Livro do Senta

Livro do Senta
Clique na imagem e encomende o seu

quarta-feira, 15 de julho de 2015

A queda de Renê Simões: o Botafogo é time muito grande e a situação é diferente

 Time muito grande é assim. No Botafogo é diferente. Quando perde cai o técnico. A torcida cobra. Não aceita qualquer coisa sabendo que vai ter um tipo de compensação do sistema. O Sentão, por exemplo. Foi campeão com o saudoso Carlinhos, com Andrade, com Jayme de Almeida etc. Tudo gente boa. Mas que só têm vaga no Sentão. Esses caras não dão certo nos outros clubes porque não têm aquela ajudinha que vem de cima. Vocês entendem muito bem.

Não tinha outra solução pro Renê Simões. Se tivessem feito isso no ano passado com a p... do Mancini, o Glorioso não teria caído. Futebol é assim. Não adianta. Tem que ter resultado. E em time muito grande isso acontece sempre. Renê até foi bem no Carioca, embora tenha perdido pra esse Vasco que briga pra não cair. Mas estava pecando nos últimos tempos. O time não tinha padrão de jogo, não tinha nem time definido. Cada jogo era uma escalação. E por que insistir com Giaretta e Tomas Bastos? Tem que fazer que nem o Saldanha: o time é fulano, sicrano e beltrano e vamos pro jogo. Tudo bem que poupasse o Daniel Carvalho, que tinha abandonado o futebol, já passou de uma "certa idade", em um ou outro jogo. Mas alguém aqui pode dizer qual é o meio de campo titular do Botafogo?

Agora há pouco li no lancenet que um dos nomes especulados pra substituir o Renê, além do Doriva e de um cara de time pequeno, é o Jorginho Pastor. Só pode ser pegadinha ou cavadinha de empresário. Esse cara tem pele de sentão. Seria um baita erro. E no Botafogo ele não teria aquelas coisas que ele sabia que acontece no sentão. Como ele mesmo já declarou quando treinava o Figueirense e perdeu um jogo no apito pro sentão: "Joguei lá e sei como é". Se não tiver outro nome, bota o Joel, o Jair Pereira, qualquer um. Menos esse Jorginho Pastor. Se tiver que trazer algum Jorginho traz o Cicatriz que foi técnico do Palmeiras. Tô nervoso e preciso me concentrar.

29 comentários:

Marcos Paret disse...

Treinador, para time grande, com prazo de validade.

O dele já havia vencido naquela magra vitória por 1x0 no dia em que o menguitinho perdeu a Taça Guanabara pela TV.

Allan Gouvêa disse...

Como explicar para um torcedor do foguinho por que que o foguinho nunca jamais em tempo algum conquistou uma Copa do Brasil? Muito simples, é só criar uma Ana Paula, ou repetir como mantra que a mídia beneficia o Flamengo, aliás não só a mídia, a KGB, IRÁ, CIA, FBI e etc. Como explicar a segunda queda do foguinho pra série B em 12 ou 13 anos? Muito simples também, repitam como mantra que a mídia é flamenguista.

E a derrota afeta até os mais ou menos lúcidos deste blog, olha o PC falando que o foguinho é muito grande.

Acredito que a partir deste ano o foguinho se junta a seus pares, Ponte Preta, Portguesa, Joinvile, Sport. Explico: esses são os times que sobem para série A, depois passam dois, três anos entre B e C... Esse é o futuro do foguinho.

SRN

Anônimo disse...

SEEDORF ou CUCA

O Montenegro não disse que lidera um grupo de endinheirados que gostariam de ajudar o clube? A hora é essa. Façam um fundo e paguem o salário do Seedorf ou do Cuca por fora do clube. Contratem ele através de uma ONG, ou empresa de algum dos endinheirados e dêem de presente para o clube.

O projeto seria desafiador para ambos: Reerguer o Botafogo.

Abs
Pablo
PS: demitir o Renê Simões pra contratar o técnico do Macaé só pode ser pegadinha.

Frederico disse...

