Livro do Senta

Livro do Senta
Clique na imagem e encomende o seu

sábado, 22 de outubro de 2016

O Blog do PC repudia o apoio público do presidente do Botafogo ao candidato Marcelo Crivella


Alô alô Carlos Eduardo Pereira, presidente do Botafogo. Você sempre foi muito gentil nas poucas vezes em que estivemos juntos, mas como torcedor do Botafogo repudio esse tipo de comportamento. Você representa a atual diretoria do clube e não seus torcedores. Lamentável. Gozações de lado, penso que os amigos torcedores do Flamengo (aqui sim com l), do Fluminense e do Vasco também repudiam esse apoio. Nossa luta sempre foi contra tudo o que Crivella representa. (Capa do Dia de hoje).

Se estava a fim de apoiar que deixasse claro que era um apoio pessoal e não do clube.

10 comentários:

Luiz Felipe disse...

Sua indignação é pq ele demonstra apoio político a algum candidato (e nesse caso concordo com vc, clube e política não deveriam se misturar) ou pq ele demonstrou apoio ao candidato que vc não apoia?

pc guimarães disse...

Claro que não apoio o candidato que representa o atraso e o retrocesso. Que representa Garotinho, Bolsonaro, o Cunha e toda a direita. O repúdio é ele dar apoio em NOME DO CLUBE. Mesmo que fosse o candidato progressista que eu apoio que é o FREIXO.
Se ele quer apoiar o Bispo que divulgue o apoio como pessoa e não como CLUBE.
Deu pra entender?

pc guimarães disse...

Importante: tenho o maior respeito e simpatia pelo Carlos. Mas entendo que dessa vez ele pisou na bola.

Cristian Hofman disse...

Boa noite PC!
Gozações a parte, porque será que os quatro grandes estão com o Crivella?

Saudações com cheirinho!

Anônimo disse...

Segundo a matéria do UOL, apenas Eurico Miranda deu declarações de preferência política, os outros, e eram oito no total, discutiram questões relativas a programas de intercâmbio e colaboração com a Prefeitura em um eventual governo de Crivella. De qualquer forma, os representantes dos clubes deveriam, se convidados, reunirem-se com o candidato Freixo para debater os mesmos temas e ouvir propostas, evitando, desta forma, leituras subjetivas.

Por outro lado, embora não nutra grande simpatia pelo atual presidente, ele tem realçado a necessidade de neutralidade e reprovado a utilização de símbolos do clube em contendas políticas. Durante o período da discussão do impeachment, o Botafogo soltou uma nota acerca do uso indevido do escudo em uma faixa estendida nos Arcos da Lapa.

No outro dia, em uma manifestação no Rio, vi uma foto de um grupo autodenominado Esquerda Alvinegra com uma bandeira do clube com uma foice e um martelo no lugar da estrela solitária. Um ato, não obstante, a preferência ideológica fúnebre(rs), de total desrespeito ao maior símbolo alvinegro.

Na verdade, pouco importa o espectro político envolvido, utilizar símbolos do clube em declarações políticas ou hipotecar apoio eleitoral em nome dele é clara usurpação da opinião contrária de outros torcedores. E deveria ser evitada.

E pau que dá em Chico...

Léo

pc guimarães disse...

O Framengo já desmentiu através de nota oficial. Continuamos aguardando uma posição do presidente do Botafogo.
Além de ser golpista você também é eleitor do Crivella, Cris? Que jovem é esse?

Chico da Kombi disse...


Freixo neles!

XÔ, IURD!

pc guimarães disse...

Pra defender o candidato da Igreja Universal, do Garotinho, do Bolsonaro e cia e atacar o candidato da esquerda com acusações manjadas tem que botar o nome. Se esconder no anonimato não dá.

pc guimarães disse...

Continuo avisando ao eleitor do Bispo e do Bolsonaro: escondido no anonimato não vou publicar. E sugiro estudar história e ciência política. Isso aqui não é facebook.

Marcos Paret disse...

PC, não quero me envolver na política. Sou da época da Telerj e vi a grande maioria dos que estão aí começarem, todos sempre com um "ooohh.. cadê aquele jovem? Sumiu da empresa né? Dizem que isto.. dizem que aquilo....".

Tudo na base do 'dizem', tudo agora confirmado em relação à maioria.

Não vou a favor da IURD, nunca, abomino, mas igualmente não abraço mais causas que não conheço, gente que chega e quer moralizar porque quer.

Tô fora meu amigo. Tenho anulado o meu voto porque acredito na democracia mas não, numa bagunça institucionalizada como a que vivemos.

Não publique se assim achar que deve proceder. Não sei se estou no caminho certo mas quero todos fora e cada vez mais controle férreeo e a tentativa de ver surgir uma nova turma, sem que sejam filhos dos que estão aí, com medo de errar e vontade de trabalhar.

É o que penso.