Livro do Senta

Livro do Senta
Clique na imagem e encomende o seu

domingo, 18 de junho de 2017

Que mané arena do Condá, isso aqui é Botafogo

Já passou da hora de tratar a Chapecoense como coitadinha. Um time limitado que não respeita o fairplay e ainda catimba, uma torcida que fica vaiando os jogadores adversários o jogo inteiro e um técnico medíocre que pressiona o árbitro em campo, o auxiliar, o bandeirinha, o delegado, o prefeito, o padre....

Quanto ao jogo, Gatitto seguro como sempre. Arnaldo com altos e baixos. Zaga firme. Vitor Luis vibrante como sempre. Belas atuações do Lindoso e do Bruno Silva. João Paulo crescendo de produção, Pimpão o lutador de sempre, o menino Rodrigo Matheus fazendo o papel de formiguinha e o Roger brigando com a bola mas fazendo seu golzinho.

Agora é pegar o Vasco do técnico fantasiado de gerente de banco.

Um comentário:

Vitor José Biolchi disse...

A torcida da Chapecoense não aprendeu a belíssima lição que os colombianos deram. Aliás, não acredito que torcida que rompantes... fação história... A vaia ao Bruno silva é digna da maior insensibilidade, ESTUPIDEZ e ignorância. (Quanto a nós, também temos a infelicidade do Bolsonaro SE DIZER dizer botafoguense.)