Caríssimo e querido Guima, com todo respeito, para mandar essa era melhor continuar fechado...rsrsrs

cesinha do egito disse...

deixando a brincadeira de lado nobre professor,mas na minha opinião a diretoria tinha que ter mais paciência com o renê,como treinador acho até melhor do que aquele entegador de coletes lá do ninho do urubu e outra,o projeto pro BOTAFOGO não era a volta pra serie A?vendo por esse lado a copa do brasil seria um objetivo secundario,então professor falando friamente,o renê não estava alcançando o principal objetivo do clube no ano?pois é lider do certame nacional em que disputa e aí sim no final do ano se faria um balanço do trabalho dele,mas em fim,dirigente não vê um palmo adiante dos olhos,é esperar pra ver....

Cristian Hofman disse...

É mestre....
Na copa do Brasil é assim, time de série A se sobrepõe a um de divisão inferior. Vide a classificação do figueirense na terça e o chocolate do Mengao em cima do náutico, adversário direto do botafogo na série B.
Falando sobre a saída do Simões, te confesso que não entendi. O cara era tido como o gênio da lâmpada, o Einstein contemporâneo, o co-autor do Best -selller "A arte da guerra ",etc. E o agravante, deixou o botafogo na liderança da segundona.
Eita falta de coerência!
Agora nos resta esperar que o blog saia logo da manutenção.

Da -lhe Mengao!!!

Marcos Paret disse...

É mais difícil chamar uma criança iludida Allan (cê sabe.. um sobrinho seu aí ao qual vc impingiu o pano de chã....ééé .. aquela vestimenta toda descombinada) e explicar o porquê de o time dele ter somente 35 anos de existência como time visível (grande seria demais né? ... Time que joga com juiz, com regulamento - regulamento sempre a FLAvor).

Aliás, quando você era mais presente no blog, Paret cansou de lhe ensinar estas passagens da história do futebol.

Mostra p/o lek o porque de Santos, Cruzeiro, Botafogo e tantos outros grandes possuírem a Taça Brasil e o menguitinho zero.

Como os grandes clubes do país construíram a maior história futebolística de uma seleção e o menguitinho... traço.

Vai explicando. Afinal, se vc não quiser lembrar ao lek o que foi a Taça Brasil ou a Taça Internacional de Clubes de Caracas..

NÃO VAI ESCAPAR DA INQUISIÇÃO DO INFANTE SOBRE A AMARELINHA.


Amarelinha Allan - não amarele.

Marcos Paret disse...

O problema aí poderia ser copiar o ano passado Cesinha: fazer um balanço ao fim do ano com o time brigando com os 4 do acesso.

Nada nos garante nos jogos vindouros, Náutico aqui e Bahia na Fonte Nova. A gordura acabou.

O elenco precisava desta sacudida para colocar de novo mais uns 3 a 5 pontos de vantagem na liderança.

Anônimo disse...

Como dizia o Luis Mendes, para punir o Botafogo a Justiça é ligeira:

http://www.fogaonet.com/noticia-em-destaque/dirigente-do-botafogo-e-proibido-de-frequentar-os-jogos-ate-o-fim-de-2015/

O que vimos foi uma discussão e empurra-empurra. Apenas isso.

Já a torcida do SENTÃO espancou os jogadores do Macaé antes do jogo e até agora nada de julgamento.

Abs
Pablo
PS: e o caso Portuguesa hein? Cadê a Justiça?

FOGO F disse...

Grande editorial, PC.
Não sei se foi boa a saída do René, um cara legal que tem relações profissionais e corretas com os jogadores e o clube, e tem bastante experiência. Acho que ele poderia recuperar o desempenho. Agora é pensar no próximo treinador. A vinda do Jorginho Pastor seria um retrocesso. Ele transformaria o Botafogo em uma igreja, com rezas no vestiário, no campo e no treinamento. Não me esqueço de que ele queria mudar o mascote do América, o simpático diabinho. O cara do Macaé não tem curriculum para treinar o Botafogo. O treinador do Botafogo precisa ser alguém com experiência internacional e entender o que é o Botafogo, entender que o Botafogo é um time de muita história e personalidade, não é framengo, não é time pequeno nem do sistema. Dos que foram lembrados até agora por estes jornalistas que sempre erram prefiro Doriva. O retranqueiro Joel não serve para o Botafogo. Este Cabo e o Jorginho pastor nem se fossem General e Papa.

