Livro do Senta

Livro do Senta
Clique na imagem e encomende o seu

domingo, 14 de julho de 2013

Gol duvidoso, violência do botinudo Kleber e sorte do tricolor gaúcho tiram a liderança do Botafogo

Gente: o que esse Kleber tem na cabeça? Quase arrebenta o Seedorf. Até quando esse marginal vai continuar ameaçando a integridade física dos adversários. Desleal, estúpido, sem ética e por aí vai. Mas gostei do Botafogo. Encurralou o Grêmio que ficou fechadinho, fazendo cera, dando bicões pro alto e, no final, botou um zagueiro no lugar do artilheiro.

7 comentários:

Adriano Ferrarez disse...

Também gostei do jogo. Esse é o tipo de partida que podemos perder. Perdemos chances claras como aquela do Marcelo Mattos, fiquei retado foi com a fomiagem do Vitinho. Temos que gravitar em torno do G4 e darmos o "sprint" final. Senta a púa Fogão!!!

Chico da Kombi disse...


PC, o Botafogo jogou bem e o resultado foi normal. Perdemos no detalhe.
Na próxima rodada, o Coxa empata ou perde para o Santos na Vila Belmiro, o Vitória empata no BAxVI e o Fogão ganha do lanterna Náutico e volta para a ponta da tabela.

Gloriosas Saudações Alvinegras.


Cacau Avila disse...

E não reclamo do lance do segundo gol deles: não houve irregularidade.

Reclamo apenas da individualidade do Vitinho (cuidado com a carreira, garoto - veja o exemplo deste Henrique mesmo, que está aí próximo a você) e por vezes, do Lodeiro, que joga bem mas volta e meia demora a tocar a bola na direção certa.

Como disse o Chico, na próxima semana, chegamos aos 16 pontos. Se os adversários não fizerem o seu dever de casa, podemos sim voltar à liderança e numa sequência de jogos EM QUE O MAIS DIFÍCIL FOI ESSE MESMO.

pc guimarães disse...

Realmente, Adriano, acabo de conversar sobre isso com o Fábio Lau, pelo telefone. O Marcelo Mattos não podia ter perdido aquele gol. Tem que treinar mais chutes a gol. Mas perdemos quando podíamos perder. Campeonato difícil. Não vai ter esse negócio de times entregarem jogos. Espero.

Carlos Henrique disse...

Erro sério de arbitragem foi não ter dado amarelo pro Zé Roberto pela entrada temerosa que tirou Lucas de campo.

No mais, foi normal. O lance do segundo gol foi critério. Também não veria injustiça se o impedimento tivesse sido marcado.

No geral, foi uma bela partida, que mesmo que não é tricolor gaúcho ou alvinegro, ficou satisfeito de assistir.

Vamos subir de produção, e a alternância na liderança será natural. O campeonato é muito disputado, e como falei, Inter, Grêmio, São Paulo, Flu, Corinthians e Cruzeiro estão firmes na briga. Falta saber se o Coritiba e o Vitória terão elenco e pegada para permanecer na frente, se o Santos chega junto mesmo, e se o Atlético-MG consegue voltar ao bom futebol quando "voltar" da Libertadores, pois estão se mantendo vivos pelo menos.

Agora é comparecermos em São Januário para apoiar o time rumo a vitória sobre o Náutico.

Abraços.

Luis disse...

Coisas que só acontecem ao Fogão: bola do gol de empate nos pés de M Matos e bola do gol da vitória nos pés de Henrique.

Vitinho está sendo queimado pelo treinador e fica perdido,partindo pra jogadas individuais inúteis

Esse juiz é sempre caseiro, a não ser que fosse o Curintia

Cristian Hofman disse...

Olha o "mimimi"!