Livro do Senta

Livro do Senta
Clique na imagem e encomende o seu

domingo, 15 de março de 2015

Salve o verdadeiro povo brasileiro!

Arte: Cláudio Duarte

Hoje não tem papo sobre futebol. O Botafogo ganhou na bola como era esperado, o Vasco jogou bem e ganhou, o Fluminense tropeçou e a FraPress como sempre tentou supervalorizar a vitória do Framengo no sábado.

Só quero dizer que o meu Brasil não é o Brasil do Golpe. O meu Brasil é o Brasil de brancos, negros, índios, pobres, ricos, trabalhadores e patrões de boa índole.

Ditadura de novo NÃO!

22 comentários:

Anônimo disse...

CENA CARIOCA

O "folião" da RGT chega com a namorada da passeata feliz da vida e cruza com o vizinho no elevador.

(Vizinho) - e aí cumpadre, você foi na passeata?

("folião") - claro, fui cumprir meu dever de cidadão e protestar contra a Dilma, a corrupção e a falta de ética do Governo.

(vizinho) - Maravilha, então agora você vai parar de roubar o meu sinal de wifi, né?

Há testemunhas.

Abs
Pablo

FOGO F disse...

Tamo junto PC!

Anônimo disse...

Hoje uma mulher espirrou do meu lado no metrô, eu disse SAÚDE e ela gritou:

EDUCAÇÃO!

Daí todos começaram a cantar o Hino.

Foi lindooooo !!

Hoje Copacabana nem parecia o Rio, mas amanhã volto pra minha Miami querida.

Regina du Cuoco

Marcos Paret disse...

MACAÉ É O CAMPEÃO DA RECOPA-C

Neste domingo, no encontro dos dois campeões cariocas daquela categoria, deu o time do interior.

Vida que segue.

Celso Ricardo disse...

Mas...com Fernando Collor não foi golpe?
Com a Dilma é? Nos livramos dele nos anos 90, agora falta ela.
Basta de corrupção, basta de PT!!!

Cristian Hofman disse...

O país está mergulhado em uma crise política, moral e de valores em que há muito não se via.
Também não apoio um novo golpe, mas do jeito em que está não dá para continuar.
Não votei neste governo tampouco simpatizo com o partido do mesmo, por isso sou a favor do movimento em prol da limpeza política.
Srn!

Frederico disse...

PC, como não é sobre futebol, vou escrever.

Não acho que as manifestações tenham sido "golpistas", muito embora pessoas desse quilate como José Silva, conhecido pelo "miolo" do nome "Reinaldo Azevedo" (será que é para mostrar que não é pop? Como se Reinaldo e Azevedo não fossem nomes comuns!), tenham usado o protesto para tal fim.

Em 4 meses a Dilma traiu o povo como nunca antes na história desse país. Prometeu uma "pátria educadora" e realizou o maior corte de gastos na educação desde sempre. As universidades federais estão quebradas, os professores e funcionários, porcamente pagos. O FIES foi dissolvido, bolsas de pesquisadores não são pagas, enquanto a farra do "Ciência sem Fronteiras" desmoraliza o Brasil pelo mundo.

A corrupção fora de controle é uma marca do governo e, nada é feito. Pior: dona Dilma é autoritária ao extremo e, a coletiva de seus dois capangas ontem a noite não deixam mentir quem assim escreve.

O país está desgovernado, a presidente(a) não tem senso político e não sabe administrar. Seu governo é de direita, beneficiando bancos e grandes corporações em detrimento do povo.

Quanto ao PSDB, é a mesma canalhada. Dois partidos em busca das mamatas e do dinheiro público.
Existe alternativa? NÃO! Só mesmo um processo revolucionário, evidentemente de índole popular, jamais uma quartelada, isso nunca mais, prefiro morrer a ver algo assim, se acontecer, pode ter certeza de que eu estarei entre aqueles que lutarão.

De qualquer forma essa ladroagem traíra do PT merece uma chacoalhada política. O povo tem o direito e o dever de sair de casa e protestar. Quando os famélicos não suportarem mais, aí sim, quem sabe não se destroi tudo para recomeçar?

VIVA O COMUNISMO! VIVA O MARXISMO! Fim à direita travesPTida!

Saudações meu camarada!

santos disse...

Cacete, a Globo conseguiu acabar mesmo com a Dilma.

Hoje eu estava falando com uma servente aqui da empresa. Ela está com o ombro machucado, mas está trabalhando assim mesmo. O médico deu uma licença de apenas 3 dias, que já acabou.
Pois bem, falei com ela que isso era um absurdo e que ele deveria ter dado mais tempo. Resposta dela:
"É, mas é ordem da Dilma. Ela não quer que ninguém mais tire licença".

