Livro do Senta

Livro do Senta
Clique na imagem e encomende o seu

domingo, 25 de outubro de 2015

Até quando perde o Flamengo é beneficiado pela arbitragem


Caraca! Até contra o Corinthians os Sentões são beneficiados. Até os caras da Globo não conseguiram disfarçar o vergonhoso pênalti duplo não marcado contra o mais beneficiado.

14 comentários:

Anônimo disse...

Do jeito que o Vagner Love beijou a camisa do Corinthians e vibrou no lance do gol e nas entrevistas fiquei com a sensação de que ele é "framengueiro" tipo Ronaldo.

Cada público um discurso e os bobinhos caem sempre no bla, bla, bla da RGT.

Abs
Pablo

Cristian Hofman disse...

Boa noite Pc!
Realmente o penal foi clarissimo, a arbitragem bobeou.
Apesar disso, não interferiu no resultado final, acabamos perdendo pelo placar mínimo.
Que venha 2016!

Srn!

Abs!

Marcos Paret disse...

Naquele jogo de ontem os corintianos viram, talvez com espanto, como é ruim ver o juiz apitando para o outro lado.

Gustavo Menezes disse...

Caso um outro lance, de 'suposto' pênalti, fosse a favor do sentão e o árbitro não teria dúvida em marcar.

Carlos disse...

Ladrão que rouba ladrão.....

Rodolfo Fischer disse...

E o "Galeto Amarelão de Quintino" queria ser presidente da FIFA.

É muita megalomania.

http://blogs.oglobo.globo.com/mansur/post/zico-nao-sera-candidato.html

FOGO F disse...

Enquanto o Botafogo é roubado na sérieB - por exemplo, o pênalti a favor do Ceará - o sentão rouba até o Corínthians na série A.
Até quando?

Marcos Paret disse...

Não tá fácil para ninguém.

Passaram a vida dependendo de apito (à moda ladrilheiro, tapetão, roubado é mais gostoso, expulsões de atletas que poderiam decidir do outro lado - Reinaldo, Dodô, Fred) mas levavam as taças.

Agora roubam na derrota mesmo. O negócio é não perder a forma.

Que fase!

Marcos Paret disse...

Olha aqui Fischer.

O galo não foi apoiado nem pela CBF.

Nem o Japão o apoiou.

Os dois únicos apoios que ele conseguiu foram de Angola e São Tomé e Príncipe... kkkkkk.. Nem nome de rei o país tem.

Eeeeiiita mundão roubonegro hein?

____________________________________

Foram enviados emissários a Udine-ITA com fins de comprovar se houve apoio daquele importantíssimo pedaço de chão europeu à candidatura quintinista.


Vou sumir um pouco do blog - vai ser muita risada, não vou ter tempo para comentar.

Marcos Paret disse...

Aliás PC, sobre parte do título deste post, já deixei de usar a expressão de que vou falar nas minhas zoeiras pela internet.

Afinal, 'flamengo beneficiado' entrou para a gramática como, apesar de mais novo*, um dos mais notórios pleonasmos existentes na nossa língua'.

*Mais novo - o termo vem de décadas, claro, mas já pegou pelo menos umas duas reformas e se manteve firme feito o apito na boca dos L. Henriques, Beltramis e Bassols.

Anônimo disse...

PC, gostaria de saber o motivo pelo qual a imprensa não demonstra interesse em apurar o por quê da limitação de público do estádio Nilton Santos já que a prefeitura informou o encerramento das obras.

Tem cheiro de golpe de novo. Se sair o tal laudo o Botafogo bota 40 mil no estádio e aí como vai ficar a ladainha do "vazião" e bla, bla, bla, né?

O Brasil é um país de golpistas, incluindo certa imprensa.

Abs
Pablo

Marcos Paret disse...

Hoje, 28/10, é o dia do menguitolengo.

Vi no face mas não seria difícil de adivinhar que tinha festa: Pará e Paulinho, este último, ídolus máximus de um que galhofava aqui, levaram mais dois para comemorar com "as nêga".

Marcos Paret disse...

Da série "Tô de saco cheio".

O assunto e, ÓDIO AO BOTAFOGO,

Jogávamos o carioca e a marrom passava boa parte dos nossos jogos dizendo que série B não era brincadeira. Abrimos em quinto e alguns deles sequer se deram ao trabalho de analisar este fato pela ótica correta (quatro vitórias por 2 gols e a nossa por 1 gol).

Segunda rodada, entramos no G4 (para não mais sair até hoje) e na liderança e o campeonato passou a ser fraco.

Aí, vendeu-se a metade do time, perdeu-se o quase nada que se tinha de conjunto, fomos parar em quarto lugar e o papinho do PIG era de que o Botafogo tinha que se cuidar para não ficar fora do G4 porque tinha times muito tradicionais na disputa. Isto foi "gritado" a se ouvir lá nas fronteiras do desespero migratório europeu, mormente após aquela derrota para o Santa, lá em Recife.

Aí os atletas começaram a fazer o jogo encaixar, uma boa partida do Fernandes aqui, outra do Neilton ali, Navarro pegando o jeito, FOMOS PARAR NA PORRA DA LIDERANÇA PARA NÃO MAIS SAIR DELA e de novo, veio o papinho de "série B mais fraca de todos os tempos".

Se vencermos o Bahia, podem crer que esta lenga-lenga vai voltar com tudo.

Se batermos o recorde de pontos da história da série B, suplantando "times pequenos" como Corinthians, Palmeiras, Grêmio, Vasco e Atlético-MG,
A série só se chama 'tô de saco cheio' pq o título que eu queria usar fere os princípios editoriais do blog - era uma sigla... com 'p' no início e 'p', de novo, no fim.

Anônimo disse...

Perfeita a análise do Paret sobre a relação do PIG com a Série B.

O jogo de sábado já é confronto de Série A. O time tem que jogar ligado o tempo todo e conseguir a vitória. Não podemos repetir os vacilos do jogo contra o Payssandu. Os jogadores que entrarão em campo já serão analisados pela torcida com foco em 2016.

Abs
Pablo