Frederico disse...

PÔ Pablo, apelando para o poder econômico? Logo o do Montenegro que faz parte do mesmo esquemão político RGT. Pedindo para que seja feito por meio de ONG? Caramba, pro Botafogo vale tudo...hein????

Anônimo disse...

El Chino, o novo matador do Fogão! Fez dois gols no Vela de Macumba na Liberta de 2007, ajudando a eliminar os mulambos.

Pos Graduação disse...

Parabéns faísca campeão da taca internacional de Caracas, o maior titulo ja existente, todos os clubes lutam a anos por isso.
Como fazer para conquista-la?
O flamengo preciso desse titulo, precisamos coloca-lo em nossa sala de troféus.
2015, Flamengo rumo a Caracas, que Tokio que nada, muito longe, Venezuela é logo ali e muito mais importante.

Carlos disse...

Escrotizou os mulambos? Humilhou o Império do Mal? Então é craque. Seja bem vindo...........

Anônimo disse...

Caro mulambo, qual o problema em contratar um profissional através de uma ONG? Saia um pouco mais do playground. Leia um livro ao invés de assistir novela. Faça como outros aqui que, estimulados pelo professor PC, estão ao menos se esforçando para melhorar...

Abs
Pablo

Cristian Hofman disse...

Hilariante, a tese do amigo acima. Isso mostra que no Brasil, o botafogo equivale ao defensor do Uruguai.

Da -lhe Mengao!!!

Marcos Paret disse...

Pós meu 'fio'. O futebol para vocês só começou nos 80.

Ou seja, o menguitinho, minúsculo até 1979 (tanto que maracutaiou até descenso no campeonato carioca de 33), só viu o sol fora dos portões do Rio de Janeiro a partir daquele ano.

Não discuta o que lhe é estranho e desconhecido, já que para os seus coleguinhas, de nada valem também os 3 primeiros títulos mundiais da nossa seleção.

__________________________________

*3 títulos mundiais da nossa seleção - sem chororengo, por FLAvor.

Ou vem com fatos ou some com seus FLAtos.

Allan Gouvêa disse...

Conta outra, e explique meuá questionamentos....

Thomas Beta disse...


Muito interessante como o PC se agarrou com braços e pernas a uma frase do Jorginho, dita em um contexto bem diferente desse agora apresentado “perdeu um jogo no apito pro sentão”.

Refrescando a memória do nobre blogueiro, a frase foi dita após um EMPATE em Florianópolis, em jogo que o Flamengo vencia por 2 a 0 e o Heber Roberto Lopes aplicou SEIS cartões amarelos a jogadores do Fla e nenhum pro Figueira, muito embora o número de faltas tenha sido equilibrado (Fla 20, Figueira 18), e quem reclamou da arbitragem FOI O FLAMENGO. Diante da reclamação, o Jorginho disse à beira do campo: ”Eu joguei lá, conheço bem. O Flamengo quer mandar em todos os lugares.”

Pronto. Só isso. Fim de jogo. Fim de papo.

Mas...

Nos dedos do PC isso virou corrupção ativa e passiva, compra de árbitros, suborno a federações, tráfico de órgãos, e tome et cetera.

Quanto à idoneidade do Heber Roberto Lopes... hmmm...

Vejam este texto que um jornalista paulista da Record (existe vida fora da Globo, sabiam?) escreveu sobre o Heber, após um jogo entre Botinha e Cruzeiro, no Engenhão, que ele considerou A ARBITRAGEM MAIS PARCIAL DE TODO O BRASILEIRO:

http://esportes.r7.com/blogs/cosme-rimoli/a-arbitragem-mais-parcial-de-todo-o-brasileiro-que-vergonha-heber-roberto-lopes-19092010/

 

Esses coitadinhos...

Pos Graduação disse...

Mudando de assunto, o Flu blefou sobre o Maraca e em que mais a diretoria flu mentiu?
Procuradoria, caso Herveton? Não sabemos mas será que vão atras do VASCOcelos para entregar tudo.