Malandro, quando chega nesse ponto, acabou. Esse é o processo que os entendidos da comunicação, como o PC, chamam de "demonização".

Depois que o sujeito é "demonizado", tudo o que ele faz tá errado e tudo o que acontece de ruim é culpa dele.

Tudo começou com as manifestações de 2013. As manifestações no início eram contra o aumento das passagens dos dos ônibus (coisa dos governadores estaduais) e contra a PEC que limitava o poder de fiscalização do MP (leia-se, Congresso). Mas a Globo, inteligentemente, desde o início linkou as imagens dos movimentos à imagem da Dilma. Mostrava-se uma imagem do protesto e de imediato alguém mostrava a Dilma, mencionava a presidência, qual seria atitude do governo, o que é que a Dilma faria, etc. Os protesto que eram sobre temas variados, viraram protestos contra o Governo Dilma.

Funcionou.

E agora, a mesma coisa. Na lista da Lava Jato, tem parlamentar, tem governador, mas tudo é culpa da Dilma. Contra quem, aliás, não há ainda nenhuma acusação. Mas já se fala em impeachment...

Pena, uma mulher que pegou em armas e arriscou a vida pelo que acreditava, agora é xingada de tudo por um monte de gente que nunca sequer lavou um copo na vida.

Vitória do Lacerda, quer dizer, da Globo.

Vascão 2015

Marcos Paret disse...

Cristian meu prezado.

Sim, temos aí uma governante que para nós antigos, remete aos piores tempos do Sarney. Posso assegurar que vai ficar difícil, traçando um paralelo, saber qual dos dois será o pior.

Só que esqueçamos os militares. Deixem essa turma do "sim senhor/não senhor/vou pro castigo" aonde eles estão.

Não falemos em militares amigão, pois eles, até em guerras (o que seria a sua especialidade), se não forem bem treinados, mesmo com aqueles anos de 'lenga-lenga' quarteleira (perdoem), cagam no pau.

Carlos L. disse...

Interessante observar as manifestações pelos diferentes canais de TV.
A Record me pareceu que foi a única que viu o que eu vi. Vi manifestantes protestando
1)contra a Dilma (pessoa) - impeachment
2)contra o governo (liderada pela pessoa)
3)contra a corrupção
4)querendo a volta dos militares
5)querendo a reforma política
Fora os tucanos, do sofá e do twitter, querendo a Petrobras privada para "acabar com a corrupção" (uma piada!).
As demais emissoras, lideradas pela Rede Bobo, só viram manifestação contra a Dilma=governo=corrupção, igual igual...
Exatamente o que vêm fazendo desde 2002.
Concordo que ela cometeu alguma barbeiragem política, mas está longe de ser corrupta. Achou que algumas medidas (reforma política e regulação da mídia) poderiam ser tomadas sem negociação, e na marra, com os nossos ilustríssimos venais Câmara e Senado. Tentou, atrapalhada, agradar ao PMDB com este novo e péssimo ministério. É claro que o PT também ajudou a atrapalhar, apesar de o preferir, sem sombra de dúvida, aos vampiros traíras do PMDB e entreguistas do PSDB. Estes últimos, aliás, preferem quebrar o País, gerando desemprego e infelicidade (e que se foda o povo), acabando com a Petrobras e as construtoras, do que preservar estas instituições, encanando os gestores pilantras e aplicando uma multa pesada nas empresas mas que não as quebre. Os EUA, sonho e modelo para muitos, já fez isso com o Citybank.

A manifestação foi válida, mas torço para a próxima ser menos difusa e mais objetiva no tema do combate a corrupção e impunidade, que é o que une o pensamento dos bem intencionados (só destes) que foram para as ruas no domingo. Será que os partidos políticos topariam apoiar o financiamento público de campanha e a Rede Bobo mostraria faixas com este apelo?

Abraço,

Carlos L.

Anônimo disse...

Vascão 2015, o Botafogo foi demonizado pela RGT mas nós estamos aqui firmes.

Vamos dar a volta por cima até o próximo golpe que tentarão.

A Dilma é determinada. Uma história muito forte. Não vão derrubar ela assim tão fácil. A não ser com um atentado.

A história da democracia brasileira não pode ser contada sem passar pelo PT. Assim como a história do futebol brasileiro não pode ser contada sem passar pelo Botafogo.

Contra o ódio, a ignorância e a intolerância, o remédio é amor, talento e muito trabalho.

