Livro sobre o Sandro Moreyra

Livro sobre o Sandro Moreyra
PRÉ-LANÇAMENTO - 22 DE AGOSTO - GENERAL SEVERIANO

Livro do Senta

Livro do Senta
Clique na imagem e encomende o seu

domingo, 19 de setembro de 2010

Roberto Assaf: "Foi pênalti no Maicosuel. MEXERAM NA MINHA CRÔNICA"


FURO DO BLOG.

O jornalista Roberto Assaf acaba de me ligar para avisar: "PC: escrevi que foi pênalti no Maicosuel e publicaram que não foi pênalti. Mexeram na minha crônica".

Roberto Assaf disse que levou um susto quando leu de manhã o título da chamada de capa do jogo do Botafogo com o Cruzeiro: "Com a mãozinha do juiz!". E que ficou preocupado.

Contou que ligou para o jornal e que disseram para ele:

"Houve um consenso aqui na redação de que houve pênalti".

Como todos sabem, Roberto Assaf é framenguista. Mas é um grande jornalista e um profissional imparcial e ético. E o Lance! tem pessoas muito legais, mas nessa pisaram feio na bola.

E o Botafogo? É preciso estar atento e forte.

LEGENDA DAS IMAGENS: o título tendencioso do Lance! na capa e o texto de Assaf na íntegra. O segundo trecho destacado em laranja é o que foi alterado SEM AUTORIZAÇÃO do jornalista. Roberto disse que escreveu que foi pênalti no Maicosuel.

47 comentários:

Mário_av disse...

E para um profissional do jornalismo, como fica isto?

Frederico disse...

Fizeram isso? Vamos ter certeza se o Assaf sair do jornal. Não posso imaginar um homem passando por isso, é melhor morrer de fome!!!!!!Se fizeram não vejo outra saída, se ele ficar foi brincadeira do PC.

PC Guimarães disse...

Não seria leviano para brincar com esse tipo de coisa, Fredera.

PC Guimarães disse...

Eu brinco mas não brinco com coisas sérias. E você: brinca como eu brinco?
Gol do Inter!

Anônimo disse...

E depois tem gente que acredita na existência de independência dentro do jornalismo esportivo, se adulteram a opinião de um colunista, o que vcs acham que fazem com aqueles pobres coitados que ficam implorando de joelhos por um bloguinho na globo.com?

Léo

Anônimo disse...

Pessoal, não entendo o espanto de vocês. Alguém pensou algum dia que o Flance seria um jornal sério?

Eles, Globo e outros tablóides venais repetem que "o fla é hexa" sem nenhuma cerimônia. Ora, se a CBF diz que não, a FIFA diz que não e a justiça brasileira já deu ganho de causa ao Sport, qual a justificativa para repetirem essa mentira?

Vamos acordar galera !

Abs
Pablo
PS: será que daqui a 200 anos, quem sabe, veremos uma manchete dessas na página do time da globo após uma partida?

Mari♥ disse...

Isso é grave, bem grave. Põe em cheque muitas coisas que a gente lê no Lance! E parabéns ao Assaf, por ter falado sobre isso...

PC Guimarães disse...

Ele deve escrever sobre isso amanhã no próprio Lance!

santos disse...

Caramba, fiquei espantado.
Não que eu botasse muita fé na imprensa esportiva brasileira -- pra mim, sequer merece ser chamada de imprensa; está mais para marketing, divulgação de produtos como jogos, campeonatos, pay-per-views, etc.
Agora fiquei surpreso pelo fato de eles mexerem em um artigo escrito por um cara que tem nome na praça. Isso, eu achei que não acontecesse. Pressão para o cara escrever isso ou aquilo, para "pensar" isso ou aquilo, é claro que existe. Basta ver os textos após a Copa do Aydano Mota "É 100% culpa do Dunga", ou uma matéria na TV em que o repórter Marcos Uchôa -- que nunca chutou uma bola -- desmerece, desvaloriza os títulos vencidos pelo treinador (Copa América, Copa das Confederações). Tudo dentro do processo midiático conhecido como demonização.
Mas, receber o texto do cara e alterá-lo sem consulta prévia... Olha, nem eu que sempre espero o pior da imprensa esportiva poderia acreditar nisso.
Ou ele pede demissão, ou perde a credibilidade.

Vascão 2010

hangman disse...

Isso é um ABSURDO!

Anônimo disse...

