Sandro Moreyra, um autor à procura de um personagem

Sandro Moreyra, um autor à procura de um personagem
À venda no buscapé em 16 livrarias e em diversas livrarias ao vivo (Clique na imagem acima)

Livro do Senta

Livro do Senta
Clique na imagem e encomende o seu

quinta-feira, 9 de maio de 2013

Márcio Guedes mete o pau no Marcelo de Lima Henrique


Confesso que não morro de amores pelo jornalista botafoguense Márcio Guedes. Como pessoa parece um cara legal. Nunca conversei com ele. Mas acho que de vez em quando ele faz o jogo dos inimigos e exagera nas críticas ao Glorioso. Embora essa imparcialidade seja comum a todos nós. Mas nessa de hoje no Dia ele mandou bem. Faltou dizer que esse negócio de esse sujeito marcar pênaltis pro Botafogo em agarra-agarra dentro da área é estratégia pessoal (ou até em conjunto) para justificar 2008. Ele fez o mesmo na decisão do Botafogo contra o Vasco em 2010. Inventou um pênalti no Loco Abreu. E na mesma situação. Marcou o pênalti num agarra-agarra quando o jogo já estava decidido. Antes, quando o jogo ainda estava pau a pau (calma, tricolores) ignorou um pênalti claro no Herrera. lembram disso, né?

Podem anotar: a obra (sic) só ficará completa quando ele marcar um pênalti pro Botafogo contra o Framengo. E se tiver oportunidade ele vai fazer isso. Claro que não será num jogo decisivo, numa jogada decisiva.

8 comentários:

Cyro Cruz disse...

PC, voltando ao caso do Engenhão, acabei de ouvir uma entrevista do Prefeito do Rio na CBN sobre o assunto.
Primeiro, é de estarrecer possuirmos governantes com o vocabulário desse Sr.
Segundo, como ele disse, não é Engenheiro, mas esculacha o órgão brasileiro (órgão brasileiro de engenharia não sei das quantas...) e dá todo aval para outro alemão.
Seguindo, disse que não há problemas com os arredores, nem com os jogadores (o Botafogo pode continuar usando o campo), somente o risco com o público na arquibancada. Se eu sou presidente do Botafogo, então, marco um jogo do BR13 no Engenhão com portões fechados. Melhor que ir para Volta Redonda...
Depois ele segue falando um monte de coisas desconexas, como se receber 19 laudos permitindo o uso e um negando, ele vai continuar negando... Baseado em quê, Sr. não-engenheiro??? Na sua "sensibilidade" (sic)???
Falando prazo para o laudo (era 30 dias) falou que eram 60 e concluiu que se a empresa falar 90, será 90 e não há o que fazer, vai esperar... Que bizarro...
Além disso, criticou a gestão do antecessor, com argumentos claramente políticos e termos ridículos, como "feito nas coxas".
Pelo tom de voz, não fica dúvidas da má vontade com o clube, do caráter político da interdição e, na minha interpretação, apenas uma "coincidência" com a licitação do Maracanã...
# Pior de todas: "Não quero ver a torcida do Botafogo sofrendo, imagina, já basta eu como vascaíno..." Sr. Eduardo Paes, Prefeito do Rio.

Sidney Menezes disse...

Será que o Amigo Cacau Avila esta no hotel com Allan, pegando mulheres para comemorar o Aniversário ?

Pablo disse...

Concordo com o Cyro, foi mesmo uma entrevista bizarra. Mas o que o prefeitinho parece não ter entendido ainda é que o Rio está comprometido com os maiores eventos do planeta e toda essa bagunça está repercutindo em nível internacional.

Ele disse que não vai mudar o nome do estádio. Será que não mesmo?

http://globoesporte.globo.com/
olimpiadas/noticia/2013/05/vice-presidente-do-coi-sugere-que-engenhao-tera-novo-nome-ate-2016.html

O Prefeito Paes caminha a passos largos para a sepultura da política. Não vai mais se eleger nem síndico do prédio.

O torcedor do Botafogo tem que continuar atento e pagando em dia o programa de sócio-torcedor. Está em nossas mãos manter o Botafogo firme nessa batalha.

Abs
Pablo

Eduardo dudu disse...

Caros Alvinegros, É surreal esse babaca corrupto que pauta as suas decisões baseadas em interesses inconfessáveis vir a público admitir que mesmo não sabendo porra nenhuma de engenharia irá contra 19 laudos e a favor de 1, esse canalha deve achar que somos todos palhaços para manter essa farsa de laudo alemão, PC vc por favor crie um movimento no tweeter tipo #foraeduardopaes ou #queromeuestádiodevolta e vamos pressionar, vale até mesmo uma petição pública. O que mais me assusta é ver a diretoria do BFR esperando passivamente as coisas acontecerem quando deveriam entrar com uma liminar abrindo o Engenhão novamente.

PC Guimarães disse...

Boa, Cyro, boa Dudu. Esse Paes é um mauricinho infeliz que caiu de paraquedas na política graças ao padrinho que ele hoje renega. Gente da pior espécie. Eleito graças ao oportunismo da política. Graças à mudança do perfil do PT em que sempre votei, mas que deixou de ser o verdadeiro PT há muito tempo. Evito falar em política aqui no Blog. Tenho as minhas convicções, mas respeito a dos outros. Hoje estou muito mais para o Sol do que para as trevas. E Eduardo Paes é uma coisa das trevas. Um dia vai pagar.

Cacau Avila disse...

Engraçado PC.

Eduardo Paes, que critica Cesar Maia, não era um dos Secretários encarregados de dar corpo ao 'acervo' construído para o PAN/2007?

____________________

Papo 2

Acho que o Flamengo de Lima Henrique já mandou um pênalti em BotafogoxFlamerda (by repórter de Manaus) em condições idências ao que salvou o menguinho de levar um baile em 2008.

Se não me falha a memória, foi o pênalti do primeiro gol do Fogão na decisão de 2010, o título da cavadinha. Na ocasião, saímos com 1x0 no tal pênalti, cobrado por Herrera, ainda no início da partida.

Eu estava bem atrás do gol e o assassino ainda meteu o pé na bola mas com a violência do chute, não conseguiu defender.

Não lembro mesmo mas acho que o Lima Henrique era o juiz daquela partida.

PC Guimarães disse...

Acho que não. Vamos checar.

Andesilva disse...

o arbitro da final de 2010 nao era o marcelo de lima henrique. Era o Gutemberg de Paula Fonseca. Ele deu dois penaltis pro Botafogo e um pro flamengo, todos iguais, usando o mesmo criterio. Depois diso, nunca mais se ouviu falar dele... parece que abandonou a arbitragem e comecou a denunciar corrupcao na arbitragem do brasil.

SAN