Sandro Moreyra, um autor à procura de um personagem

Sandro Moreyra, um autor à procura de um personagem
À venda no buscapé em 16 livrarias e em diversas livrarias ao vivo (Clique na imagem acima)

Livro do Senta

Livro do Senta
Clique na imagem e encomende o seu

quarta-feira, 4 de março de 2015

Guerrilheiro dos anos 60, Cid Benjamin, flamenguista histórico, paga aposta e veste camisa do Botafogo


Foi agora há pouco num restaurante em Copacabana, no Rio de Janeiro. Mudou e gostou.

Esse é o espírito. Sabe brincar e desce pro play.

10 comentários:

marcelino dantas disse...

Se a camisa continuou com ele. Vai dar um otimo pano de chão. Kkkkkkkkkkkk

Gustavo Menezes disse...

Boa noite PC. Boa noite GLORIOSOS!
Ah, uma boa noite também pros comuns adestrados...
Noite de quarta, noite de futebol. Será?!
Seria, se para todos os fãs desse esporte, mesmo os desprovidos de assinaturas de TV, a 'amada' RGT apresentasse SEMPRE os melhores jogos de futebol!
Hoje, por exemplo, assistirei a San Lorenzo x Corinthians na FOX.
Mesmo sendo jogo de um dos times 'da casa', na minha opinião time mais de badalação do que bola, será com toda certeza um jogo de futebol muito melhor do que o amistoso 'chinfrim' que será imposto a 'massa de manobra' aqui do Rio.
Válido pela maior competição do continente, o jogo San Lorenzo (atual campeão) x Corinthians do chamado 'grupo da morte', nos mostrará mais um embate entre países de uma das maiores rivalidades do mundo do futebol: Argentina x Brasil.
E sou carioca, GLORIOSO e moro no Rio de Janeiro...
Lamentável RGT...

Marcos Paret disse...

PC meu prezado, faça um desenho para que eu possa entender...

O povo tá lá no estádio. Na hora do gol do menguitinho, parecia que era um público de 70 mil pessoas, tal o grito ouvido......

.....como é então que numa câmera fechada, durante o 'ôba-ôba' do jogo, SE CONSEGUIU OUVIE UMA MENINA FALANDO NA ARQUIBANCADA E ATÉ IDENTIFICANDO-SE O QUE ELA DIZIA?

Nos jogos deles o Maraca glorifica? Vira casa de milagres?

Amém hein!

Cristian Hofman disse...

Quarta -feira, dez da noite, e uma partida amistosa.
Não fosse pela nação, tinha tudo para dar errado, mas deu certo, muito certo!!!
Essa é a dimensão da grandeza...
Pequenos e torcedores do passado jamais saberão o que significa.
#valeuleomoura

Srn!

Gustavo Menezes disse...

"Por falta de ídolos 'a vera', vamos com que temos!"
Esta foi a tônica ouvida na sala de reuniões da RGT, nesta semana.
E assim contornaram as baixarias, de ambas as partes, na condução da saída deste que 'não era craque' (segundo palavras da própria RGT, a TV Fra).
Com isso tentaram substituir a verdadeira despedida (último jogo valendo pontos), preparada para um domingo com festa e bolo, por esse amistoso arranjado.
Arranjado pois afastaram o Loco Abreu, para este não estragá-lo, como o fez o nosso GLORIOSO BOTAFOGO no último domingo, aniversário da Cidade Maravilhosa.

Ricardo Carlos disse...

Até um jogo de despedida de um ídolo incomoda e é falado pelos pequenos, a festa foi linda, nem nessa hora os caras esquecem o ódio, não respeitam mais a relação bonita construída entre um time e um jogador, Gerrard, Maldini, Rogério Ceni, Marcos, Nilton Santos, Juninho Pernambucano, Léo Moura, entre tantos outros jogadores que ficaram anos num clube e viraram ídolos, aprendam a entender isso, mas entendo, tanto tempo sem um ídolo que preste e que jogue bola de verdade que vocês nem sabem o que é isso !

Ensina, Nação Rubro-Negra.

Anônimo disse...

Interessante é os caras quererem nos empurrar goela abaixo o tal de loco abreu...kkkkkkkkk


Se não me falha a falha da memória esse cara só fez um gol no flamengo numa decisão de taça rio e pronto: virou ídolo..kkkkkk


Agora, vamos ver a coisa pelo lado do flamengo: gaucho, obina, tardelli e mais recentemente o broca seriam deuses sagrados no panteão rubro-negro, vez que humilharam os foguenses em várias ocasiões, no entanto são tratados por nós, flamenguistas, apenas com carinho que merecem...

mas eu entendo a sanha foguense por alguém que lhes recupere uma moral que só existe no seu imaginário, afinal de contas, os ídolos genuínos do botafogo nunca trouxeram glórias dignas de nota ao clube.

Os caras estão tomando porrada atrás de porrada do maior rival por quase 40 anos,daí vem essa coisa de colocar loco abreu como um carrasco flamenguista ( ainda que nós, flamenguistas, não vemos a coisa assim)...


Camejo.

Marcos Paret disse...

Rikkkque. Sei que ser monoídolo faz esta diferença, faz o desconhecimento de causa.

Aprenda.

Despedida de ídolo é jogo marcante (o Rio450 também).

Os dois aí citados são jogos comuns, um de meio de campeonato carioca (sem importância) e o outro um amistoso mas o que marca são os eventos, as datas.


Lamento que o ídolo tenha sido..............
.................
.
.
.
.
lEO moURA

Marcos Paret disse...

Não temos ódio Rikkkque. Quem tinha ódio eram os torcedores que vieram dos 70/80, época em que mesmo com a nossa baixa técnica/administrativa, aprontávamos e eles sofriam temendo outros 60's.


Hoje, o que você chama de sentimento de ódio aqui é escárnio, por ver a TV que manda vender tanta carne vagabunda do Guanabara e este mate vagabundo de praia (falado aqui mesmo no blog em 2013) e com isto, elevar aquilo que não consegue ganhar nem de times da segunda divisão (Macaé e Botafogo) e de aspirantes a ela (Madureira).

pc guimarães disse...

Disse e repito: brincar sim, tentar bagunçar o Blog não. Acusações levianas, nomes de pessoas erradas. E o pior de tudo a falta de compreensão da informação. Não vou dizer o nome pois sou um cara deselegante. Mas o artista, que conheço bem, sabe o que estou falando.
Não passará. Não tenho o Blog pra conseguir leitores. Se fosse pra isso, elogiava o Framengo.