PC,
só acreditarei se o Assaf pedir demissão.
Ponto final.
Ou o Lance publicar um pedido de desculpas.
com o nome que tem, ele não pode aceitar esse tipo de interferência.
E não foi penalti. COncordo com o Ledio e com 99% das pessoas que viram o lance e decretaram que não foi penalti.
Só você mesmo para achar que foi penalti.
Fabio Medici

PC Guimarães disse...

Eu e o Assaf. Estou bem acompanhado. Mesmo assim é ridículo achar que um time que é tão prejudicado pela arbitragem em diversos jogos seja beneficiado porque o juiz possa ter errado em um lance. Deixaria de ganhar um ponto no jogo de sábado. Trocaria pelos 2 que roubaram no jogo com o Guarani (no pênalti no Jobson). Para não falar nos jogos contra o Atlético Paranaense, o próprio Cruzeiro no turno e mais um ou dois jogos que até já esqueci. Mas são fatos.

Frederico disse...

PC, em nenhum momento pensei em chamar você de leviano. Sua única leviancade é torcer para o Botafogo rsrsrs. Minha posição é identica a do Medice, ele ainda foi mais completo ao falar em pedido de desculpas do jornal. É caso muito sério,se isso acontece, nossos cronistas são fantoches, e nós leitores de escritores fantasmas. Em relação ao Bota, claro que NÃO há esquema para ajudá-lo, como não tem para o Fla, o resto é provocação de torcidas. Acredito em você,mas se o Assaf não fizer nada, que devolva a pena ao ganso.

Felipe Maynard disse...

Um Fla x Flu no Engenhão e já teve mais emoção que todos os jogos do Botafogo por lá até hoje...

Frederico disse...

Outra coisa, a torcida do Bota tem toda a razão de ficar p... da vida com a matéria,em um campeonato com tantos erros de arbitragem, e em que o Botafogo sem dúvida foi muito mais prejudicado do que "ajudado" chamar atenção para esse fato é revoltante. A mesma imprensa que pegou muito pesado com a instituição Flamengo no caso Bruno, no fundo o interesse é só um: vender.
Mas que foi fora da área, isso foi. É a "gangorra de erros"

PC Guimarães disse...

Nananinãonão, Fredera. Não quis dizer que você pensou em me chamar de leviano. A mensagem não foi pra você; foi geral. Cheguei a perguntar duas vezes pro Roberto: "Posso publicar mesmo?". Bacana que o Roberto valorizou demais o Blog e, em consequência, os sócios do Blog. Sem vocês e sem a força de amigos como o Roberto, este Blog não teria a penetração que tem. Humilde, mas honesta.

Alô alô, Xexéu: você gosta da minha penetração?

PC Guimarães disse...

Tá, Felipe. O médico disse que você não pode ser contrariado.

Rodrigo Shampoo disse...

E as lágrimas continuam...

PC, o Felipe tem razão. Este Fla x Flu teve mais emoção que todos os jogos do Botafogo juntos!

Ariel disse...

Para mim o Lance! perdeu toda a credibilidade. É uma vergonha isso acontecer. Parabéns ao Assaf pela coragem. Quanto aos lances polêmicos do Botafogo, sinceramente não posso afirmar que houve erro. Mas o Cuca podia reunir os jogadores na entrevista coletiva e ficarem todos aos prantos reclamando da arbitragem.

SRN

PC Guimarães disse...

Onde estão as lágrimas? O jogo citado pelo colunista foi normal. Não houve nenhuma irregularidade. O Botafogo não ganhou porque não teve competência para ganhar do belo time do Cruzeiro. Simples assim.

Anônimo disse...

PC,
2 fatos num mesmo dia que me deixaram cada vez mais cético em relação a ética na imprensa.
Além do fato do Roberto Assaf, que foi ridículo, li a matéria da Veja em relação a propina relacionada a determinado medicamento e um contrato com o governo.
Não faz o menor sentido.
vender o antiviral para gripe em pleno momento de pandemia, é como vender água para quem está no deserto. Detalhe: você é o único a ter água para vender. Pagará propina pra que, cara pálida?
A negociação envolvendo esse grande laboratório e o governo foi apenas para redução de preços, pois o governo, mesmo sabendo que compraria água no deserto, precisava gastar menos.
Por que essa empresa pagaria propina no contrato de 34 milhões, e não pagou no de 200 milhões vendido 1 ano e meio antes?
Mesmo cenário: água no deserto. mas, em 2007, antes que se entrasse no deserto.
Não faz qualquer sentido.
A matéria foi pra veja. Está em todos os jornais. O nome do produto envolvido. E sem qualquer pé ou cabeça.
Será que apenas "erro" na apuraão da matéria?
Custo a crer.
abs e ótima semana
Fabio Medici

Marco Antônio disse...

