes.


Voltando ao Maraca, os donos estão conseguindo vender números utópicos aos desatentos dirigentes de clubes que ainda não perceberam que estamos prestes a ter um grande e enorme "reset" devido ao estouro da bolha económica brasileira.

No máximo em dois anos, eles estarão reconhecendo que é irreal economicamente pensar que irão 30 mil pessoas ao Maraca com ingressos médios de cem reais.

Vivemos no Brasil um momento de pura irracionalidade financeira.

Eu já vi esse filme por aqui...E o PLOC no Brasil vai ser duro.

Rick Faria disse...

No país do “bolsa família”, “bolsa escola” e outras bolsas, não vou me surpreender de criarem o “bolsa estádio” e a verba for depositada diretamente na conta dos novos gestores de arena...

Eduardo, eu estava aqui dando uma fuçada no site da BBC e encontrei um personagem peculiar, o “Dennis the Menace”, aqui no Brasil conhecido como “Dennis o pimentinha” porém da versão homônima norte americana. Cara, esse personagem está vestido com o uniforme completo do flamengo! Você que morou lá, e é flamenguista, notou isso?

Antes que os colegas mulambos comecem a evocar algum reconhecimento de flamengo nisso, já adianto que o personagem é um típico garoto “capeta”, quase um “infanto-delinquente”. Adianto também que o personagem foi lançado em 1951, isso é, bem antes da década de 80. Para algum curioso, pesquisem por “Dennis the Menace and Gnasher” para não confundir com o homônimo estaduniense.

eduardo schiefler disse...

Dae Rick !!

Cara, na época em que morei lá os filhos dos meus amigos curtiam mais o Thomas the train e o Bob the builder.
:)

A semelhança entre o Dennis the menace e eu (camisa do mengão e cabelo rebelde) quando era adolescente é grande hehehe, só falta uma flying v preta na mão no lugar do skate.

Tinha um seriado que era um esculacho só...se chamava Bottom, meio sujeirada mas é engraçado pakas.
E dos mais antigos tem o fawlty towers que é com o John Cleese do Monty Phyton que é de se mijar de rir, e um que se chama Black Books com o Dylan Moran (irish) que é hilário.

Léo disse...

Através desse papo entre o Rick e o Schielfer consegui concluir que estou velho mesmo...Nao consegui sacar nada, parece conversa entre dois croatas...

Mario_av disse...

Eu li duas vezes, até chegar no seu comentário, Léo.
Foi um alívio ....

Sidney disse...

Esse e o blog do pc que eu conheço, estou muito feliz de ver os amigos falando entre harmonia um com outros, eu estava sentindo falta desse blog assim faz mais de um tempo, espero que continue assim sem provocação e sem agressão pessoal, parabéns pc pelo seu belíssimo blog.

Pablo disse...

Depois de Ronaldo Traveco e R10, mais um que dizia que "framengo é framengo":

http://www.lancenet.com.br/
corinthians/Sheik-Fla-garantias-Fiel-renovacao_0_961703997.html


Quem será o próximo "desertor"? O "Seu Fungadinha"? A Xuxa? A Fafá de Belém? O Galvão Bueno?

Abs
Pablo

Pablo disse...

Pois é Mario, coincidentemente o Engenhão irá reabrir a tempo de abrigar os treinos das seleções para a Copa.

Se o teto corre risco de desabar e ele cobre todo o estádio, qual o sentido de liberar para 15.000?

Por que não foi feito esse diagnóstico antes e as devidas correções, já que temos uma vistoria anual?

Por que o teto não caiu com os ventos de ontem (acima de 100km)?

E o Rio do Paespalho segue dando vexames em nível internacional. A bagunça na logística do Papa e dos turistas reforça a tese de que a Copa do Mundo e as Olimpíadas devolverão o Brasil definitivamente ao rol dos países subdesenvolvidos. Coladinho na Nigéria e com a Etiópia no retrovisor...

E a PM forjando provas hein? Lembrei dos laudos que vetavam o Engenhão para clássicos antes de o Maracanã fechar...

Abs
Pablo

RC disse...

PC,já está sabendo sobre a proibição das vendas do Guaraviton no Brasil ? Em alguns maus momentos dos rivais nós rimos muito é verdade,mas se isso se confirmar a coisa vai ficar muito feia no seu time hein,escutei hoje na CBN e já tem vários veículos de impressa noticiando tal fato.
Abçs.

pc guimarães disse...

OK. Parabéns.

Chico da Kombi disse...


Diferente do Botafogo de Lúcio Flávio e Leandro Guerreiro, o Botafogo de Seedorf e Bolívar não amarela!

\o/


Carlos Henrique disse...

Desde o ano passado eu já comentava que o Maraca iria ficar caro, muito caro. Não tardará a levar os clubes a gigantescos prejuízos. Aguardem.

Abraços.

Rick Faria disse...

Pô, alguns cartoons e animações e séries bem bacanas mesmo! Confesso que conheço alguns pelo Cartoon Network...

Sobre o Monty Phyton, cara,vou ser bem sincero! Nunca entendi direito o humor britânico, sei que é dotado de minucias culturais, mas eu nunca achei muito engraçado, meio que boiava! Tipo Mr. Bean!

Mas bacana, relembrar essas fazes da vida torna o dia-a-dia muito mais leve!

Léo, relaxa! É coisa de infância e adolescência. Alguma relação com a TV de maneira parecida com os jovens de hoje com a internet! Não se sinta um estrangeiro! hehehehe

eduardo schiefler disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
eduardo schiefler disse...

:)