Abs
Pablo

santos disse...

Apenas acrescentando uma pequena informação sobre o que disse o Frederico sobre as bolsas de pesquisadores. Esse é um país gigante e os benefícios, seja de que tipo forem, precisam de controles mais eficientes. Uma amiga minha estava no Mestrado. Na turma dela, era e única que não trabalhava e que, portanto, poderia requerer uma bolsa de auxílio. Quando abriram as bolsas, todo mundo quis, afinal, isso é Brasil. Pois bem, das quatro bolsas disponíveis, ela ficou com uma de seis meses. Um rapaz, que coincidentemente, trabalha na Globo, ficou com uma bolsa de um ano. Duas advogadas, muito bem empregadas, ficaram com as outras bolsas restantes, uma de um ano e outra de 9 meses. No final, quem tinha direito, ficou com a menor de todas. A farra não é apenas no “Ciência sem Fronteiras”, Frederico. Assim que se cria um benefício, um incentivo um financiamento de qualquer tipo, na mesma hora, aparece alguém querendo arrumar um jeito de tirar proveito daquilo. O governo tem que mudar, sim, mas a mentalidade das pessoas também.

Vascão 2015

Alberto disse...

Muito bons os comentários do Celso Ricardo, Frederico e Paret. Concordo com eles.

As pessoas tem memória curta mesmo. No "Fora Collor" e no "Fora FHC", articulados com total apoio do PT e do Lulla, os atos a favor do impeachment eram um exercício de democracia. Agora que são contra o governo do PT, são golpismo, hehehe.

Mas o verdadeiro culpado de tudo isso é o maldito FHC, protegido pela Globo e pela CIA. Esse é o verdadeiro monstro, que deixou uma enorme herança maldita aos seus sucessores do PT, que tiveram pouco tempo para desfazer todas as suas lambanças e malfeitos. Uma vergonha essa manipulação dessa mídia golpista!

Fora FHC !!!!! Impeachment nele.... hehehe

pc guimarães disse...

Pera aí, gente. Nas manifestações contra Colllor não havia faixas pedindo a volta da Ditadura. E por que a Grande Mídia não deu destaque pra isso? Salve as redes sociais. Pelo menos as dos amigos que sigo que escancararam isso.
Eu hein!
Mas democracia é assim mesmo. Pelo menos aqui no Blog.
Ditadura nunca mais!

pc guimarães disse...

Tô com o Vascão e não abro.

Anônimo disse...

Parabéns aos confrades do blog( foguen ses, flamengos e vascaínos) que não se deixaram levar pelos podres poderes da mídia...


Fiquei assistindo o coro dos descontentes passar e fiquei impressionado com a quantidade exorbitante de babacas que existem no Brasil...

Não importa o grau de estudo que o sujeito adquiriu, vendo o populacho todo fantasiado de patriotismo barato e arrotando os chavões que a mídia quer fica a impressão, quase que nítida, que o babaquismo é algo enraizado no DNA burguês dessa gentinha.

Tinha até um manezão todo bombado e d e orelha carcomida que soltou a seguinte pérola:

"Tem que ter intervenção militar, por que foram os militares que de deram a democracia ao Brasil"

depois dessa bateu uma tristeza profunda...

Camejo.

FOGO F disse...

Esse pessoal da passeata do dia 15 não pode enganar nenhuma pessoa bem informada. Isto é impossível. Afinal, não se viu na bizarra manifestação nenhuma expressão a favor daquilo que é de fato contra a corrupção, como a necessária Reforma Política e o Fim das "Doações" Privadas para Campanhas Eleitorais. Pô! É preciso ser muito inteligente para entender isto? Sabemos que as Organizações Globo (em editorial também), o PSDB, o PMDB, o PP e outros igualmente corruptos apoiam as doações privadas. Então sabemos de quem é a manifestação que reproduz o mantra "corrupção", "corrupção" e "corrupção" da Globo e grande média.

Agora, o cara que não se sente incomodado em desfilar ao lado de suásticas, símbolos do integralismo, expressões tacanhas contra "a corrupção", intervenção militar, impeachment a após quatro meses da eleição que seu candidato perdeu e várias outras bizarrices não me engana. Ele não é contra a corrupção, ele é contra a Democracia.

Marcos Paret disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Frederico disse...

Santos, eu fiz referência às agências de fomento federais (Capes, CNPQ, nelas não há bolsas para menos de um ano, mais ainda, todas são muito criteriosas.