Agora quem está sendo leviano é você Fabio Medici, você não teve acesso aos documentos da investigação de Veja e está insinuando que seja mentira, mesmo quando na mesm matéria a revista desmascara uma licitação fraudulenta em que o marido da acusada no caso anterior também está envolvido, tudo muito bem documentado.

A revista não vai conseguir cameras escondidas todas as vezes, mas ninguém precisa ver a mulher com a mão no bolo pra saber que está errado, somando-se as outras acusações, testemunhos inclusive de pessoas que temem pela própria vida e o fato de que a ministra foi demitida (ou se demitiu, pra mim é a mesma coisa), já se pode inferir com relativa certeza que a casa civil está submersa na maracutaia.

Não deixe que a orientação política obscureça sua visão.

Anônimo disse...

Leviano, Marco?
Não.
Apenas conheço todos os responsáveis pelas negociações envolvendo o laboratório e o Governo.
Simples.
Não posso falar das outras acusações que constam na matéria.
Mas nesse item, posso afirmar que não faz o menor sentido.
Fabio Medici, leviano é a pjdhdgsgeysgdfgdfwsfgefedgdf!!!!!!!!!!!!

PC Guimarães disse...

Não leio as matérias de denúncias da Veja. Não confio mais neste panfleto político colorido. Sem querer entrar em polícia.

Marco Antônio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marco Antônio disse...

Muitas vezes fica visível o cunho político nas matérias da veja, mas nem sempre isso é ruim, quando ela denuncia abusos do atual governo essa é uma virtude.

Venho embasbacando-me nos ultimos meses com denúcias ao governo, como por exemplo o financiamento do BNDES a uma rodovia no interior da Bolívia, se você viesse aqui em Mato Grosso, professor PC, se impressionaria com o estado da malha viária, mesmo sendo um Estado que se enriquece a cada dia, e tem severos prejuízos na época das chuvas por não possuir rodovias asfaltadas no extremo norte.

Um exemplo de ingerência não só do Estado como também da União.

Bom, resumindo, não conheço uma revista que não seja tendenciosa para esse ou aquele lado, mas não ignoro denúncias de nenhuma delas.

Minhas Desculpas pelo leviano Fábio, peguei pesado. Se você aceitar é claro.

PC Guimarães disse...

Bacana sua atitude, Marco. Principalmente vindo de um jovem. Tenho a certeza de que o Fábio vai aceitar o pedido de desculpas. Esse é o espírito do Blog, esse é o nível do Blog e das pessoas que frequentam o Blog. Os demais são apenas passageiros.

Mário_av disse...

"Bom, resumindo, não conheço uma revista que não seja tendenciosa para esse ou aquele lado"

O único canal de informação IMPARCIAL é o Blog do PC!

:-)

Anônimo disse...

desculpas aceitas, Marco.
Bola pra frente!
a conta é simples:
o PIB brasileiro ultrapassa os 1,3 trilhões de dólares.
O mercado farmacêutico brasileiro é de 32 bilhões.
Ou seja, apenas 2,4% do PIB.
Não houvesse tantos desvios, dava para custear medicamentos para toda a população. Como se faz na Inglaterra, Dinamarca, Suécia, Suiça, etc.
Todos os medicamentos são reembolsáveis. Dava para fazer o mesmo nesse nosso Brasil. OU, para ser mais justo. Quem tem condições, pagaria pelo medicamento e colocaria como dedução no IR.
Quem não tem, compraria com um cartão especial em qualquer farmácia e o governo pagaria a conta.
Por que não daria certo?
1 - o cara compraria fraldas, barbeador, tampax e sei lá mais o que e colocaria no mesmo cartão.
2 - a classe média pegaria de graça e o pobre ficaria sem medicamento (é só parar num posto de entrega de medicamentos e ver os carros que estacionam)
3 - funcionários da farmácia "venderiam" o acesso aos medicamentos...
Ou seja, teríamos um longo caminho de reeducação até chegar nesse ponto.
Pena.
abs
Fabio Medici - em 2014 - O NOME QUE VOCÊ CONHECE.

PC Guimarães disse...

Verdade absoluta, Mário.

PC Guimarães disse...

Será que o Fábio Médici é ficha limpa igual ao Eurico?

