Livro sobre o Sandro Moreyra

Livro sobre o Sandro Moreyra
PRÉ-LANÇAMENTO - 22 DE AGOSTO - GENERAL SEVERIANO

Livro do Senta

Livro do Senta
Clique na imagem e encomende o seu

quarta-feira, 8 de maio de 2013

Advogado tenta barrar festa flamenguista com dinheiro público

Aconteceu, virou manchete no site da Época, no site da Folha e aqui no Blog. Em breve em outras casas boas do ramo.

Vou tentar arrumar um tempinho para dar minha opinião sobre esse assunto. mas adianto alguma coisa. E sem essa infantilidade de Menguinho, de Foguinho, de maior do mundo, disso, daquilo. O papo é sério. E não vai ser na Grande Mídia que vamos entender isso. Tem gente que ainda não compreendeu que o mundo mudou, que a comunicação mudou, que a informação não é mais propriedade dos grandes veículos e de seus jornalistas amestrados. As redes sociais acabaram com isso. Blogs, facebook, twitter estão aí para isso. Os profissionais sérios sobreviverão. Os picaretas, oportunistas, carreiristas passarão.

Antigamente as coisas aconteciam e os coleguinhas iam para as tvs, rádios, programas de tv, jornais e revistas e davam suas versões. Ninguém contestava. E ai de quem pensasse diferente. Hoje muitas pessoas que leem, participam e comentam em blogs, sites e redes sociais pensam. E questionam.

Quem já trabalhou ou participou de qualquer tipo de ação em órgãos públicos sabe muito bem como funciona. Quem já participou de concorrência sabe também. Nada que um contadorzinho ou um bom advogadozinho não resolva. Com um bom despachante melhor ainda. Postei aqui e não li nada nas colunas e programas de rádio e tv. Cadê a prova que o Framengo realmente negociou a estrondosa dívida que tem com o poder público? Não existe um recibo, não existe uma guia paga? Só queria ver. Vai pagar uma, duas ou três e, depois com o contrato assinado, vai deixar de pagar? Claro que algo há com esse anunciado contrato de apenas um ano.

Léo pode me ajudar bastante nesse raciocínio. Pablo e Mário também. Vou tentar voltar a esse assunto. Alguém aqui precisa trabalhar.

Esse advogado que entrou com a ação de bobo não tem nada. E por favor quem ler isso aqui e quiser comentar, nada de tomar o nosso tempo com infantilidades de chororô, foguinho, inveja, maior do mundo e outras baboseiras. Se não tiver como contribuir para o debate, cale-se e volte a comentar quando eu voltar com os posts de zoações e brincadeirinhas.

Essa coisa é séria e envolve dinheiro público.




O chororô framenguista no site do globoesporte.com está divertido. Vale a pena acompanhar aqui.


24 comentários:

PC Guimarães disse...

Ih! Começou a roubalheira na enquete. Há cerca de duas horas tinham 23 votos. Agora, 16h40, já baixou para 18. E vai cair mais. Podem apostar. Curioso que só diminui. Nunca aumenta. Que nem garçom de restaurante desonesto quando erra na conta.

Mario_av disse...

O cara vai se sentir sócio da Caixa. Vai chegar lá e ordenar: "a minha parte eu quero agora. Demorô!"

PC Guimarães disse...

Mata-me de rir, Mário.

Allan Gouvêa disse...

Que o PC usa as notícias do Flamengo para dar audiência a este blog nem é novidade, o que me intriga é ver um torcedor do foguinho falando em dinheiro público e dos outros. Esquecem que o maior esquema sujo de estádios no Brasil(se é que aquilo é um estádio) envolve o foguinho, seria coincidência o Prefeito do Rio, na época o Cesar Maia, ser torcedor do foguinho, e o estádio ser cedido ao cuidados (heheheh) do foguinho ? Sujeira... E com que dinheiro o foguinho construiria um estádio, mesmo sendo um estadiozinho como do Engenho de Dentro ? O foguinho não revela um jogador mediano a anos (muito menos craques), e nenhuma empresa de verdade, com marca forte no mercado, estampa sua merca no foguinho, só os Guaravitons da vida. Em suma o estadiozinho foi construido com dinheiro publico, numa obra mega faturada, e depois rapassado bandidamente ao foguinho.
.
E deixa de inveja PC, que o Marketing do foguinho e a Diretoria corram atrás...
.
SRN

Cacau Avila disse...