As bolsas de mestrado precisam ser revistas, talvez extintas. Hoje o mestrado é visto como meio para se chegar ao doutorado, e não um fim em si próprio. Para ter status de pesquisador o sujeito precisa ser no mínimo doutorando, na verdade precisa mesmo ter o doutorado completo.

A minha referência foi em relação a pesquisadores que exercem pesquisas comprovadamente sérias e consistentes, ganharam o benefício para se dedicar exclusivamente à pesquisa e hoje não recebem aquilo a que têm direito.

Estão aí inseridas bolsas de pós-doutorado (que não é título, mas sim uma forma de prosseguir em pesquisas); bolsas para recém doutores e mesmo bolsas para doutorandos que precisem delas para não interromper seus estudos. Está ocorrendo uma debandada para o exterior.

PC, não participei das manifestações, elas representam uma insatisfação generalizada e ali você encontra pessoas de todos os matizes de pensamento, inclusive, uma minoria acéfala que quer a volta da milicada que traiu o país para atender interesses estadunidenses. Deplorável.

Concordo com o Alberto, acho que o FHC deveria estar preso, ele a tucanalhada toda e essa turma do PT. Sódiscordo em um ponto, acho que, realmente, o príncipe deixou uma herança maldita, mas nesses 12 anos, especificamente no governo Roussef, a bola de neve foi aumentando, como se fosse uma continuação dos desmandos e corrupção anteriores.

Engraçado mesmo foi ver a Dilma dizendo que a liberdade de manifestação foi uma conquista petista, ora, falemos a verdade, desde as Diretas já existe ampla liberdade de expressão. Ocorreram manifestações no (des)governo Collor, nas privatarias tucanalhas e muitas outras...a Dilma está uns 17 anos atrasada, aliás, na década de noventa nem no PT ela estava.

Abraços a todos!!!

ps. Bom surgir esse tema para que eu tivesse o prazer de voltar ao blog, porque em relação ao futebol estou fora rsrs

Carlos L. disse...

Se a questão em foco das manifestações foi como combater a corrupção e a impunidade, talvez a melhor estratégia seja menos culpar a pessoa física Dilma ou os ultrapassados e mal intencionados FHC e Collor ou qq outro presidente, até porque nenhum deles toca o barco do presidencialismo sozinho. Ainda mais no estágio de contaminação atual da política daqui (e, raras exceções, da de vários países dacolá). A questão passa muito seriamente pelo legislativo (esfera estadual e municipal incluídos), pelos partidos que não têm nenhum programa de verdade e nenhuma ideologia; é bem ampla. Dizer que a culpa é nossa, que não sabemos votar também é de uma triste simplicidade.

A realidade é que para mudar precisa de voto consciente e de candidatos decentes principalmente, a meu ver, no legislativo. Estava tudo indo bem com a grana do pré-sal comprometida com a educação, conforme aconteceu depois das manifestações do ano passado, lembram? Bom primeiro passo para criar a consciência dos cidadãos votantes. (Infelizmente o dólar caiu, o petróleo idem...) E os candidatos? Aí precisa tirar a mola propulsora destes caras, que é a grana "doada" das megaempresas, o financiamento privado. Apenas para dar um pequeno passo em se falando de reforma política. Só mudando o Congresso, por exemplo, para se conseguir as demais reformas necessárias (tributária, fiscal e a própria reforma política).

Diferente disso podem colocar Dilma, Aécio ou Jesus Cristo, que os verdadeiros problemas estruturais não vão se resolver e vamos eternamente continuar votando subjetivamente no menos pior.

Abraço,

Carlos L.

Marcos Paret disse...

PC meu nobre, mandei email.

Zoeira das boas.

santos disse...

Oi, Frederico, as bolsas de que lhe falei são do CNPQ.
As bolsas foram concedidas por um comitê composto dentro da instituição federal de ensino. Sei do que estou falando, pois cursei esse mesmo mestrado. E foi exatamente como lhe falei.
Não sei se você é bolsista CAPES ou CNPQ, mas isso às vezes pode atrapalhar um pouco o nosso julgamento. A gente sempre acha que aquilo que a gente conquistou ou de que a gente faz parte é altamente sério. Já em outros lugares, o negócio já parece bagunçado.
No caso específico do CNPQ, você pode
requerer o auxílio diretamente com eles através do website deles. Acho que a seleção aí deve ser mais rigorosa mesmo. Ou, como no caso em que eu citei, o CNPQ oferece X bolsas para entidades federais parceiras e a distribuição dos benefícios (escolha dos beneficiados) é feita pela própria instituição.

Saudações,

Vascão 2015