Marco Antônio disse...

Ah, e peço desculpas pra você também PC! Que coisa feia isso de destratar as visitas na casa dos outros!

MarcoFAIL será o próximo tweet mais popular...

Marco Antônio disse...

PC por favor comente a contratação de Alexandre Frota pelo Curintha.
Achei que já tinha visto de tudo...

http://www.lancenet.com.br/corinthians/noticias/10-09-20/829493.stm?alexandre-frota-e-o-novo-reforco-do-corinthians-steamrollers

Anônimo disse...

Os grupos de mídia tem interesses eleitorais sempre, por vezes, não se associam a nível nacional a uma determinada coligação, mas o fazem regionalmente.

Neste momento, está claro que a Rede Globo está atemorizada com o novo governo PT e em particular com às ideias do quadrilheiro Zé Dirceu(top-top no JN) relacionadas ao controle da imprensa, que envolve o fortalecimento da parceira Record, e no âmbito regional oferece um apoio discreto ao Sergio Cabral, falando seguida e positivamente na maior bandeira do candidato, que são as UPPs, gostaria até de entender o motivo.

As denúncias da Veja revestem-se de intenção eleitoral clara, no entanto, nem por isto, deixam de ter fundamentação e lógica, mesmo que a Ministra e os familiares negociantes do ervanário público não tivessem pedido demissão, que por si só, traduz o peso delas, os casos de corrupção anteriores, e de prevaricação na própria Casa Civil já alimentam certezas.

A edição do fim de semana traz a continuação das denúncias contra o PT e novas denúncias contra a família Gomes no Ceará, sob esta ótica, poderíamos continuar distinguindo a revista sob o ponto de vista político-eleitoral, mas nunca ideológico, ou vamos aqui, passar certidões de probos para a família Calheiros, Sarney, Gomes, e outros, apenas por estar ao lado de Lula e de sua experiência político-científica.

Sinceramente, eu acho que caso eleita, e tudo indica que sim, a Dilma não termina o mandato, não em função da doença, que também ao contrário do que andam dizendo, só pode ser considerada como curada após alguns anos, dependendo do tipo, neste momento ela encontra-se em remissão, mas, sobretudo, pq o PT altamente radical, que somente o Lula controla, irá tomar às rédeas do poder e a cartilha ideológica proposta, e sempre negada por Lula, será motivo de tentativas de alterações constitucionais ligada á área de liberdades socias que não encontrarão eco nos orgaos de imprensa, e daí, para os radicais do campo e da cidade darem as cartas em nome dos "pobres" sem um passo até a convulsão social.

Todos dizem que o Brasil não é a Venezuela, mas será que precisaremos testar a veracidade deste tipo de afirmação?

Léo(gastando o tempo e o espaço do Blog do PC)

Anônimo disse...

Caro Leo,
se a Dilma cair, assume o Temer...
aí eu peço transferência e tentarei ser seu vizinho aí em Portugal...
Fabio Medici

Anônimo disse...

Fábio:

Vc não conhece o José Sócrates, Primeiro-Ministro daqui, de qualquer forma, a variedade de vinhos compensaria o seu auto-exílio, rs rs.

Léo

PC Guimarães disse...

Léo: o espaço aqui é de todos nós. Tribuna livre.

Anônimo disse...

Valeu, PC. Este assunto é sempre complicado, acredito que daqui a uns tres/quatro anos, iremos pensar de que forma deixamos isto, que está em vias de ocorrer, tornar-se uma realidade. O povo está entregando as dependências do Estado brasileiro nas mãos deste pessoal com idéias totalitárias, e sem garantias. O Lula ainda dava um murro na mesa e eles se aquietavam, com a Dilma não vai ser assim.

Léo

Frederico disse...

As previsões do Léo são apocalípticas, até ia brincar que durante a leitura quase me borrei todo, mas não ficaria bem rsrs. Na verdade Léo, com todo respeito (Mania bacharelesca de pedir desculpas por pensar diferente)não vejo (não, Veja)possibilidades de uma chavinização do Brasil, e isso sob uma perspectiva factual, de índole sócio-política, distante de cores políticas. Procuro manter extrema neutralidade para observar o que acontece com um quase sartreanismo, as condições atuais de nosso país, tanto formais quanto materiais, ou seja, dentro dos cânones constitucionais, ou da efetiva realização dos desdobramentos políticos, nos colocam longe da realidade de Bolívia, Venezuela ou Equador. Apesar de todas as mazelas, que são nossas e, bom dizer, universais e, de certa forma imanentes ao ser humano, adquirimos ao longo dessa última experiência constitucional, uma inegável maturidade política, setores importantes de nossa sociedade estão reconhecendo a importância de uma estabilidade democrática, mesmo formal. Por fim, o Estado não possui o aparelhamento estatizante dos países citados. Essa é a minha modesta opinião.
Abraços a todos

Anônimo disse...