Allansid tá que tá. Não sabe mais se fica com o boné do Sidney ou se volta com o velho 'mimimi da p0rr@', não sabe mais do que reclama (sniFLA) e continua achando que o mundo é o limite do seu bairro.

Por favor galera, uma chupeta para o imberbe aí galera!

Cacau Avila disse...

"...o foguinho não revela ... que dirá craque...."

PC... ENQUETE AÍ PARA ACALMAR OS ÂNIMOS (FLÂNIMOS) DO ALLANSID.


Quem foi melhor..

Junior Baiano (ídolo máximo do imberbe

ou

Fábio Ferreira (a cacatua maldita)

PC Guimarães disse...

Só que todo o processo de concorrência do Engenhão foi esmiuçado e investigado. Deixa de ser ingênuo. Ou vc acha que a Grande Mídia e seus Colunistas Amestrados iriam dar sopa para o framengo. Vou ver se consigo tempo para escrever algo mais ou menos explicadinho para explicar como funciona o jogo das estatais.

PC Guimarães disse...

Ah! Mas sem essa de ficar escrevendo Foguinho, prefeitinho, estadiozinho, jogadorzinho e outras baboseiras.

Mengão Fuderosão do Universo disse...

Um absurdo o que esse adivogado de merda esta querendo fazer com o meu mengaum. Naum vamos deixar que isso acontecer vamos nos unir nassaum brubronegra!

E voltei a atualizar o meu blog Vamos patrocinar o meu mengaum!

http://patrocinameumengao.blogspot.com.br/

PC Guimarães disse...

Tem gozador novo na área.

PC Guimarães disse...

Ou revigorado. Me divirto.

Zabumbeiro de Zona disse...

|

O ÔBA-ÔBA virou ÊPA-ÊPA:

O advogado Antonio Beiriz entrou na Justiça com uma ação para travar o dinheiro dado pela Caixa ao framengo.

http://esportes.r7.com/blogs/cosme-rimoli/o-advogado-que-travou-o-dinheiro-da-caixa-ao-corinthians-age-novamente-e-busca-impedir-que-os-milhoes-da-estatal-cheguem-ao-flamengo-nada-mais-justo-chega-de-privilegios-neste-pais-08052013/

|

Mengão Fuderosão do Universo disse...

Apesar dessa campanha caluniosa desse adivogado de merda e desse blog tendencioso jah publiquei a primeira foto do manto sagrado com o patroicinio da Caixa. Ja ta la no meu blog esse sim um blog imparcial.

http://patrocinameumengao.blogspot.com.br/

Pablo disse...

PC, estou apurando uma informação quente sobre pesquisa de opinião realizada pelo PT na região do Engenhão...

O Lindbergh deverá explorar em breve a revolta do comércio e moradores da região com o Prefeito Eduardo Paes, serviçal do Golpe do Engenhão.

Já tem, inclusive, repercussão na Câmara de Vereadores...

Há testemunhas.

Abs
Pablo

Carlos Henrique disse...

Pablo,

Notícias sobre mobilização dos comerciantes da área já existem. Aguardo sua apuração.

PC, esse contrato é mais ou menos assim:

Eu não tenho dinheiro, pego um financiamento em um banco, compro uma loja comercial, e fico pagando X reais de prestação para o banco. Pego a loja e alugo para o banco, que me paga de aluguel 2X reais.

Sem dinheiro eu consigo comprar uma loja e ainda ter uma renda todo mês.

Foi esse tipo de negócio que a Caixa fez com o Flamerda.

Flaviano Mendes disse...


Por que a caixa precisa pagar 30mi ao corinthians?

E por que a globo precisa explicar isso? Como "prever" que isso se estenderia ao flamengo?

http://colunas.revistaepocanegocios.globo.com/negociosfc/2012/11/21/por-que-a-caixa-precisa-pagar-r-30-milhoes-ao-corinthians/

edgard horacio disse...

FUUUUUUUUUUUUUUOOOOO

Wesley Machado disse...

PC, o Barra da Tijuca ganhou o Tigres do Brasil nesta quarta pela Série B com um gol de Dodô.

Ainda não vi o gol e não posso dizer se foi bonito, como é do feitio dele.

Wesley Machado disse...

