Livro do Senta

Livro do Senta
Clique na imagem e encomende o seu

sábado, 26 de março de 2016

Dá-lhe, Pernão


Vamos voltar a falar de futebol antes que a coisa esquente. E o Pernão, hein? É mico toda semana.

4 comentários:

Pos Graduação disse...

Calma Pc, dois pênaltis não marcados contra o flamengo, juiz ladrão. Meu Deus tô virando botafoguense!!!
Carioca não é nossa prioridade, estamos focados na Copa do Brasil, para dar mais confiança, time ta cansado.
Vai ver que a culpa é do Lula, Dilma ou PT, não sei....
RINDO PRA NÃO CHORAR.

rbn disse...

Olá PC, sem mencionar o assunto do Jerry, a realidade cruel é que nós que crescemos vendo a seleção com nomes como Castilho, Garrincha, Jairzinho, Rivelino, Marco Antonio, Roberto Miranda ou Félix ( só pra citar nossos clubes), infelizmente constatamos que a outrora mais temida seleção por qualquer adversário, tornou-se um time normal, vulgar, comum, que joga na retranca tipo time pequeno quando joga fora de casa. Uma equipe banal, sem brilho, sem arte, sem personalidade.

Miranda e David Luiz, assim como a maioria dos que hoje vestem e desonram a outrora temida camisa amarela, nem sequer fariam parte de qualquer lista de convocados até 2006, basta ver a lista de convocados até a este ano de 2006. Não é incrível que o horroroso Vampeta hoje em dia seria titular indiscutível no meio-campo desta seleção?

Nem alguns destacados brasileiros quiseram jogar na seleção, preferindo naturalizarem-se europeus e a lista de nomes é enorme, a começar por Deco, Marcos Sena, Diego Costa, Pepe...e quando o melhor treinador do mundo nos últimos 5 anos, o espanhol Guardiola literalmente se ofereceu para treinar a seleção... foi recusado...

Podem dizer que Mourinho, Van Gaal, Cruyff e etc são arrogantes, mas são estudiosos do futebol, estão sempre à procura de aprender algo novo, enquanto Dunga como treinador não vai passar daquilo, não sabe mais que aquilo e não tem capacidade para aprender muito mais.
Não consigo enxergar nem ele nem nenhum treinador brasileiro (talvez exceção seja Roger do Grêmio) apresentarem padrão e tática de jogo que façam do futebol brasileiro competitivo e artístico nos próximos tempos.

Neste momento, a estrela do time é Neymar que geralmente é forte com os fracos ( Japão, EUA e etc ) e fraco com os fortes.
E sendo o dono do time, tendo carta branca pra fazer o que quiser ( Pelé, Garrincha, Rivelino ou Zico tiveram este estatuto, mas eram infinitamente e abissalmente superiores e jogavam pro time ), muitas vezes atrapalha o coletivo perdendo bolas e gerando contrataques. E pelos vistos, vai continuar fazendo porque ninguém vai lhe puxar as orelhas e a imprensa amiga vai sempre destacar qualquer merdinha boa que ele fizer, mesmo que jogue mal e porcamente durante 89 minutos...

Neste momento, infelizmente, somos apenas mais uma equipe comum, igual a Colombias, Chiles e Méxicos, e vamos rezar para que esta geração que ficou na história pelos piores, lamentáveis, humilhantes e impensáveis motivos, o 7x1, também não fique na história como a única geração que não participou de uma Copa.

Este rapaz HOJE era titular indiscutível em qualquer seleção ou time do planeta, e tive o privilégio de ve-lo jogar várias vezes na seleção e com a camisa tricolor:-)
Ele tem a resposta definitiva para os muitos que duvidam se jogadores do passado jogariam no futebol de hoje. Bastava este rapaz a 50% no meio-campo da seleção que o time ia melhorar 200%, concorda? Veja o vídeo no link abaixo:

https://youtu.be/-sTRZAY_wos

Pos Graduação disse...

Falando do Neymar, todo fim do jogo quando não ganha vai reclamar do juiz, parece torcedor de um clube aí, parece que só ele apanha no jogo.

Marcos Paret disse...

Pós... hehehehe.

Desculpe mas comecei a rir antes de falar: e alguém lá pode perder para Volta Redonda e reclamar de juiz meu amigo?

Fala sério!!

Mas agora sério mesmo, não vi o jogo (tive até dificuldades de acompanhar o do Botafogo - fim de semana cheio) mas o menguitinho não anda nada bem em matéria de 'dono'.

A emissora que (ainda) manda já começa a deixar de tê-lo como sua novela das 10 (largou solenemente os jogos da liguinha para passar filmes requentados) e já tem buxixo aí de mexida naquela imoralidade que eles chama de cotas de transmissão.

Tá FLAeia a coisa.