Sandro Moreyra, um autor à procura de um personagem

Sandro Moreyra, um autor à procura de um personagem
À venda no buscapé em 16 livrarias e em diversas livrarias ao vivo (Clique na imagem acima)

Livro do Senta

Livro do Senta
Clique na imagem e encomende o seu

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Perguntar não ofende

Falta dentro da área não é mais pênalti? Mudou a regra? (no intervalo do jogo do Cruzeiro no Maracanã)

6 comentários:

Fabio Medici disse...

fala, P.C. triste o resultado do seu botafogo ontem... 8 jogos no Vazião com 4 derrotas? Fica difícil não ter que brigar pela segundona.
Com isso, o futebol do Rio cada vez fica mais "desmoralizado".
Nossos clubes não metem medo nem no Santo André. O Santo André vai ao Rio sabendo que vencerá. Inacreditável.
Aqui em SP, a imprensa ainda alivia um pouco (por incrível que pareça)mas os torcedores...Há tempos que somos motivo de piada. Nosso último título brasileiro foi com o Vasco em 2000. Depois disso, o máximo que o Vasco conseguiu foi um 5o. lugar. Antes, o Botafogo em 1995. Depois disso... E o Fluminense? E O Flamenogo? COmo Fla e Flu venceram a Copa do Brasil, ficamos com a ilusão de que não há distância entre o futebo carioca e o paulista.
Ledo engano. Esquecemos que os 4 melhores do Brasil não disputam a Copa do Brasil. Senão, não teríamos tido os títulos... Mesmo sendo mata-mata.
Os times são péssimos, mas pior é a desorganização. No Flu, o patrocinador manda no clube. No Fla, 345 vice-presidentes. No Botafogo, jogadores sem qualquer chance de vesir a camisa do time. E o Vasco passou anos sendo dilapidado pelo Dr. Eurico. Ano passado, o Roberto errou horrores, mas não é justo colooar na conta dele a queda (mesmo com o Tita e a demora em sacar o Lopes).
Algum clube carioca tem um centro de treinamento?
E a cidade? Um governante pior do que o outro.
Toda vez que visito médicos pelo Brasil, quando eles ouvem meu sotaque falam "uma cidade tão linda, mas tão violenta..."
ENcontrei com um consultor austríaco que dá aulas aqui na Roche em alguns cursos. Ele me disse que passaria as férias no Brasil. Ele queria o Rio, mas sua esposa só concordou em vir ao Brasil se fosse num lugar bem longe da cidade maios violenta do mundo.
Essa é a imagem que os europeus estão tendo de nossa cidade... E o que fazemos a respeito?
Como você diz: O MESMO QUE LUZIA FEZ NA HORTA...
Poderia falar sobre a saúde corrupta do Rio... quiçá sobre as faculdades abandonadas (você tem ido ao Fundão???)
Mas preciso tentar colocar minha filha mais nova para dormir.
O último que abandonar o Rio, por favor, apague a luz...

Fabio Medici disse...

... pra não dizer que estou mal humorado, já sabe qual é a primeira contratação do Fluzão para o ano que vem????
É o Chiquinho, do Vasco!!!!!!!
Quem é o Chiquinho?
Ora, o motorista do busão que leva o vasco pelos campos esburacados da segundona. Melhorque comprar GPS, pois alguns estádios não estão no mapa...

pc guimarães disse...

Fábio: volto a teclar com vc amanhã. Estou indignado com o que fizeram com o Framengo hoje no Maracanã. Segundo o Angelim, "roubaram" o Framengo. Isso não pode acontecer. O Framengo nunca ganhou roubado. Não é justo que ganhem roubado do Framengo. Estou ligando agora para aquela flor de lisura e dignidade que é o Ricardo Teixeira para que ele tome providências.

Anônimo disse...

Hahahahahahahah
Boa PC, só vc pra me fazer rir neste momento tenebroso do Fogão.
Será q com tanta bala perdida nesse Rio, nenhuma vai achar o Alessandro e o Emerson, pra nos livrarmos destes mulambos??????

Abs,

Gilson Botafoguense

Anônimo disse...

Se juntarem todos os jogadores dos clubes cariocas numa festa, eles batem o recorde da Oktoberfest. Só querem putaria e receber em dia. A maior parte vai para o Rio tirar férias e gozar com os torcedores cariocas em conjunto com os dirigentes graneiros que administram o futebol carioca.

Antigamente os caras iam encerrar a carreira no Cabofriense, Americano, Caxias do Sul, agora vem encerrar a carreira nos quatro grandes do Rio. Isto está vergonhoso.

Léo

santos disse...

Concordo com o Fábio, dentre outras coisas, quanto à questão da Copa do Brasil ser uma ilusão. Eu tento abrir as mentes dos framengueiros aqui no trabalho -- com um medo danado, sei lá o que é que pode sair ali de dentro -- e explicar para eles que a Copa do Brasil foi simplificada para se aproveitar um mercado que não vinha sendo explorado. Clubes de grandes torcidas como os quatro do Rio, mais Atlético mineiro, Grêmio, etc, não estavam participando de grandes jogos, de grandes decisões já há algum tempo. Do ponto de vista do marketing -- e é só o que conta hoje em dia mesmo --, isso era um desperdício de mercado. Logo, foi criada essa Copa do Brasil matinê e o resultado foi exatamente o esperado. Vasco, Fluminense, Botafogo, Flamengo, Atlético, o Corinthians (quando estava em baixa) passaram chegar até as fases decisivas. Estava criada a ilusão. Sem querer menosprezar o título do Fluminense, mas vocês repararam que eles não jogaram contra um único clube grande sequer?
E o pior é que os framengueiros não acreditam nisso. São piores do que os fiéis do Bispo Macedo. Bom, pelo menos tentei, né?