PC, parece q já tem uma piada pronta para se o Fluminense for eliminado daqui há pouco.

Ah! Emelec, lek, lek, lek, lek!

Ah! Emelec, lek, lek, lek, lek!

Cacau Avila disse...

Esse Zé Meleca do Equador hein?

Só o Fogão mesmo para eliminar estes sulamericanos em competição continental (2x0 e 2x1 em 2009).

Paret.

Léo disse...

Salve, PC e amigos.

Apesar do aparato tecnológico que nos rodeia e praticamente impede-nos de ficar "offline" por duas horas do dia, o tempo tem sido curto(crise) para comentários mais alongados, portanto, vou tentar dar uma atualizada sobre esse assunto, tentando evitar ao máximo a hermética linguagem jurídica, por vezes, adversária da melhor compreensão de todos:


1 – Foi concedida por um juiz do RG uma liminar impedindo que a CEF repasse valores de patrocínio ao Timão.

2 - A CEF recorreu da decisão do juiz de primeira instância, o processo foi para segunda instância, nela o Desembargador manteve integralmente a decisão que determinava a suspensão imediata de qualquer pagamento ao clube antes da sentença.

Essa medida liminar, que não se trata de uma decisão final, tem por objetivo proteger o patrimônio público, uma vez que, caso prosseguissem os pagamentos e a sentença final conferisse razão ao autor da ação, o dinheiro já não voltaria aos cofres públicos. Dano irreparável.

Essa “antecipaçao” nao significa que o contrato de patrocínio seja declarado ilegal, apenas sugere que existem “boas razões” para acreditar que a União Federal possa estar sendo lesada.

A linha será a mesma no caso do patrocínio estatal ao Flamengo, será pedida a sustaçao dos pagamentos sob a alegaçao de infração a um dispositivo constitucional que fala sobre a publicidade e a finalidade dos atos das empresas estatais.


Fiz uma leitura “dinâmica” do processo e tem uma parte que parece-me que a CEF alegou que o patrocinio ao Corinthians fazia parte de uma valorização “mundial” da marca, mencionando até mesmo a existência de um “escritório” do banco no Japão para justificar a realizaçao do contrato às vésperas da final do clubes.


Certamente, a mesma alegação nao poderá ser usada no caso do Flamengo, que sequer chegou a semifinal da Taça Rio, e se seguíssemos, o mesmo parâmetro comercial para valorizaçao mundial da marca, deduzo que o Botafogo e o Santos estariam mais aptos a receber a bolada.

Surpreende(?)o fato da direçao da CEF seguir o mesmo caminho apesar das decisoes contrárias proferidas no Sul; flagrande desrespeito ao ao Judiciário, neste caso, o clube escolhido nao poderia ser melhor...

Neste sentido, o nosso sócio Edgard poderá ser de grande valia, vejamos que, na decisão do Desembargador(acho), ele afirma que patrocínio no futebol pode ter repercussões negativas junto ao público-alvo e faz um paralelo entre o caso do jogador uruguaio que “meteu” a mao na bola contra o Ghana na Copa e o jogador do Chelsea que poderia ter feito o mesmo para evitar o gol do Corinthians, mas nao fez.

Ele salienta que “caso a imagem da CEF estivesse na camisa do jogador uruguaio”, a perda de prestígio e confiança poderia estar presente, dada a irregularidade.

Pensei: se o juiz acha que a credibilidade de um banco pode estar em jogo por conta de uma singela bola na mão, imagina se ele recebe a terça-parte daquele acervo do Edgard...

Andesilva disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Andesilva disse...

E ainda aparece maluco aqui, querendo comparar esta questao dos patrocinios (venais) da CEF, com a do Engenhao-Botafogo...

Sendo que enquanto o clube alvinegro foi "presenteado" com o estadio (segundo um maluco ai), mas o clube eh OBRIGADO por contrato a pagar um aluguel MENSAL durante 25 anos... enquanto outros clubes ai, podem usufruir do DINHEIRO PUBLICO, sem gastar nenhum tostao.

Mas, seguindo o raciocinio (?) do maluco ai, os dois casos sao "a mesma coisa"...

E que "se f@da o povo"... neh mesmo?

Legal!!!

SAN

Cacau Avila disse...

Raciocínio Andesilva?

E raciocinam, por acaso, estes autores de comparações esdrúxulas?