Sandro Moreyra, um autor à procura de um personagem

Sandro Moreyra, um autor à procura de um personagem
À venda no buscapé em 16 livrarias e em diversas livrarias ao vivo (Clique na imagem acima)

Livro do Senta

Livro do Senta
Clique na imagem e encomende o seu

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

O Mancini barrou o Bolatti pra botar o Airton. O Mancini agora barra o Dória pra botar o André Bahia. Quando é que alguém vai barrar o Mancini?

Por mim já era. Fora Mancini! Será que vão insistir com esse treinador de time pequeno se tropeçar no Chapecoense?

5 comentários:

Marcos Paret disse...

Acho que o caso do Airton é contenção, para jogos em que podemos ser mais atacados. Não fosse a pane inicial do último jogo, poderíamos sim ter vencido pois justiça seja feita, o botinudo tá jogando cada vez melhor.

Já o caso do Bahia deve ser para que feche os 7 jogos a fim de que não saia do elenco. Acho que o Dória volta já já.

pc guimarães disse...

Faz sentido. Mas o Botafogo de Airton e Bahia não é Botafogo; é Framengo.

Celso Ricardo disse...

André Bahia titular após investida da UNIMED. Isso tem cara de acordo... Não vai embora, vira titular, valoriza e depois do campeonato é negociado com aquele jabá...
Observaram que o mesmo aconteceu com o Zeballos?
Esse Mancini de bobo, só tem a cara...

Anônimo disse...

PC, achei que Airton e Edilson foram os melhores contra o Figueirense.

Impressionante como o Botafogo sempre perde lá em Figueirense.

Abs
Pablo

FOGO F disse...

Não é de hoje que o Dória dá uma pixotada, pelo menos, por jogo, que coloca o Botafogo em rsico. Não é de hoje que o Botafogo perde jogos por causa dele. Apesar disso ele permanece intocável e é tratado como um Beckenbauer. Ele já deveria ter ido para o banco há tempos.

O problema é tratar um jogador desde os 19 anos como se ele já estivesse formado e como se ele não tivesse que aprender mais nada. Ele precisa de passar um tempo no banco para refletir e se empenhar para corrigir os erros. Estou cansado de vê-lo cometendo erros primários como rebater bolas para o centro da área, dar chutões em cima do adversário dentro e próximo à área, erros absurdos de posicionamento etc..

Ele pode se tornar um grande zagueiro mas está desperdiçando a chance.