Cristian Hofman disse...

É Guerrero!!!
Até agora um excelente custo -benefício.

Da -lhe Mengao!!!

Anônimo disse...

Vivi para ver o dia em que o Trófeu de Caracas seria citado como exemplo de conquista-mor de um clube.

Em outras notícias, 3 jogos com Guerrero, 3 gols e 3 vitórias, nada mal...

Marcos Paret disse...

Botafogo entra em campo como Botafogo (50% de atletas da base), joga como Botafogo (talento vencendo a violência e a experiência adversária) e vence como Botafogo (sofrido mas com propriedade).

E que jogada do sãopaulino Luis Ricardo. Olho vivo diretoria!

Vale a pena investir neste atleta. No meio de campo, um achado: na lateral, vai substituir Gilberto até com alguma vantagem.

Anônimo disse...

Será que agora a RGT vai mirar os seus "princípios editoriais" na CBF?

http://esportes.r7.com/blogs/cosme-rimoli/marco-polo-del-nero-desafia-globo-com-medo-de-extradicao-nao-vai-para-a-reuniao-da-fifa-na-suica-nem-ao-sorteio-na-russia-selecao-fica-orfa-na-definicao-das-eliminatorias-guerra-a-vista-18072015/

Abs
Pablo

Gustavo Menezes disse...

Hoje é 20 de julho. Dia do Amigo!
Lembrem de mandar um grande abraço...
...para o apito

Pos Graduação disse...

Pc, deixa de Caô e aparece no blog, sei que está curtindo sua calça rosa de maxxxocado, mas o blog ta fazendo falta. O Paret e Gustavo com suas loucuras e nós defendendo o MENGAO.

Marcos Paret disse...

O fraquengo jamais teve competência para nada mais competitivo caro Pós.

Conquistou estes brasileiros todos, cada um mais esquisito do que o outro. Até na CB, torneio mais tranquilo (e do qual não temos 2 por termos sido tirados dos títulos a golpes de apito), uma delas é altamente contestável (a de 2006 - O Ipatingate).

Tem uma sulamericana que foi igualmente vencida pelos juniores do Botafogo em 93, reforçados por 2 ou 3 atletas mais experientes (e sem nome digno de nota).

Ao tempo dos grandes torneios internacionais, o Dr. Marinho ainda lutava para pagar a hipoteca da casa que deu como garantia de empréstimo para fundar a sua TV e o seu timeco era traço (era um dos mais vistosos entre os times médios do país - um timezinho apenas regional....sempre a golpes de apito).

Bastava uma derrota inesperada e lá estava uma bagaça para contestar, seja com o ladrilheiro ou com seus pernas de pau partindo para agredir os jogadores do bom time do Bangu.

Veja como é simples de entender.. Não é retórica (esta de vocês): são fatos.

Pos Graduação disse...

"Lágrima na veia" voltando em grande estilo.(SQÑ), de novo no control C, control V.
As mesmas mágoas de sempre. Sei que perder doi, ja perdemos muito.
Supera Paret, remoer mágoa faz mal ao coração.
Deixa de caô e fale do Faísca, o clube de seu coração. Quero saber do fogo e não do Flamengo, pois desse ja sei de tudo é o meu clube.
Conte a história do glorioso (sqñ), ou vc so pesquisa sobre o Flamengo.

Marcos Paret disse...

Ctrl C Ctrl V vale se a história é verdadeira Pós.

Foram regionais até 80 e só saíram dali pq o craque do maior concorrente (o Galo) era expulso quase todo jogo...

... e isso pq sempre os esculachava jogando com meio joelho bom.

Recordar é viver (apesar de doer em certas consciências).

Já contei a história do Botafogo em Ctrl C´s / Ctrl V´s a perder de vista.. (dá um livro).

Repeti tudo, desde o Remo (quando vcs só não acabaram pq lhes emprestamos equipamento) até os dias atuais, quando não ganham nem deste nosso time da segunda divisão.

Mas vcs, para variar, têm um modus atuandi - sempre se repetem, sempre saem com este papinho de psudo grande.