Grande Fredera(PC pode, tb posso):

A importante diferença está exatamente nesta suposta maturidade política do povo e a estabilidade das instituições, vc acredita e eu desconfio.

Do alto dos seus 80% de aprovação, o líder máximo do País já espezinhou a Lei Eleitoral e a Constituição nesta campanha, ao fazer seguidos desafios no palanque e ao ridicularizar as acusações de quebra de sigilo formuladas contra a campanha da sua candidata, demonstrando que o PT deseja a continuação no poder a qualquer preço e a imposição de regras por parte de outras instituições da República só atrapalham o desenvolvimento e aplicação de suas ideias.

Por isto, digo e repito, estamos pagando para vermos se somos ou não iguais a Bolívia, Equador ou Venezuela, e isto pode nos custar caro, no entanto, espero que vc esteja certo.

Saudações democráticas e alvinegras.

Léo

Frederico disse...

Valeu Léo. é um prazer trocar impressôes com os amigos do blog, um forte abraço do Fredera, e saudações flamengas( que são por si só democráticas)

Anônimo disse...

Medici, esse nome você conhece!
100% FICHA LIMPA!
E ALMA LAVADA, ENXAGUADA E TORCIDA PELO BEM DO POVO!

Fabio Medici, ensaiando discurso para 2014!

PC Guimarães disse...

Vamos todos botar no Fábio Médici.

Anônimo disse...

Se hay globo sou contra...

Anônimo disse...

Fredera:

Nem esperaram a eleição, o MST e as centrais sindicais(PT) já convocaram um ato contra a imprensa "golpista", olha os radicais do campo e da cidade que lhe falei ontem tentando calar os jornais durante a eleição. Depois, com maioria, sem comando e com um povo anestesiado pelo bom momento da economia, vão testar o nível de resistência ou maturidade das instituições, parceiro.


Léo

santos disse...

Grande Marco Antônio,
Saudações,
Recomendo ao amigo muito cuidado com essas ideias:

"...somando-se as outras acusações, testemunhos inclusive de pessoas que temem pela própria vida e o fato de que a ministra foi demitida (ou se demitiu, pra mim é a mesma coisa), já se pode inferir com relativa certeza que a casa civil está submersa na maracutaia".

Cuidado. A Veja se vale muito dessa história de "onde há fumaça, há fogo".
Dê uma olhada nesse site:
http://www.advivo.com.br/luisnassif/
e você vai entender exatamente como essa revista fabrica um escândalo.


Abs,
Vascão 2010

PS: Nao estou nem entrando na questão da Erenice Guerra, pois não estou inteirado o suficiente para opinar. Mas em se tratando de Veja, todo cuidado é pouco. Lembrem-se das últimas eleições presidenciais, em que eles (sistema, elites, mídia, o Poder, diabo a quatro, chamem do que quiserem) conseguiram forçar o segundo turno à custa da criação de um novo escândalo.

Frederico disse...

Caro Léo, o maior risco que sofremos é uma eventual aliança entre esses radicais(bandidos, na verdade)e o narcotráfico, a situação do Brasil não é tão propícia quanto foi a da Colômbia, por uma série de razões, dentre as quais não sermos um país produtor. Esse fato estaria inserido tanto na questão política quanto de segurança pública. Estritamente dentro das questões institucionais políticas, acredito que tenhamos condições de neutralizar ações golpistas de tais grupos; o panorama eleitoral, em minha opinião, aponta claramente para uma vitória do PT, ainda no 1º turno, isso deve-se em certa escala a própria apatia de Serra, e a falta de mobilização do partido, aqui em Minas por exemplo o Aécio está fazendo esforço zero. para os próximos 4 anos não sou ingênuo de esperar calmaria, mas entendo que Dilma completa o governo. A hipótese de um golpe nos moldes "bolivarianos, reafirmo, considero praticamente impossível. EM todo caso, uma ruptura com a atual situação política e seus desdobramentos não interessa a grupos que representam fatores de poder em nossa sociedade e no exterior.
Grande abraço